Centro de idoso é transformado em serviço de marcação de consultas em Sapucaia e participantes reclamam - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso06/06/2017 | 08h25Atualizada em 06/06/2017 | 08h28

Centro de idoso é transformado em serviço de marcação de consultas em Sapucaia e participantes reclamam

Prefeitura disse que a mudança é temporária, mas não informou por quanto tempo

Centro de idoso é transformado em serviço de marcação de consultas em Sapucaia e participantes reclamam Divulgação/Google Street View
Foto: Divulgação / Google Street View

Desde 2011, idosos de Sapucaia do Sul têm um espaço especial para eles. O Centro de Convivência do Idoso Conviver, localizado na esquina das ruas Dona Ecilda e São Cristóvão, no Bairro Freitas, oferece aulas gratuitas de ginástica, artesanato e cafés.

Entretanto, a continuação do projeto está ameaçada, segundo a aposentada Egidia Selau de Matos, 74 anos, que frequenta o grupo desde que a iniciativa começou.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Café colonial

Conforme Egidia, desde fevereiro deste ano, a prefeitura quer fechar o local para atendimento aos idosos e transformá-lo em um centro de marcação de consultas, visto que a casa fica ao lado da Secretaria Municipal da Saúde e da Vigilância Sanitária.

A última confraternização da turma da idosa aconteceu no dia 25 de maio, com um café colonial. Desde então, o grupo viu uma equipe da administração municipal chegar e começar a reformar o ambiente para o novo destino, deixando os participantes sem ter o que fazer.

— Estamos tentando uma solução com a prefeitura. Já falamos com prefeito, secretários da Saúde, dos Direitos Humanos. Prometeram nos dar uma resposta, mas daí a saída deles foi realocar o grupo para outra sala, no prédio de trás, no segundo andar. Somos idosos, não podemos subir escadas — queixa-se Egidia.

Último evento da turma foi no dia 25 de maio Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

Qualidade de vida

A dona de casa e costureira Beatriz Corrêa Boff e o marido, o aposentado Suledio Boff, ambos de 70 anos, também participam do Conviver desde que foi inaugurado e sentemse desamparados pela decisão da prefeitura.

— Fizemos até um abaixo-assinado para evitar o fechamento do espaço, mas não adiantou. O pessoal da prefeitura disse que poderíamos usar os aparelhos de ginástica da rua, mas está chovendo com muita frequência. Aí, acabamos ficando sem nada — diz Beatriz.

Sem as aulas, Egidia conta que está deprimida, pois o espaço era seu refúgio.

— Eu gosto muito do grupo, ajudou a melhorar minha saúde, minha autoestima, e agora fizeram isso conosco. Fiz muitas amigas no Conviver e estou triste com esse desrespeito — desabafa ela.

Com problemas na coluna, Beatriz foi outra beneficiada pelas aulas de ginástica.

— O pilates que estava acostumada a fazer ali curou minha coluna. O meu marido também participa, e isso é muito bom pra nós porque, apesar de idosos, não queremos ficar parados — diz Beatriz.

Leia mais
Com apenas 10% de visão, João Pedro precisa de R$ 100 mil para comprar óculos especial e voltar a enxergar
Com alergia a vários alimentos, bebê de Canoas sofre com a falta de leite especial
Com câncer em metástase, moradora de Gravataí não recebe tratamento há dois meses

Mudança é temporária, diz prefeitura

A prefeitura de Sapucaia do Sul, por meio de sua assessoria de imprensa, explicou que o Grupo Conviver não foi fechado: ao contrário, mantém núcleos em 14 bairros, atualmente. O Centro de Convivência do Idoso do Bairro Freitas está temporariamente sendo utilizado para o serviço de regulação de consultas, uma vez que o prédio deste serviço passa por reformas. Enquanto isso, diferentemente do relatado pelos idosos, eles estariam realizando suas aulas numa sala no prédio ao lado do Centro, "totalmente preparada para este fim, no térreo do prédio e com total acessibilidade", diz a prefeitura..

A administração não informou um prazo para o retorno dos idosos ao espaço original.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • FabrcioD

    FabrcioD

    Fabrício Dias@diario_gaucho Com Nico na direita e Winck estará declarada a avenida livre de acesso ao gol do Internacional.há 1 horaRetweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/feLFEH5Oj7há 1 horaRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros