Prefeitura de Porto Alegre anuncia nomeação de professores para a rede municipal - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Educação29/06/2017 | 15h08Atualizada em 29/06/2017 | 18h09

Prefeitura de Porto Alegre anuncia nomeação de professores para a rede municipal

A posse deve ser imediata, conforme solicitação do responsável pela pasta, Adriano Naves de Brito, à Secretaria de Planejamento e Gestão

Prefeitura de Porto Alegre anuncia nomeação de professores para a rede municipal Tadeu Vilani/Agencia RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

A Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre informou, nesta quinta-feira (29), que vai nomear 250 professores e monitores aprovados nos últimos concursos realizados pela Smed e que a posse deve ser imediata, conforme solicitação do responsável pela pasta, Adriano Naves de Brito, à Secretaria de Planejamento e Gestão. Os profissionais irão atuar nas escolas municipais de educação infantil e ensino fundamental. 

Na última quinta-feira (22), reportagem do Diário Gaúcho mostrou a situação da Escola Municipal de Ensino Fundamental Chapéu do Sol, no Extremo Sul de Porto Alegre, que está sem nove professores, e, nesta segunda (26), da Escola Municipal de Educação Infantil Santo Expedito, no Bairro Parque Santa Fé, zona Norte da Capital, que está atendendo menos da metade dos alunos por falta de pessoal. Ainda na semana passada, a promotora de Justiça Danielle Bolzan Teixeira, da Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude de Porto Alegre, instaurou inquérito civil público questionando o prefeito Nelson Marchezan (PSDB) e a Smed sobre a falta de professores na rede municipal de ensino. 

Diretor de escola da Capital desabafa: "estamos virando um depósito de alunos"
Pais abraçam escola municipal da Capital em protesto pela falta de professores
Falta de professores no ensino municipal: MP cobra respostas de Marchezan

A decisão surgiu depois de audiências com a comunidade escolar, ocorridas em maio, e com o secretário municipal de Educação, no início deste mês. Ao prefeito, a promotora questionou quando ocorreriam as nomeações. 

Segundo a Secretaria Municipal de Educação, serão nomeados 78 monitores. Entre os professores, a necessidade maior é em anos iniciais (49), que atendem do primeiro ao terceiro ano do ensino fundamental, seguidos por educação infantil (35), educação especial (15), Matemática (15) e Português (12). 

 As nomeações irão repor os profissionais que pediram aposentadoria ou que se exoneraram nos últimos meses deste ano. De janeiro a maio, foram 214 pedidos de aposentadoria - em todo o ano passado, foram 261 e, em 2015, 271. Também houve 41 pedidos de exoneração este ano.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros