Vítima de um AVC, morador de Alvorada aguardou três meses por liberação de alimento especial - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso27/06/2017 | 08h11Atualizada em 27/06/2017 | 08h11

Vítima de um AVC, morador de Alvorada aguardou três meses por liberação de alimento especial

Secretaria Estadual da Saúde liberou o leite na tarde desta segunda-feira

Há três meses, a família de Ubirajara Vargas da Silva, 57 anos, aguardava uma resposta sobre o pedido de alimento especial – Nutrison Energy 1.5, Fresubin HP Energy 1.5 ou Isosource 1.5 – para ele. O morador de Alvorada teve um acidente vascular cerebral (AVC) há cerca de quatro meses e, desde então, só se alimenta via sonda. Ubirajara está acamado, com o lado esquerdo do corpo paralisado e não fala, em consequência do AVC.

Nesta segunda-feira à tarde, após a reportagem ter feito contato com a Secretaria Estadual da Saúde para questionar sobre os prazos de resposta ao pedido, o alimento foi liberado para o paciente.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

Antes do derrame, Ubirajara trabalhava como autônomo na construção civil e morava em Porto Alegre. Necessitando de cuidados em tempo integral, foi morar com a irmã, a auxiliar de serviços gerais Anajara Vargas da Silva, 60 anos, em Alvorada.

Orçamento

Com os laudos médicos em mãos, segundo o sobrinho, o autônomo André Luiz Santos da Silva, 39 anos, a família foi à Farmácia Municipal de Alvorada, que também atende as demandas estaduais, para fazer o pedido do leite. O prazo de resposta era de 30 dias.

Sem poder consumir nenhum outro tipo de comida, Ubirajara necessita de dois litros por dia da dieta líquida. Cada caixa de um litro custa cerca de R$ 25. Se fossem comprar, por mês, gastariam R$ 1,5 mil, valor do qual a família não dispõe. Enquanto não tinham o retorno da Secretaria da Saúde, Anajara e André foram obrigados a procurar alternativas. A médica que acompanha o caso indicou uma preparação com um produto mais barato que, mesmo assim, pesa no orçamento.

— Estamos gastando pelo menos R$ 100 por semana só com o alimento, fora fraldas e medicamentos. Não temos dinheiro para arcar com todas essas despesas, por isso solicitamos via Sus. Um dos filhos do meu tio ajuda com R$ 200 mensais, mas não é o suficiente enquanto o Estado não liberar o leite — contou André na sexta-feira passada.

Outro problema está dificultando os cuidados com Ubirajara. Segundo André, o tio é pesado e, como não se locomove, precisa que outra pessoa dê banho, troque as fraldas, vista as roupas etc.

Fisioterapia

Com tratamento fisioterápico, existe a chance de melhorar seus movimentos. Entretanto, a família ainda não conseguiu atendimento via Sus em Alvorada.

— Pedimos fonoaudióloga e fisioterapeuta. A fono, a Secretaria da Saúde liberou, mas fisioterapia ainda não. Minha mãe, que passa mais tempo com ele, não tem forças para mexê-lo. Temo que ela fique doente por conta da sobrecarga. Precisamos de ajuda — pede André.

Leia mais
Obra de pavimentação e canalização da Estrada da Branquinha está abandonada desde setembro de 2016
Idoso de Viamão consegue exame após um ano de espera
Barulho de tiros em treinamento da Brigada Militar incomoda moradores de Porto Alegre

Família do paciente recebeu ligação ontem

Inicialmente, a assessoria de comunicação da Secretaria Estadual da Saúde (SES) informou que o pedido de alimento especial para Ubirajara estava em avaliação, e a conclusão do processo deveria acontecer ainda nesta semana. No entanto, às 15h de segunda-feira, André, sobrinho de Ubirajara, entrou em contato com a reportagem para informar que o pedido de alimentação especial havia sido liberado naquele instante.

— Acabaram de nos ligar da Secretaria de Saúde para avisar — disse o autônomo.

Em relação ao pedido de fisioterapia, a assessoria de comunicação da prefeitura de Alvorada informou que solicitou uma posição para a Secretaria Municipal da Saúde, mas não recebeu retorno até o fechamento desta reportagem.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • _TeffyRodrigues

    _TeffyRodrigues

    Teffy Rodrigues 💥RT @Qvs_Chocola10: @_TeffyRodrigues @fernandeslinda_ Diário gaúcho antecipado kkkkkkkhá 2 horas Retweet
  • fernandeslinda_

    fernandeslinda_

    KethRT @Qvs_Chocola10: @_TeffyRodrigues @fernandeslinda_ Diário gaúcho antecipado kkkkkkkhá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros