Campanha em prol da nova cadeira de rodas para Joãozinho ganha apoio da dupla Gre-Nal - Notícias

Versão mobile

 

Seu Problema é Nosso03/12/2018 | 11h41Atualizada em 04/12/2018 | 09h28

Campanha em prol da nova cadeira de rodas para Joãozinho ganha apoio da dupla Gre-Nal

João Carlos Plaz, nove anos, foi diagnosticado com microcefalia quando nasceu e, hoje, o maior desafio é a locomoção 

Campanha em prol da nova cadeira de rodas para Joãozinho ganha apoio da dupla Gre-Nal LeitorDG / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Menino está grande para a cadeira de rodas que tem Foto: LeitorDG / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Desde seu nascimento, João Carlos Plaz, nove anos, necessita da total atenção de seus pais. Durante o parto, o menino foi diagnosticado com microcefalia, um distúrbio neurológico no qual o cérebro não se desenvolve completamente. Além dessa condição, João sofreu complicações que agravaram seu estado. 

Leia mais    
Depois de matéria do Diário Gaúcho, CEEE faz ação para combater quedas de luz na zona sul de Porto Alegre
Entenda como você pode ajudar uma orquestra a mudar o futuro de crianças de Porto Alegre
Artesãos pedem limpeza de praça na zona sul de Porto Alegre 

Mãe de João, a dona de casa Catiele Plaz, 29 anos, conta que, depois de dois meses e 26 dias, o menino pôde ir para casa. Mas sua rotina continuou complicada. Hoje, a maior dificuldade é a locomoção, pois o menino precisa de uma cadeira de rodas que comporte seu tamanho. A mãe relata que, em dias de consulta, João é carregado no colo: 

— A última cadeira comprada foi quando ele tinha quatro anos. Agora, ele está grande, pesado. É muito difícil sair para a fisioterapia ou para ir ao médico. 

Além da dependência para locomoção, Joãozinho, como é conhecido, se alimenta por meio de sonda desde os três anos. 

— Antes, ele podia se alimentar por via oral, mas não ganhava peso. Descobrimos que ele tem um desvio no sistema digestivo, que fazia a alimentação ir para os pulmões — relembra Catiele. 

União 

A história de Joãozinho, que mora em São Leopoldo com seus pais e sua irmã, comoveu a equipe do Consulado Feminino Gremista de Canoas, que está promovendo uma campanha. Com a intenção de arrecadar o valor da nova cadeira, que custa R$ 3 mil, o consulado organizou rifas para o sorteio de camisetas oficiais autografadas da dupla Gre-Nal. A causa não só foi apoiada pelos gremistas, mas também pelos colorados. Além das camisetas, serão sorteados brindes. São aceitas doações por meio de uma vaquinha online. 

— O objetivo da campanha é chegar aos R$ 5 mil, pois o João tem outras necessidades, como fraldas e remédios. Se não atingirmos o valor mínimo, vamos reverter o dinheiro para essas necessidades — afirma a mãe. 

A presidente do Consulado Feminino Gremista, Kelly Plaz, é tia de Joãozinho. Ela relata que a equipe trabalha com atividades relacionadas ao futebol e também apoia diversas causas sociais: 

— Assim como em outras campanhas, pedimos a autorização do Grêmio para divulgar a ação para ajudar o Joãozinho. O pessoal do Inter também quis contribuir, inclusive o D’Alessandro fez questão de participar, doando uma camiseta. 

Como ajudar

/// No dia 20 de dezembro, ocorrerá o sorteio em prol da cadeira para o Joãozinho. Mais informações podem ser obtidas na página do Consulado Feminino Gremista de Canoas no Facebook.

/// É possível contribuir pela vaquinha online

/// Depósitos bancários podem ser feitos pelo Banrisul, agência 0065, conta corrente 39.170.965.0-1. A conta é de Amanda Rocha, uma das organizadoras da campanha. 

Produção: Caroline Tidra

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros