Manoel Soares pergunta: "Você gosta de mulher?" - Notícias

Versão mobile

 

Papo Reto 03/03/2018 | 08h00Atualizada em 03/03/2018 | 08h00

Manoel Soares pergunta: "Você gosta de mulher?"

Colunista escreve sobre o mito do "pegador"

Manoel Soares pergunta: "Você gosta de mulher?" Lauro Alves/Agencia RBS
Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Nós, homens, fomos ensinados que quem gosta de mulher pega geral. Ter várias namoradas ao mesmo tempo e deixar uma fila de corações partidos pelos caminhos da vida sempre foi atestado de "homem de verdade". Mas, observando com calma, chegamos à conclusão de que quem gosta mesmo de mulher não faz isso. 

Gostar de mulher não é ter várias e bancar o garanhão. Pelo contrário, tratar mulher como objeto de descarte é coisa de quem não gosta de mulher. Partir o coração de várias mulheres, então, é uma atitude explícita de que o negócio do cara não é mulher. Se fosse, ele seria mais cuidadoso ao tratar sentimentos tão nobres que nos são entregues em momentos de paixão. 

Leia mais
Manoel Soares: "A solidão de ser macho é angustiante"
Manoel Soares reconhece: "Sou feminista"

Os equívocos de nossa macheza são tão toscos que alguns acham que, por gostar tanto de mulher, não se deve ficar de verdade com nenhuma. Nessa lógica, produzimos meninos que não conseguem serem felizes de fato e se entregarem de verdade. 

Dizer, por exemplo, que as mulheres querem o nosso dinheiro, é, muitas vezes, resultado de nossa incapacidade de dar algo mais que isso. Conheço mulheres que saem da quebrada com um sorriso largo no rosto e outras que vivem emburradas em sua mansão. Quem pensa que somente o desempenho sexual pode colocar esse sorriso no rosto está enganado. Se fosse assim, todas as prostitutas seriam completamente felizes, porque os homens dão a elas sexo e dinheiro, e muitas que conheço choram sozinhas e tristes.

Gostar de mulher é dar a ela o que ganhamos da mulher o que nos deu a vida, nossa mãe. Conheço pessoas que lamentam o fato de amigos casarem e terem filhos, como se isso fosse uma derrota na guerra da vida. Gostar de mulher é fazer do sorriso dela sua meta diária e da lágrima dela seu pecado capital. Aí, eu te pergunto: você gosta de mulher?

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros