Em Alvorada, aparelho de esterilização quebrado atrasa consultas com dentista - Notícias

Versão mobile

 

Seu Problema é Nosso20/11/2018 | 09h48Atualizada em 20/11/2018 | 09h49

Em Alvorada, aparelho de esterilização quebrado atrasa consultas com dentista

João Carlos Santiago, 59 anos, está angustiado com a demora para arrumar o dente que quebrou

Depois de quase um mês de espera por uma consulta com cirurgião dentista na Unidade Básica de Saúde (UBS) Formosa, em Alvorada, no dia da visita também chegou a decepção: o horário foi cancelado, pois a máquina que esteriliza os materiais dos procedimentos estava estragada. Morador do bairro Formoza, João Carlos Santiago, 59 anos, está angustiado com a demora para arrumar o dente que quebrou. Segundo a esposa dele, a pensionista Rosângela Santiago, 59 anos, João sofre de depressão e a espera piora a situação:

 Leia mais
Depois de matéria no Diário Gaúcho, estudante da UFRGS consegue comprar triciclo para frequentar aulas
Monette Esperance viaja para buscar filhos que não vê há cinco anos
Mesmo após reportagem, idosa continua aguardando cirurgia desde 2014 para tratar braço quebrado

— Ele não gosta de se ver no espelho, então, imagina com esse problema no dente? Para driblar o problema, alguns kits de materiais são remanejados de outros postos de saúde, mas não são o suficiente para fazer o atendimento de todos que requerem consulta. 

No dia 26 de outubro, Rosângela marcou a consulta com dentista para a sexta-feira passada, às 13h. Na manhã daquele dia, um funcionário da unidade entrou em contato com o casal. 

— Ligaram e disseram que não poderiam atender o João porque não tem material limpo para usar, e a máquina de limpar tá estragada há dois meses — lembra a esposa. 

Caminho 

Antes de conseguir marcar no bairro em que residem, ainda foi sugerido que o casal fosse atendido na UBS Umbu, que fica a cinco quilômetros da UBS Formosa. 

— Tentaram nos jogar para lá, mas não aceitei — conta Rosângela. 

A consulta estava marcada para o dia 12 de dezembro, mas ainda provocava incerteza em Rosângela e João: 

— Tu marca o horário, mas nunca sabe se vai ser atendido de verdade. Ele sofre com um problema na gengiva em que os dentes amolecem, e sempre foi assim. É tudo muito demorado, se arrasta para acontecer. 

Há pelo menos 20 anos, João lida com a depressão e não trabalha, desistindo até mesmo do auxílio-doença do INSS, devido à burocracia para comprovar. Quem cuida da vida financeira do casal é Rosângela. 

Ainda na sexta-feira, Rosângela recorreu a um amigo que trabalha na UBS Umbu. Solidarizado com o caso de João e também por ele já ter sido atendido na UBS, o funcionário arrumou um encaixe, e João teve a obturação feita ontem pela manhã. 

— Ele teve um dente com o problema resolvido, agora faltam os outros — conta a esposa. 

Dentista de João será hoje 

Após contato do Diário com a prefeitura, a consulta de João foi remarcada para hoje, às 13h, na UBS Formosa. A prefeitura afirmou que, na sexta-feira passada, a consulta foi realizada, porém não foi feito o procedimento porque o material esterilizado não chegou a tempo, uma vez que ele veio da central, junto ao Pronto Atendimento Médico (PAM8). 

Ao contrário disso, Rosângela afirmou que João nem sequer foi até a UBS na sexta, pois recebeu ligação de manhã, avisando sobre o cancelamento. A prefeitura garante que todas as consultas agendadas estão em dia. Em relação à manutenção da autoclave, afirma que já foi feita. Ainda informou que a esterilização dos equipamentos pode ser realizada na central, junto ao PAM8. 

Produção: Eduarda Endler

 Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros