Moradores sofrem com alagamentos constantes em bairro de São Leopoldo - Notícias

Versão mobile

 

Seu problema é nosso13/12/2017 | 09h29

Moradores sofrem com alagamentos constantes em bairro de São Leopoldo

Desde 2014, a população do local enfrenta alagamentos intensos, com entupimento de bueiros e da tubulação

Moradores sofrem com alagamentos constantes em bairro de São Leopoldo Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Falta de escoamento prejudica moradores, que sofrem com os alagamentos Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Uma obra que não terminou. Este é um dos problemas dos moradores da Rua Octacilio Bandeira da Silva, no bairro Jardim Phoenix, em São Leopoldo. 

Leia mais
Moradora de São Leopoldo aguarda consulta e exame há seis meses para iniciar tratamento de nódulos no fígado
Casa da Sopa precisa de ajuda para seguir alimentando moradores de rua e famílias carentes de Porto Alegre
Abastecimento volta ao normal em bairro de Porto Alegre depois de reportagem do DG

Desde 2014, a população do local enfrenta alagamentos intensos, com entupimento de bueiros e da tubulação, que pioram em momentos de chuvas fortes, como na semana passada. 

O servidor público Tiago Peter Heller, 38 anos, morador do local há 16 anos, afirma ficar indignado com a situação ao presenciar crianças caminhando dentro da água, na altura da cintura. 

— Já registramos vários protocolos na prefeitura de São Leopoldo, mas nada foi resolvido — lembra Tiago. 

O morador conta que, em 2016, a administração do município iniciou uma obra de calçamento na rua que parecia ser a solução para a população. Porém, ela não foi adiante. 

— O interessante é que a obra começou um mês antes das eleições e, como foram derrotados nas urnas, não terminaram as obras — especula o servidor público. 

Pedidos 

Uma das reclamações foi registrada na Ouvidoria da prefeitura pelo protocolo 2017/3933. Tiago conta que, mesmo com o grande número de pedidos, nunca foram tomadas providências. Ele explica que a prefeitura pede um abaixo-assinado feito por parte da população para, assim, entender se há possibilidade de dar sequência à obra. 

Tiago relata que a parte calçada da rua ficou em ótimo estado, porém, na altura do número 370 da rua, o terreno foi "afundado", conforme explica o morador, "bloqueando a saída de água e obstruindo a tubulação".

Prefeitura não explica obra inacabada 

O Departamento de Comunicação (Decom) da prefeitura de São Leopoldo informou que o local recebe manutenção periódica da Secretaria de Obras e Viação. O gabinete afirmou ainda que, há poucos meses, foi construída uma nova rede de drenagem no final da rua, na esquina com a Darcy Gonçalves Leite, com o intuito de facilitar o escoamento da água. 

A prefeitura relata que foram feitos ainda serviços de conserto de caixas de esgoto e desobstrução de bocas de lobo na extensão da via. Quanto ao "afundamento" da rua, explica o departamento de fiscalização, "fazer a elevação do local aumentaria ainda mais o problema, já que os terrenos são no nível atual da rua ou até mesmo mais baixos". 

Em relação à obra inacabada em 2016, a prefeitura não se pronunciou e também não informou quando a situação da Rua Octacilio Bandeira da Silva seria resolvida por completo. 

*Produção: Eduarda Endler

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros