Calçada inacabada causa transtornos no Distrito Industrial, em Cachoeirinha - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso17/07/2017 | 18h39Atualizada em 17/07/2017 | 18h39

Calçada inacabada causa transtornos no Distrito Industrial, em Cachoeirinha

Os reparos feitos pela prefeitura aguardam há seis meses para serem finalizados; pessoas já se acidentaram no local

Calçada inacabada causa transtornos no Distrito Industrial, em Cachoeirinha Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Calçada não foi concluída e buraco já causou acidentes Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Há seis meses, conforme o porteiro Pedro Santiago Justino de Azevedo, 30 anos, a prefeitura de Cachoeirinha iniciou uma obra de retirada de calçadas antigas para padronizar com calçamento de pedras as vias do Distrito Industrial do município. Entretanto, quando o serviço chegou à Rua Caí, no Bairro Vila Princesa Izabel, onde Pedro trabalha, não foi concluído. 

Leia mais
Crateras abertas em Porto Alegre pela prefeitura aguardam conserto
 
Impasse complica educação de menino autista em Porto Alegre
AME: Crianças com doença rara precisam de doações. Saiba como ajudar

Os buracos, abertos em maio deste ano para repavimentação, seguem abertos. No dia 13 de junho, um cliente que chegava na empresa onde Pedro trabalha pisou em falso e acabou caindo no chão. As câmeras de monitoramento da empresa gravaram o momento do acidente. O porteiro conta que o homem ficou com a perna machucada e saiu mancando. 

Não fosse suficiente, na semana passada, outro pedestre caiu. Desta vez, a vítima estava de bicicleta e acabou perdendo o equilíbrio ao passar por dentro do buraco. 

— O risco de outros acidentes como estes acontecerem é grande, pois são muitos espaços entre as calçadas com desníveis — diz Pedro. 

Faltou atenção 

Segundo o porteiro, as companhias já tinham calçadas. Contudo, o motivo da obra seria padronizá-las. Mesmo com a ocorrência das quedas, a prefeitura, de acordo com Pedro, não deu atenção para o serviço na Rua Caí e seguiu construindo o passeio público em outras vias da região. 

— Aqui na empresa, vários já entraram em contato com a prefeitura, fizeram reclamações, cobraram providências e, até agora, nenhuma equipe retornou ao local para terminar a obra. Em maio, as máquinas vieram, cortaram blocos de calçada, levaram os entulhos embora e deixaram por isso mesmo. Depois, já começaram e terminaram a troca do calçamento em outras ruas, e aqui, ninguém mais apareceu — queixa- se Pedro. 

A previsão é de concluir o trabalho "em breve"

A prefeitura de Cachoeirinha, por meio de sua assessoria de imprensa, explicou que a obra faz parte do Programa de Qualificação de Vias Urbanas do município. 

Porém, o atraso nesse programa ocorre devido ¿ à grave crise financeira que a cidade atravessa¿, informa a administração pública. Com a perda de repasses estaduais e federais para o projeto, a cidade atrasou o pagamento da execução da obra e também dos repasses do convênio. 

Mas a prefeitura deixa claro que a obra está novamente em andamento e que o prazo de término geral dos reparos é projetado para 2019. Já em relação ao trecho da calçada na Rua Caí, "uma equipe está trabalhando no local e a obra deve ser finalizada em breve".

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

*Produção: Shállon Teobaldo


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • _TeffyRodrigues

    _TeffyRodrigues

    Teffy Rodrigues 💥RT @Qvs_Chocola10: @_TeffyRodrigues @fernandeslinda_ Diário gaúcho antecipado kkkkkkkhá 2 horas Retweet
  • fernandeslinda_

    fernandeslinda_

    KethRT @Qvs_Chocola10: @_TeffyRodrigues @fernandeslinda_ Diário gaúcho antecipado kkkkkkkhá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros