Enredo da Império da Zona Norte para 2020 foi idealizado pela porta-bandeira - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Eu Sou do Samba31/10/2019 | 05h00Atualizada em 31/10/2019 | 11h44

Enredo da Império da Zona Norte para 2020 foi idealizado pela porta-bandeira

Ana Marilda Bellos está no cargo há quatro anos. Antes disso, foi passista e exerceu uma série de outras funções na escola

Enredo da Império da Zona Norte para 2020 foi idealizado pela porta-bandeira Omar Freitas/Agencia RBS
Ana Marilda: orgulho de exaltar a bandeira de sua escola Foto: Omar Freitas / Agencia RBS
Liliane Pereira
Liliane Pereira

No Carnaval de Porto Alegre, não é incomum que integrantes das escolas de samba se envolvam em mais de uma atividade. Mas, na Império da Zona Norte, a novidade é ter a primeira porta-bandeira como uma das idealizadoras do tema-enredo. Ana Marilda Bellos já é uma figura bem conhecida entre os carnavalescos, principalmente entre os imperianos. Foi ela, juntamente com o presidente Rubens Silveira Menezes, quem teve a ideia de contar a trajetória de Olívio Dutra na Avenida em 2020.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Na escola há 36 anos e há 23 no Conselho Deliberativo, Ana é filha de Xuxa da Cuíca e Marli Bellos (personagens que também fazem parte da história da escola). Foi rainha, coreógrafa e integrante da comissão de frente e diretora artística. Mas as duas funções mais marcantes foram a de primeira passista — na qual permaneceu por 16 anos e ganhou 15 prêmios Estandarte de Ouro —, e a de porta-bandeira, cargo que exerce há quatro anos.

Sua dedicação à escola está evidenciada até nos gastos com suas fantasias, já que é ela quem custeia a própria roupa. Na conversa que tivemos na presença do presidente, eles me revelaram, inclusive, que os cachês das participações da porta-bandeira no Carnaval de outras cinco cidades são negociados sempre em prol do Império.

Envolvimento

Nesse bate-papo, Ana contou também que a ideia de homenagear Olívio veio em função do envolvimento dele com a escola e com a cultura carnavalesca.

— Nos conhecemos há mais de 20 anos. Em 1994, quando Olívio era prefeito de Porto Alegre, foi convidado a enviar um grupo de um segmento cultural de sua preferência para o Japão, para representar a cidade no festival de cultura em Kanazawa. E ele escolheu o Carnaval. Como eu trabalhava na Empresa Porto-alegrense de Turismo (Epatur) e tinha envolvimento carnavalesco, ele me nomeou chefe da delegação e diretora artística do show. Por esse contato, e também por morar na Zona Norte há mais de 40 anos, ele passou a admirar o Império.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 09/05/2019: A primeira porta-bandeira (Ana Marilda) e o presidente  (Rubens Silveira Menezes) da escola Império da Zona Norte vieram ao jornal para fazermos fotos deles para a coluna Eu Sou do Samba do DG.(Foto: Omar Freitas / Agência RBS)Indexador: NGS
Rubens, presidente da escola, e Ana MarildaFoto: Omar Freitas / Agencia RBS

Para a coluna, Olívio disse que ficou muito honrado e contente ao receber o convite.

— Ainda estou impressionado com essa distinção da Império da Zona Norte. A forma de agradecer esse gesto generoso da escola será me entregar de coração às atividades comunitárias e carnavalescas promovidas por ela para o próximo Carnaval.

Vaquinha virtual para garantir desfile

O homenageado acrescentou que pretende ir aos ensaios sempre que possível, e confirma que vai participar do desfile.

Conforme o presidente Rubens, a expectativa da escola é de entrar na Avenida com cerca de 1.300 componentes e três carros. E a intenção é estar com fantasias e alegorias prontas uma semana antes. Como os recursos financeiros não são muitos, está sendo feita uma vaquinha virtual. Para quem quiser ajudar a escola, basta acessar o link doacaolegal.com.br/c/galo-missioneiro. A vaquinha está no ar há um mês e, até agora, arrecadou pouco mais de R$ 3 mil. As doações podem ser feitas até março, quando ocorre o desfile.

Império da Zona Norte desfilou no segundo dia de Carnaval no Porto Seco
Desfile da Império em 2019Foto: Diego Lopes / Especial

O samba para 2020 será conhecido nesta sexta-feira (1°), na festa de lançamento oficial do tema-enredo "O Galo Missioneiro Canta na Zona Norte, Olívio Dutra". O evento será na quadra (Avenida Sertório, 1.021), a partir das 20h. Haverá um desfile dos protótipos das fantasias e show da bateria e da harmonia musical. Ingressos a R$ 5.

A Império da Zona Norte foi fundada em 20 de março de 1975 no pátio da casa de Pedro Guilherme Lopes. A escola é uma dissidência da Real Academia de Samba, do bairro Sarandi, em Porto Alegre, da qual Pedro fazia parte. Ele conta que a criação da escola surgiu da vontade de ter uma agremiação familiar. 

Leia também
Liliane Pereira conta a história da União da Vila do IAPI, conhecida como Trem da Alegria
Conheça a história da Estado Maior da Restinga, cujos fundadores precisaram explicar escolha do nome aos militares
Liliane Pereira conta as origens da Imperadores do Samba, a "escola do povo"

No próximo Carnaval, a escola, quem tem oito campeonatos, completa 45 anos. No Grupo Especial, foi campeã duas vezes: em 1982, com o tema "Contatos imediatos do Terceiro Grau", e em 2008, com o tema "Da África à Zona Norte, sim senhor. Esta é a história do samba!". Além disso, a escola foi vice-campeã cinco vezes. Os outros seis títulos foram conquistados nos grupos intermediários A e B.

Ajuda para Vovô

Nosso amigo carnavalesco Luís Henrique da Silva Cardoso, 62 anos, conhecido como Vovô, está precisando de ajuda. Ele sofreu uma queda e fraturou os dois joelhos quando estava viajando a passeio no Rio de Janeiro, em 12 de outubro. Com a lesão, não conseguiu embarcar de volta a Porto Alegre e precisou passar por uma cirurgia em solo carioca.

 Luís Henrique da Silva Cardoso
Vovô precisa voltar para Porto AlegreFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Vovô está temporariamente na casa de uma amiga, mas precisa voltar para a capital gaúcha, pois está imobilizado e não tem quem o cuide no Rio. Como ele não pode dobrar os joelhos por aproximadamente 60 dias, só consegue embarcar no avião de maca. Para tal, a companhia aérea precisa disponibilizar nove acentos da aeronave, e o passageiro tem de comprar todos esses lugares, o que custa cerca de R$ 12 mil. Para ajudá-lo, está no ar uma vaquinha online (bit.ly/vakinhavovo).

Outra forma de contribuir é indo aos ensaios de Bambas da Orgia, nesta quinta-feira (31), e da Imperadores do Samba do Samba, na próxima quarta, 6 de novembro. As duas escolas vão doar parte da renda arrecadada no ensaio para ajudar nas despesas da vaquinha. Mais informações com Nádia, pelo telefone (51) 98409-4685.

Agenda

Quinta-feira (31)

/// Ensaio-show na quadra da Restinga. Entrada gratuita até 21h. Após, R$ 5. Mesa R$ 20. Estrada João Antônio da Silveira, 2.355, Restinga.

/// Ensaio-show de Bambas da Orgia, na quadra, a partir das 21h. R$ 10. R. Voluntários da Pátria, 1.387.

Sexta-feira (1º)

/// Boteco Tchê apresenta Virou Zuera, Samba D' Boa e DJ Dutra nos intervalos. A partir das 22h. R$ 15 com nome na lista e R$ 20 sem. Após 0h30min, R$ 25 para todos. Pagamento em dinheiro na entrada. 

Domingo (3)

/// Final do festival de samba-enredo da Estado Maior da Restinga, a partir das 20h. Ingressos R$ 5. Mesa R$ 60, com direito a um balde de cerveja. Reservas pelo (51) 99177-2695, com Rafael. Estrada João Antônio da Silveira, 2.355.

/// Samba da Saldanha com Roda de Samba do Dodô. Abertura de Ulysses e trio. A partir do meio-dia. Entrada gratuita até 15h, após, R$10. Churrasqueiras disponíveis. Reservas por facebook.com/bandasaldanha.

Quarta (6)

/// Eliminatória do festival de samba-enredo da Imperadores do Samba, a partir das 18h. Mesa a R$ 60, com direito a um balde com três cervejas, um refri e uma água. Reservas com Ana pelo (51) 99255-4831. (A cada cerveja vendida, R$ 1 será revertido para ajudar Luís Henrique da Silva Cardoso a voltar para Porto Alegre)

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros