Esgoto de motel atrapalha vida de moradores em Dois Irmãos - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso11/10/2017 | 10h07Atualizada em 11/10/2017 | 10h07

Esgoto de motel atrapalha vida de moradores em Dois Irmãos

O cheiro do esgoto, aliado às moscas e até ratos que proliferam no local preocupa quem vive na região

Esgoto de motel atrapalha vida de moradores em Dois Irmãos Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Dejetos correm ao longo da via e provocam mau cheiro Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Há cerca de 20 anos, o despejo incorreto de resíduos às margens da BR- 116, em Dois Irmãos, incomoda moradores do bairro Travessão. Segundo o radialista Alexandre Pires, 60 anos, que mora no local desde 1998, o problema é causado, principalmente, por um motel que fica na região. Ele explica que o esgoto do local é liberado na rua, deixando o cenário insalubre. 

Leia mais
Ong precisa apoio para manter trabalho de caridade
Menino precisa de leite especial para se alimentar em Gravataí
Moradora de Alvorada está há um ano esperando consulta com gastroenterologista

— Eu comprei a casa onde moro do meu sogro. E, quando ele morava aqui, já existia esse problema. Então, não é recente — recorda Alexandre. 

Para o morador, o incômodo é maior em dias quentes. O cheiro do esgoto, aliado às moscas e até ratos que proliferam no local preocupa Alexandre. Ele diz que, na maioria do tempo, precisa deixar as janelas de sua residência fechadas em função do mau cheiro. 

O radialista conta que, há cerca de cinco anos, o estabelecimento chegou a fazer a instalação de uma fossa para amenizar o problema. Porém, ainda segundo Alexandre, não foi feita nenhuma manutenção nas tubulações depois disso. 

— Instalaram a fossa, mas nunca limparam, aí fica largando essas sujeiras na rua — critica o morador do bairro Travessão. 

Dejetos correm a céu abertoFoto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG

Vizinhos 

O gerente do Motel dos Andes, Valdir Padilha, se defendeu. Segundo o administrador, o local tem fossa e sumidouro, tudo conforme determinado pela prefeitura. Valdir diz ainda que falta a prefeitura estender a rede de esgoto até o estabelecimento, para que seja feita a conexão na rede. Ele afirma que o problema se estende a outras residências, já que casas vizinhas também não conectam seu esgoto na rede. 

Prefeitura: obra concluída em dois meses 

A prefeitura de Dois Irmãos, por meio de sua assessoria de imprensa, afirmou que o dono do motel foi notificado para que providencie a regularização do esgoto. A administração esclarece que o lançamento de esgoto a céu aberto infringe o Código de Meio Ambiente do município. 

A Fiscalização de Obras, Posturas e Urbanismo e o Departamento Municipal de Meio Ambiente ordenaram que o sistema de tratamento hidrossanitário seja adequado às normas ambientais e à legislação vigente. 

"O proprietário do motel deverá limpar a fossa e sumidouro, imediatamente, pois o sistema hidrossanitário está saturado. O não cumprimento implicará em aplicação de penalidades previstas na legislação em vigor", afirmou a prefeitura, por meio de nota. 

Sobre a ampliação da tubulação de esgoto no local, a prefeitura disse que já estão previstos, pela Secretaria de Obras e Viação, reparos no local. Segundo a assessoria, "se o tempo colaborar", os consertos deverão ser concluídos em dois meses. 

*Produção: Alberi Neto 

Leia outras reportagens da seção Seu Problema é Nosso


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros