Moradores pedem, mas prefeitura não faz operação tapa-buraco em rua de Gravataí - Notícias

Versão mobile

 

Seu problema é nosso09/08/2018 | 10h22Atualizada em 09/08/2018 | 10h22

Moradores pedem, mas prefeitura não faz operação tapa-buraco em rua de Gravataí

Moradores abriram processo administrativo pedindo o serviço em janeiro. No início do mês passado a demanda foi dada como concluída, segundo os moradores, mas o problema segue

Moradores pedem, mas prefeitura não faz operação tapa-buraco em rua de Gravataí Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Situação é ruim em relação a crateras, a pedras soltas no calçamento e a desníveis em trechos da via Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

A buraqueira espalhada pelos paralelepípedos da Rua Waldemar Guido Vicentini, no bairro Dom Feliciano, em Gravataí, assusta. Aberturas em bueiros, desníveis do solo, pedras soltas, tudo isso se vê na via, conforme a advogada Marina Damasceno, 24 anos, moradora do bairro desde criança. 

Leia mais
Calçada desaba e mulher fica presa em buraco, em Porto Alegre
Rede entupida causa alagamentos no Beco do Bibi, entre Alvorada e Viamão
Menina precisa de cirurgia para poder caminhar normalmente, em Porto Alegre

— Eu já virei sócia da borracharia. Toda semana é um estrago diferente por causa dos buracos — conta Marina. 

Indignada com a situação da rua, ela procurou a prefeitura em janeiro, pedindo a realização de uma operação tapa- buracos na Waldemar Guido Vicentini. O processo administrativo ficou no sistema da prefeitura até julho, quando foi dado como concluído. Porém, os buracos seguem na rua. O que, para Marina, é um mistério: 

— Deram o serviço como concluído, mas continua tudo igual. Além de demorarem seis meses para responder, não fizeram os reparos. 

A advoga relata não ter visto equipes da prefeitura no bairro, mas notou que "uma das incontáveis aberturas espalhadas pela rua" foi parcialmente tapada. Ela não sabe se o serviço foi realizado por alguém da administração pública. 

Problema foi repassado à prefeitura no início do ano, conforme MarinaFoto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG

Perigo 

Um dos buracos preocupa mais a moradora, em razão do risco que pode gerar para quem passa pela rua. A abertura citada por Marina é camuflada em dias de chuva, daí o medo gerado nos moradores. 

— É um buraco grande, certamente alguém de moto ou bicicleta cairia ali em um dia em que a cratera estivesse cheia d’água — explica a advogada. 

Enquanto aguarda uma nova visita da prefeitura, na esperança de que os trabalhos sejam concluídos, Marina tem redobrado o cuidado na direção ao transitar pela via onde mora. O objetivo é evitar mais gastos com a manutenção do seu carro em razão dos buracos existentes no local. 

Reparo está no cronograma, diz a prefeitura 

A prefeitura de Gravataí explicou que os reparos na pavimentação da Rua Waldemar Guido Vicentini foram inseridos no cronograma de execuções da Secretaria Municipal de Obras Públicas (Smop). 

Em nota, a administração pública informou que a manutenção deve ser realizada nas próximas semanas. Entretanto, não foi dado um prazo específico para a conclusão dos trabalhos. 

Desnível no paralelepípedo está presente em pontos da viaFoto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG

*Produção: Alberi Neto 

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros