Escola de Sapucaia do Sul pede apoio para construir um galpão - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso13/05/2019 | 09h30Atualizada em 13/05/2019 | 09h30

Escola de Sapucaia do Sul pede apoio para construir um galpão

A iniciativa visa proporcionar um espaço de convivência para os estudantes e membros da comunidade escolar, além de estimular a preservação da cultura tradicionalista

Escola de Sapucaia do Sul pede apoio para construir um galpão arquivo pessoal/arquivo pessoal
Colégio fica no bairro Colina Verde Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal

Construir um galpão cultural para cultivar as tradições gaúchas é o desejo de um grupo de professores da Escola Municipal de Ensino Fundamental Prefeito Walmir dos Santos Martins, de Sapucaia do Sul. Localizada no loteamento Colina Verde, região periférica da cidade, a escola atende cerca de mil alunos em dois turnos. 

Leia mais
Projeto Passarte recebe doação de 12 toneladas de materiais de papelaria
Moradores esperam há seis meses por reparos na escadaria do bairro São José, na Capital
Entrega de medicamentos segue com problemas no Estado   

O objetivo da construção é proporcionar um espaço de convivência para os estudantes e membros da comunidade escolar, além de incentivar a preservação da cultura tradicionalista

Segundo a professora dos anos iniciais Izaura Pereira Goulart, 58 anos, a ideia é que o galpão seja levantado em uma área ociosa da escola e sirva como ponto de encontro também para os moradores do bairro. 

— Nossa comunidade tem carências financeiras e, também, de opções para lazer e cultura. Sendo um bairro afastado do centro da cidade, os moradores ficam meio que excluídos, sem espaço para o lazer. O único lugar que possuem é a escola e, mesmo assim, é somente para as atividades pedagógicas — relata. 

Campanha 

Segundo a professora, a escola está mobilizada para conseguir viabilizar a construção do galpão, mas não tem dinheiro para arcar com os custos da empreitada. A mão de obra deve ficar por conta de professores e pais de alunos que apoiam a iniciativa. O que falta, agora, são os materiais de construção. 

Foi aí que Izaura teve a ideia de iniciar uma campanha para arrecadar os itens necessários para levantar o galpão ou o valor para aquisição dos materiais, que gira em torno de R$ 2 mil. 

— Nossos alunos gostam bastante da cultura gaúcha, mas não temos um espaço para incentivar isso. Meu sonho é construir esse galpão cultural para que possamos proporcionar isso a eles, mas a comunidade escolar não tem condições — conta a professora. 

Local onde estrutura deverá ser construídaFoto: arquivo pessoal / arquivo pessoal

Prefeitura apoia a iniciativa 

A Secretaria Municipal de Educação de Sapucaia do Sul posicionou-se de forma favorável à campanha, destacando que iniciativas como essa “demonstram o quão vinculados e comprometidos com as melhorias na educação os professores estão”. A pasta esclarece que as escolas, por meio dos Conselhos Escolares e Associações de Pais e Mestres, estão aptas a realizarem atividades de arrecadação para aquisições específicas de interesse da comunidade escolar. 

Entretanto, a Smed afirma que, no momento, não há possibilidade de repasse de recursos financeiros para a construção do galpão cultural, mas sinaliza que pode vir a providenciar a mão de obra e o transporte dos materiais, caso seja necessário. 

Como ajudar

Você pode apoiar essa iniciativa doando qualquer quantia em dinheiro ou algum dos itens da lista de materiais abaixo:
/// 15 metros de madeira tipo costaneira
/// 15 tábuas 8 x 8 x 5,4
/// 3 guias 2,5x10
/// 22 telhas de 5mm
/// 6 parafusos tipo parabolt
/// 6 pacotes de pregos 18 x 30
/// 3 pacotes de pregos para telha
/// 6 dobradiças de alumínio 

Para doar, entre em contato com Izaura pelo telefone (51) 99655-2654. 

Produção: Camila Bengo

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros