Morador de Taquara espera por instalação de energia elétrica há cinco meses - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso10/10/2019 | 10h35Atualizada em 10/10/2019 | 10h35

Morador de Taquara espera por instalação de energia elétrica há cinco meses

Segundo a RGE, o local necessita de obra de extensão de rede para a ligação da luz

Morador de Taquara espera por instalação de energia elétrica há cinco meses Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Vilmar está construindo galpão e precisa de luz Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Há cerca de cinco meses, o construtor civil desempregado Vilmar Cardoso Vasconcelos, 54 anos, espera para ter energia elétrica no seu sítio, na Linha São João, interior de Taquara. Ele e a família, de Viamão, compraram o lote na zona rural buscando um lugar mais calmo para viver. Contudo, Vilmar ainda não conseguiu a sua tranquilidade devido à demora na instalação da luz e ao problema de comunicação que teve com a RGE Sul Distribuidora de Energia. Até agora, há apenas um poste em frente ao endereço, à espera da instalação. 

LEIA MAIS
Em São Leopoldo, ampliação de posto de saúde fica pela metade
Na luta rumo ao mundial de Caratê: atleta de Guaíba precisa de apoio para competir
Moradores de Alvorada reclamam de falta de médico em posto de saúde  

Com os documentos do terreno em mãos, Vilmar conta que solicitou à RGE a nova ligação. Depois de três meses aguardando retorno, foi ao escritório de atendimento da empresa em Taquara para saber o que houve. 

— Fiquei sabendo que a RGE me mandou uma carta sobre a ligação da luz, só que foi para o endereço errado. Minha casa em Viamão é no número 319, e a carta foi para o 219. A atendente me forneceu a mesma carta. Me pediram mais documentação, que não tinham pedido antes. Fiquei muito indignado na hora — conta Vilmar. 

Segundo ele, alguns dos documentos solicitados têm prazo de validade e custos de cerca de R$ 50. Vilmar teria, ainda, que ir até os órgãos competentes atrás de mais comprovações. 

— Fiquei muito decepcionado. Liguei para a ouvidoria, como a atendente me orientou, mas não adiantou. Foi tão desgastante a situação que nem tive cabeça para encarar todo o processo de novo. Acabei não entregando a segunda leva de documentos — admite. 

Sossego 

Enquanto o problema não é resolvido, Vilmar e o filho moram em uma casa cedida pela família que vendeu o terreno. A esposa ainda trabalha em Viamão e viaja para o interior nos fi nais de semana. No espaço emprestado, o construtor pode contar com a solidariedade dos vizinhos, que não lhe cobram aluguel. Ele paga apenas a conta da energia elétrica. 

— Aqui é um lugar calmo. É maravilhoso. Viemos visitar e adoramos. Depois, construímos um galpão bem gaudério para viver em um clima rústico. Só falta a luz — lamenta. 

RGE afirma que faltam documentos 

Conforme a assessoria da RGE, o pedido de nova ligação de energia para o endereço em Taquara foi recebido. A empresa afirma que “o procedimento adotado foi o padrão, regrado pela Resolução 414/ 2010 da Aneel”. Segundo a RGE, foi constatada a necessidade de obra de extensão de rede para a ligação. Desta forma, a distribuidora comunicou ao morador, por meio de “carta enviada para o endereço de cadastro do mesmo, a lista de documentos que faltavam para a execução da obra”. A empresa afirma que o endereço para o qual a carta foi enviada foi fornecido pelo cliente na data da solicitação. Contudo, Vilmar garante que a empresa errou o número da residência. 

A RGE informa que, “no dia 28 de agosto, ele compareceu à agência em Taquara e, mais uma vez, foi lhe fornecida a lista com a documentação”, conforme Vilmar contou. A empresa ressalta que “não foram pedidos os mesmos documentos já fornecidos por ele, somente os faltantes”, e que ainda “não recebeu retorno por parte do cliente e permanece à disposição dele”. 

Sendo assim, para Vilmar ter energia, precisará, primeiramente, entregar as comprovações que faltam. Após, receberá um orçamento da RGE, no qual poderá ter de arcar com parte ou a totalidade dos custos da obra. 

Produção: Caroline Tidra 

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros