Costureira investe em moda tradicionalista para bonecas - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Piquetchê do DG03/06/2019 | 10h07Atualizada em 03/06/2019 | 10h07

Costureira investe em moda tradicionalista para bonecas

Há três anos, moradora de Canoas desenvolve vestidos, bombachas, camisas, coletes e acessórios para os brinquedos


 CANOAS, RS, BRASIL - Costureira Solange de Canoas produz pilchas para bonecos há três anos. Com uma página no Facebook ela tem conseguido divulgar o trabalho e vender até para fora do Estado.
Solange está investindo no negócioFoto: Jefferson Botega / Agencia RBS

Costureira há quase 40 anos, Solange Daniel da Silva, 55 anos, de Canoas, sempre trabalhou com reparos de roupas. Entre uma costura e outra, costumava fazer roupinhas de bonecas para as crianças da família. Um dia, a cunhada Maristela Sehn levou as peças para o trabalho e vendeu algumas unidades. A partir daí, surgiu a ideia: transformar a confecção em negócio. 

Há três anos, a Tavine Moda de Bonecas –nome em homenagem à neta, Tavine – passou a fabricar miniaturas de vestidos de prenda, bombachas, camisa, colete, boina e cinto para o peão. 

Os vestidos são os mais vendidos e podem ser comercializados com ou sem a boneca. Um vestido custa cerca de R$ 55. Com a boneca, vai de R$ 85 a R$ 95.

— Faço o peão para ter a opção, para acompanhar, mas os vestidos são os que mais vendem. O custo da roupinha com a boneca varia de acordo com o produto — detalha a profissional.

Leia mais
"É a realização de um sonho", diz 1ª Prenda do Estado sobre a conquista da faixa
Conheça o estudante escolhido como Peão Farroupilha do RS
Cantores gaúchos contam como os CTGs influenciaram na formação artística 

Réplicas

Como a costura é detalhada e exige um trabalho minucioso, normalmente Solange faz a produção em escala. Escolhe um tecido para base e só muda os detalhes. Em uma semana, é possível confeccionar até 30 modelos. 

De peões, um pouco menos, aproximadamente cinco. No ateliê, as réplicas de vestidos também são tendência. Muitas clientes enviam um modelo de vestuário adulto e solicitam à costureira outro exatamente igual, em miniatura. Nestes casos, a produção sai por R$ 75. 

Vendas

A maior parte do trabalho de divulgação da Tavine Moda de Bonecas ocorre por meio das redes sociais. Em uma página no Facebook, Solange fotografa e publica as criações. O WhatsApp também é outra ferramenta utilizada para atender a clientela. Aliás, desta forma, já atravessou as divisas do Rio Grande do Sul e chegou até a Santa Catarina e Paraná. 

Recentemente, a microempresária estabeleceu uma parceria. Conseguiu espaço na vitrine de uma loja no bairro Mathias Velho, onde agora expõe uma parte do trabalho, enquanto o restante fica em sua própria residência.

No futuro, a ampliação dos negócios 

 CANOAS, RS, BRASIL - Costureira Solange de Canoas produz pilchas para bonecos há três anos. Com uma página no Facebook ela tem conseguido divulgar o trabalho e vender até para fora do Estado.
Vestidos são os mais vendidos no ateliêFoto: Jefferson Botega / Agencia RBS

E planos não faltam para o negócio de Solange. A expectativa é adquirir uma Kombi, que será utilizada para viagens e participações em eventos, rodeios e exposições. Quando este sonho se concretizar, pretende contar com apoio da filha Emili, 31 anos, nas vendas. 

A costureira também tem ideia de participar de jantares e bailes, onde houver o convite, para mostrar as confecções.

— Eu sempre lembro do slogan da Barbie: “Seja quem você quiser”. Esse trabalho é um pouco disso, brincar, incentivar as crianças a conhecerem e a viverem a tradição. Hoje em dia, não se tem mais tanto isso. E falo por mim mesma, que acho essa cultura de CTG linda, eles são uma família, mas acabo participando pouco. Há anos meu marido promete fazer um curso de dança, agora vamos ter que fazer — diverte-se.

Quer conhecer mais?

/// O contato por telefone e WhatsApp pode ser realizado pelo (51) 98014-8083.

/// Você também pode encontrá-la no Facebook: Tavine Moda de Boneca.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros