Falta de compressor cancela atendimentos em centro odontológico do IAPI, em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 

Seu problema é nosso16/08/2018 | 09h31

Falta de compressor cancela atendimentos em centro odontológico do IAPI, em Porto Alegre

Segundo a prefeitura, o Centro de Especialidades Odontológicas possui quatro consultórios que encontram-se inativos, em função de obra para instalação de novos compressores individualizados para cada consultório

Falta de compressor cancela atendimentos em centro odontológico do IAPI, em Porto Alegre Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Extração foi agendada para 21 de junho, e acabou cancelada Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Desde junho deste ano, quem precisa de consulta com dentista no Centro de Saúde IAPI, em Porto Alegre, é orientado a aguardar devido ao compressor odontológico que estragou. A operadora de caixa desempregada Priscila Nunes da Silva, 35 anos, teve uma consulta desmarcada dia 21 de junho, quando iria extrair um dente siso. 

Leia mais
Pela segunda vez em dois anos, poste cai sobre casa de moradora de Canoas
Buraco em calçada na Avenida do Forte já existe há mais de um ano, em Porto Alegre
M
orador de Gravataí busca ajuda para realizar cirurgia em São Paulo

— Estou nessa função há um ano. Não tenho dor, não me incomoda nada, mas tenho medo de ter alguma complicação. 

Encaminhamento 

Sem o equipamento, o atendimento não pode ser realizado, pois ele é responsável por fornecer ar comprimido que faz com que outros aparelhos funcionem — como o sugador de saliva. 

Moradora do bairro Jardim Leopoldina, na Zona Norte de Porto Alegre, Priscila recorreu ao posto de saúde local há meio ano. Lá, foi avisada de que não havia profissional para atendê-la. 

Riscos 

Com isso, recebeu um encaminhamento para o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO-IAPI), referência no atendimento que precisa, onde aguardou três meses para conseguir a consulta de avaliação. No mês seguinte, em 3 de maio, Priscila extraiu um dos sisos. 

— Tiraram aquele que não me causava medo, pois não estava cariado. Agora este, que estou aguardando, está incluso, e tenho medo de ficar doente. 

As cáries também podem causar problemas no organismo. Quando a cárie já está na raiz do dente, ela pode liberar bactérias, o que causa inflamação na gengiva. Depois, a inflamação pode se espalhar pela corrente sanguínea, chegando a outras partes do corpo. Este é o medo de Priscila: 

— Imagina, isso pode me levar à morte. Morrer por uma cárie. 

Depois de entrar em contato com os órgãos responsáveis pela sua situação e não ter nenhuma solução, Priscila segue decepcionada. 

— É uma vergonha eles não terem um aparelho reserva para poder continuar o atendimento, ou até mesmo alguém para fazer a manutenção — conta. 

Consultórios estão inativos em Centro 

A Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre afirma que o Centro de Saúde IAPI conta com dois serviços de atendimento odontológico. A Unidade de Saúde IAPI tem cinco consultórios odontológicos e no momento, um consultório não está funcionando, desde o dia 24 de julho, devido a um problema de vazamento de água. Segundo a SMS, a manutenção está em andamento. 

Já o CEO-IAPI, onde Priscila teria o atendimento, possui quatro consultórios odontológicos que encontram-se inativos, em função de obra para instalação de novos compressores individualizados para cada consultório. O compressor anterior estragou devido à fundição do motor no dia 18 de julho. 

Apesar disso, desde o mês anterior, o compressor tinha problemas e, por este motivo, a cirurgia de extração de siso de Priscila foi cancelada. 

A SMS salientou que os atendimentos do CEO-IAPI estão sendo realizados parcialmente nas dependências da Unidade de Saúde IAPI, onde há quatro consultórios para atender. Os pacientes estão sendo remanejados conforme a disponibilidade de agenda, visto que atendimentos de nível especializado não são considerados de urgência, e todos os pacientes serão reagendados. O órgão não informou quando as consultas serão retomadas com normalidade. 

Caso Priscila ou outro paciente esteja em uma condição de dor ou comprometimento funcional, deve procurar a Unidade de Saúde de referência para solucionar o problema. 

*Produção: Eduarda Endler

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros