Com câncer e trombose, menina precisa de remédio para tratamento  - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso24/06/2019 | 08h00Atualizada em 24/06/2019 | 09h17

Com câncer e trombose, menina precisa de remédio para tratamento 

Manuela necessita de duas doses diárias do injetável Enoxaparina, que custa em média R$ 3 mil ao mês. Família está fazendo uma vaquinha para garantir a compra do medicamento

Com câncer e trombose, menina precisa de remédio para tratamento  Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
No hospital, Manu mostra os desenhos feitos Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Há pouco mais de um mês, a vida da família de Cachoeirinha formada pela técnica em Enfermagem Rafaela Coelho, 29 anos, e o motoboy Robert Quadros, 31 anos, mudou drasticamente. Isso porque a filha mais nova do casal, Manuela Coelho Quadros, cinco anos, foi diagnosticada com um tumor maligno no fígado. A doença da menina é o hepatoblastoma, tipo raro de câncer que provoca a produção do hormônio Gonadotrofina Coriônica Humana B (GCH-B), induzindo uma puberdade precoce na criança.  

Leia mais
Menina com doença genética está sem aulas devido à falta de atendimento em casa
Com hérnia abdominal, morador de São Leopoldo aguarda há oito meses por cirurgia  
Alagamentos e falta de iluminação complicam circulação em beco de Viamão

— Estranhei que ela estava com uma fome excessiva e começou a engordar, mas não achei tão preocupante. Depois, levei-a em um parque, e ela não quis brincar, por cansaço. Percebi que estava com pelos, espinhas e outras características incomuns em crianças — conta a mãe sobre a descoberta da doença.

Em 20 de maio, a pequena foi internada no Hospital da Criança Santo Antônio, na Capital, para iniciar a quimioterapia. Desde então, ela permanece em internação. 

— Quando trabalhava em um hospital, eu sempre recebia os pacientes com câncer, mas nunca pensei que fosse acontecer comigo. Muito segurei a dor das mãezinhas, e, agora, está na hora de segurarem a minha — desabafa Rafaela. 

Medicamento

Além do câncer, Manu foi diagnosticada com trombose na veia cava inguinal, doença que pode ser fatal caso não tratada. Por isso, ela precisa tomar duas doses diárias do injetável Enoxaparina, que não é fornecido pelo SUS, sendo uma seringa de 40mg/0,4ml pela manhã e outra, de 20mg/0,2ml, à noite. 

Uma caixa com duas seringas de Clexane, nome com o qual o remédio é vendido, custa R$ 100, totalizando um gasto mensal de R$ 3 mil. Enquanto Manu estiver internada, a medicação é dada pelo hospital. Porém, para que ela receba alta, a família precisa se comprometer com a continuidade do tratamento. 

Há pouco mais de um mês, a vida da família de Cachoeirinha formada pela técnica em Enfermagem Rafaela Coelho, 29 anos, e o motoboy Robert Quadros, 31 anos, mudou drasticamente. Isso porque a filha mais nova do casal, Manuela Coelho Quadros, 5 anos, foi diagnosticada com um tumor malígno no fígado. A doença da menina é o Hepatoblastoma, tipo raro de câncer que provoca a produção do hôrmonio Gonadotrofina Coriônica Humana B (GCH-B), induzindo uma puberdade precoce na criança.
Ao lado do leito, o pai reza pela recuperação da filhaFoto: Arquivo pessoal / Arquivo pessoal

Garantia para seguir tratamento

Desempregados, Rafaela e Robert procuraram a Defensoria Pública para conseguir que o medicamento seja fornecido de graça pelo Ministério da Saúde. Contudo, como a decisão judicial pode demorar, a família faz uma vaquinha online para assegurar a compra por pelo menos cinco meses, tempo de duração do primeiro ciclo de quimioterapia. 

— A Manu sempre foi “ligada no 220W”, era uma criança muito ativa e carinhosa. Agora, o tumor estimula a produção de hormônios que causam irritabilidade, de modo que ela fica muito brava e revoltada por estar no hospital. Como eu não vou poder voltar a trabalhar enquanto ela estiver fazendo o tratamento, queremos garantir que ela terá os remédios para poder ir para casa logo — conta a mãe.

O objetivo é arrecadar R$ 15 mil. Até ontem, a família havia levantado mais de R$ 5,7 mil. Esperançosa, Rafaela conta, também, com orações pela melhora da caçula: 

— Estamos com muita esperança na cura dela, tenho fé de que tudo vai dar certo. Peço que, quem não pode ajudar com doações, nos apoie com a sua oração.   

Como ajudar

/// Doe pela vaquinha online

/// Também é possível efetuar depósitos em nome de Rafaela Castro Coelho na Caixa Econômica Federal: agência 345113, conta 13708-4. 

Produção: Camila Bengo

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros