Manoel Soares: Papo com A Dama - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Papo Reto12/10/2019 | 05h00Atualizada em 12/10/2019 | 05h00

Manoel Soares: Papo com A Dama

Colunista escreve para o Diário Gaúcho aos sábados

Manoel Soares: Papo com A Dama Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Manoel Soares com a atriz Fernanda Montenegro Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Gente, no Programa Encontro dessa sexta-feira eu estava com a grande Dama do Teatro Brasileiro Fernanda Montenegro, falamos um pouco de Porto Alegre, cidade que ela ama e quero dividir um pouco do papo aqui.

Estar ao lado dela me devolveu as noites que tive que dormir embaixo do viaduto Ubirici, em Porto Alegre. Esse período que vivi na rua marcou minha vida e nos momentos de dor desejava encontrar alguém como a professora Dora, personagem da Fernanda Montenegro no filme Central do Brasil. Queria alguém que me acolhesse e me ouvisse assim como ela fez com o menino perdido na obra que representou o Brasil no Oscar. A partir da experiência que vivi naquele período, prometi a mim mesmo que quando pudesse faria algo pela população de rua. 

Leia mais
Manoel Soares: "A favela é circo"
Manoel Soares vibra com a formatura de mais de 200 jovens na Grande Cruzeiro
Manoel Soares: meu objetivo, minha responsa

Hoje, nas cidades de Porto Alegre e Esteio, minha família tem casas para atender população de rua. A República Junto, como chamamos tenta ser a ponte entre a rua e uma vida digna. Quando contei isso a Dona Fernanda, ela chorou junto comigo, me contou que mais que o Oscar, essas histórias alimentam seu coração. Em uma via de mão dupla, ela nos faz feliz com sua obra e quando possível devolvemos com boas ações. 

Hoje, essa grande mulher que faz 90 anos de vida me disse que não existe fala, nem glamour maior que nossa capacidade de ser útil para quem precisa. Concordei e dei um abraço daqueles que a gente sabe dar.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros