Lutadora de Porto Alegre é campeã mundial de muay thai na Tailândia  - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso19/03/2019 | 09h35Atualizada em 19/03/2019 | 09h39

Lutadora de Porto Alegre é campeã mundial de muay thai na Tailândia 

Simoni dos Santos fez vaquinha para ir ao campeonato mundial. Ela lutou contra a atleta da Alemanha na final

Lutadora de Porto Alegre é campeã mundial de muay thai na Tailândia  Douglas Chacon / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Representando o país, Simoni venceu no segundo round da luta Foto: Douglas Chacon / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Da Bonja ao pódio de campeã mundial de Muay Thai. O sonho foi realizado na Tailândia e, ainda nesta semana, Simoni dos Santos, 32 anos, volta para Porto Alegre com o cinturão da categoria amadora (60 quilos). 

Leia mais  
Morador de Caxias do Sul precisa de próteses para as pernas  
Após reportagem do Diário, morador de Porto Alegre consegue a aposentadoria
VÍDEO: Três anos de obras paradas e vandalismo na Praça CEUS, em Cachoeirinha   

— Estou muito feliz! Na minha cabeça, passa tudo que eu sofri. Penso nos meus filhos, na minha mãe. Sonhei com meus dois irmãos que faleceram. A pressão estava enorme, mas Deus me honrou. Estou me sentindo maravilhosa — contou a atleta, ontem, logo após vencer a prova. 

De acordo com o seu treinador, Thiago Minu, 39 anos, a brasileira lutou contra a atleta da Alemanha às 9h (pelo horário de Brasília) e venceu no segundo round: 

— Ela finalizou a luta em um nocaute técnico (quando o juiz decide que não é seguro o prosseguimento da luta), com muita garra. Ela é muito forte e não desistiu em nenhum momento — conta Minu. 

Bolsa Atleta 

Simoni contou que a conquista foi difícil: 

— A menina era mais alta do que eu. Não foi fácil, senti os socos. Mas deu certo, minha mão foi mais potente — celebrou. 

Seu Problema é Nosso , spn , Simoni , Tailândia , WMO , muay thai, luta, campea, brasileira
Concentração na lutaFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

O presidente da Confederação Brasileira de Muay Thai, Artur Mariano, que esteve com Simoni em todo o campeonato, falou sobre seu desempenho: 

— A participação da Simoni foi excelente, fez a final e foi incrível. Ela está de parabéns! 

Além do cinturão e do reconhecimento nacional, o treinador Minu salienta que, agora, Simoni terá a chance de concorrer a uma vaga no Bolsa Atleta — programa do governo federal que patrocina atletas brasileiros de alto rendimento em competições nacionais e internacionais. 

Questionada sobre a volta para casa, Simoni fala de sua ansiedade: 

— Estou com saudade dos meus filhos e do meu marido. E também da minha cama. Muito ansiosa para ver todos. 

Até o pódio, vencendo dificuldades

A história da Simoni foi contada na edição do dia 22 de fevereiro do Diário Gaúcho. A lutadora, sem dinheiro para pagar pela viagem, vendeu rifas para ir ao campeonato da WMO (World Muay Thay Organization). 

Seu Problema é Nosso , spn , Simoni , Tailândia , WMO , muay thai, luta, campea, brasileira
Simoni representou o Brasil no desfile com as bandeirasFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Ao embarcar para a Tailândia, em 7 de março, estava confiante: 

— Vou lá para ganhar. Vai ser difícil, eu sei, mas é a minha história, quero ser exemplo para os meus filhos — falou. 

Por trás do sorriso, sua história de vida é de muitas dificuldades. Ela cresceu no bairro Bom Jesus, onde morava com a mãe, o padrasto e nove irmãos. Com sete anos, cuidava de carros nas ruas — mesma época em que participou de um projeto social na UFRGS e fugia das aulas de balé para praticar judô. Saiu de casa ainda na adolescência para buscar independência e, aos 18 anos, veio o primeiro filho, Alisson. 

A reaproximação com as lutas se deu depois de quase uma década. Após conseguir bolsa em uma academia, ganhou primeiro lugar em oito campeonatos em solo gaúcho. Ao lutar na Copa RS de Muay Thai, foi classificada para participar do mundial em Bangcoc. 

O embarque para a Tailândia foi possível através de uma rede de solidariedade. 

Produção: Caroline Tidra 

 Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros