Calçada em obras causa transtornos no bairro Sarandi, em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 

Seu Problema é Nosso04/12/2018 | 09h33Atualizada em 04/12/2018 | 10h01

Calçada em obras causa transtornos no bairro Sarandi, em Porto Alegre

Há nove meses, moradores da Rua Ari Barroso convivem com o perigo de obra inacabada no passeio

Calçada em obras causa transtornos no bairro Sarandi, em Porto Alegre LeitorDG / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Interdição do trecho tem dificultado a passagem de moradores Foto: LeitorDG / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Desde março, quem passa pela Rua Ari Barroso, na altura do número 36, no bairro Sarandi, zona norte de Porto Alegre, encontra um obstáculo no meio do caminho. A calçada estava com inúmeras rachaduras, onde baratas se criavam. Incomodada pela situação e com medo de que a calçada cedesse, a servidora pública Danusa Rocha Lima, 26 anos, procurou a prefeitura: 

Leia mais     
Campanha em prol da nova cadeira de rodas para Joãozinho ganha apoio da dupla Gre-Nal
Depois de matéria do Diário Gaúcho, CEEE faz ação para combater quedas de luz na zona sul de Porto Alegre
Entenda como você pode ajudar uma orquestra a mudar o futuro de crianças de Porto Alegre

— Primeiro, busquei o Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae), cheguei a registrar protocolo, mas então falaram que era com o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP). O prazo passou, e ninguém vinha. Eu ligava direto pro DEP da Zona Norte, falavam que viriam, mas nada. 

Há duas semanas, entretanto, o cenário na frente do lar de Danusa mudou. A prefeitura foi até o local e abriu a calçada, a fim de fazer uma desobstrução. Segundo o que a administração pública informou para a servidora, o problema está no encanamento da rua. Após a visita, a calçada foi sinalizada com faixas e cavaletes, mas nada aconteceu além da abertura do passeio: 

— Eles vieram e abriram, falaram que iriam retornar para arrumar, mas nada mudou.  Agora, estamos com um buraco na frente de casa. 

Desafio 

Com cerca de cinco metros de extensão, a obra inacabada é um desafio para quem precisa passar pela calçada. A Rua Ari Barroso é uma via de mão dupla e tem a possibilidade de estacionamento dos dois lados. Segundo Danusa, os pedestres acabam andando pelo meio da via, junto com os carros, já que não há espaço adequado: 

— A gente sente medo que alguém se machuque, porque precisa caminhar junto com os veículos. E ainda é ruim, porque só passa um carro por vez, então os carros passam na beirada, correndo risco de atingir quem tá caminhando. 

Outra preocupação da servidora pública são os riscos que a própria calçada oferece. 

— As pessoas tropeçam constantemente — conta. 

Em relação ao prédio, Danusa conta que os veículos precisam passar por cima do problema, já que está na entrada da garagem. 

— Cada vez que um carro passava, parecia que o chão cedia mais. Imagina, cair com o carro no buraco? — questiona Danusa. 

Prefeitura finalizará obra neste mês 

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), por meio da Divisão de Manutenção de Águas Pluviais (DMAP), afirmou que realizou uma substituição de três metros de tubulação de 30 milímetros da rede pluvial na Rua Ari Barroso, no dia 26 de novembro. Em relação ao calçamento da rua, a pavimentação está programada para a primeira quinzena de dezembro. 

Produção: Eduarda Endler 

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros