Manoel Soares: William Waack está tendo uma "semana de preto" - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Opinião11/11/2017 | 07h00Atualizada em 11/11/2017 | 07h00

Manoel Soares: William Waack está tendo uma "semana de preto"

Colunista comenta a situação do jornalista da TV Globo após episódio de racismo

Manoel Soares: William Waack está tendo uma "semana de preto" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

O jornalista William Waack, afastado do Jornal da Globo, está tendo uma "semana de preto". Tudo porque dois jovens negros, um deles que trabalhava na Globo, tiveram acesso a um vídeo em que ele disse que buzinar sem motivo era "coisa de preto". Os jovens jogaram o vídeo na internet. 

A semana de William está sendo "de preto" porque ele está sendo alvo de piadas e está sendo criticado pelo que pensa. Ele é observado quando chega nos ambientes e se sente perseguido. Acredita que tiraram sua fala de contexto, que não estão sendo tolerantes com o erro dele e que não estão pensando em como ele está sofrendo com tudo isso. 

Leia mais

Manoel Soares: "Coitado do racista"

Manoel Soares e um manual de instruções para acabar com o racismo

Manoel Soares: "Os racistas agradecem"

 Pois é, o William está vivendo o que vivemos há 129 anos. Sim, porque os negros não podem errar. Somos olhados nos ambientes, somos perseguidos nos shoppings, não existe tolerância se falamos algo impróprio, somos alvo de piadas históricas e nossa dor é subestimada. 

Como dizia um poeta preto chamado Cartola, a vida é um moinho: além de moer, ela dá voltas. Seu William acreditou que estava blindado e que seu racismo poderia sair, mas não estava e nunca estará. E você que está lendo, toda vez que ver um babaca agir com racismo, lembre a ele que, se até um dos mais importantes apresentadores da Globo caiu por ser racista, é bom ele ficar ligado. 

Pensando bem, William pode até ficar feliz, porque ele não está entre os que mais morrem mais por arma de fogo, que ganham menos e outras mazelas que os "pretos" são acostumados. Aliás, a semana de William não foi "de preto", foi "de marrom", porque não sei se ele aguentaria uma semana em nossa pele. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros