Piscinas públicas de Porto Alegre abrirão somente em janeiro de 2020 - Notícias

Vers?o mobile

 
 

VERÃO NA CAPITAL 20/11/2019 | 05h00Atualizada em 20/11/2019 | 05h00

Piscinas públicas de Porto Alegre abrirão somente em janeiro de 2020

Cinco dos sete espaços estarão disponíveis a partir do dia 4 de janeiro. Atualmente, locais dependem de manutenção

Piscinas públicas de Porto Alegre abrirão somente em janeiro de 2020 Mateus Bruxel/Agencia RBS
Piscina do Cecopam está vazia e tem mato ao redor Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Já tem data marcada o mergulho nas piscinas públicas de Porto Alegre: 4 de janeiro, no primeiro sábado de 2020. É nesta data que cinco centros comunitários da Capital devem abrir as portas para receber os banhistas, conforme planejamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte (Smdse). 

Leia mais
Festa do Pêssego deixa Zona Sul e é realizada no Centro
Após fazer vaquinha para competir, judoca do Porto Seco é premiado no México
A rotina das famílias afetadas por obras na Ilha dos Marinheiros, na Capital

A informação será confirmada na primeira quinzena de dezembro, quando o poder público anunciar todo o calendário de eventos para o verão. Apesar de as piscinas públicas serem as principais estrelas da estação mais quente do ano, a programação ainda envolve atividades esportivas e de lazer em ginásios, praças, na nova orla do Guaíba e em quadras poliesportivas da cidade.

Assim como tem sido nas últimas temporadas, os centros comunitários do bairro Medianeira, na Zona Sul, e Sarandi, na Zona Norte, não devem abrir. No ano passado, o Diário Gaúcho mostrou a situação da Centro de Comunidade George Black (Cegeb), no Medianeira, onde a piscina foi transformada em quadra poliesportiva. 

O problema que impossibilita o uso é na área estrutural, em razão de rachaduras no piso. Já no Sarandi, o outro ponto onde não haverá atendimento, são os motores da piscina do Centro de Comunidade Vila Elizabeth (Cecove) que apresentam problemas. 

Prazos

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 12-11-2019: Piscina vazia no Centro Comunitário Primeiro de Maio (Ceprima). Piscinas públicas ainda aguardam definição sobre período de reabertura. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Ceprima está entre as piscinas com abertura prevista em janeiro de 2020Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Sem contar estas duas estruturas, os cinco pontos onde existem piscinas são nos bairros Restinga e Cavalhada, na Zona Sul, e Cristo Redentor, Santa Maria Goretti e Passo das Pedras, na Zona Norte. Mesmo assim, estes locais ainda dependem de manutenção para seu pleno funcionamento. Na temporada de verão 2019, imprevistos adiaram a data de início do atendimento nas piscinas públicas. Para 2020, o diretor-geral de Esporte, Recreação e Lazer da Smdse, Rodrigo Kandrik, espera que não ocorram atrasos.

– Nós iniciamos este trabalho (tratativas para abrir as piscinas) muito cedo, lá em maio. Porém, são diversos trâmites e licitações para que tudo seja concluído. No caminho, algumas concorrências ficam desertas e precisam ser refeitas, o que vai acarretando mais tempo no processo – explica Rodrigo.

Em 2020, promessa de sete espaços

Quando a temporada de banhos nas piscinas públicas se encerrar, em março de 2020, a prefeitura fará um trabalho diferente nos locais durante o próximo ano. Diferentemente do abandono durante maior parte do ano, todas as sete piscinas da cidade – incluindo as duas atualmente desativadas – irão passar por manutenção e consertos necessários para melhor funcionamento e, no caso das inativas, retomada do atendimento. A projeção é do diretor de Esporte, Recreação e Lazer da Smdse. 

– Hoje, estamos com cinco locais, mas vamos abrir as sete piscinas na próxima temporada. As piscinas nunca passaram por processo de manutenção, será um trabalho que vamos priorizar, para conseguir disponibilizar já neste próximo ano – explica Rodrigo Kandrik.

Segundo o diretor, além da reforma, ainda há a ideia de fazer parcerias com entidades interessadas em administrar os locais.

Em busca de novas parcerias

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 12-11-2019: Piscina vazia no Centro da Comunidade Parque Madepinho (Cecopam). Piscinas públicas ainda aguardam definição sobre período de reabertura. (Foto: Mateus Bruxel / Agência RBS)
Cecopam segue com piscina vaziaFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

A reportagem do DG visitou dois centros comunitários que possuem piscinas públicas. Na piscina do Centro da Comunidade Parque Madepinho (Cecopam), no bairro Cavalhada, onde deveria haver água, o mato brota. Entre as pequenas fissuras do piso da piscina, as mudas crescem lentamente. Não há lixo ou descuido no local, apenas os efeitos do tempo, já que o funcionamento é em apenas dois meses do ano.

No caso do Centro de Comunidade Primeiro de Maio (Ceprima), no bairro Santa Maria Goretti, a situação chama mais atenção. No lado mais baixo da piscina do Ceprima, uma camada de água parada esconde-se, cercada pelos muros da piscina e pouco acessada, já que o portão de acesso ao local fica trancado.

Questionado sobre o tempo curto de trabalho que as piscinas demandam atualmente, e se não seria interessante à prefeitura ampliar o atendimento, deixando os espaços sem uso por menos tempo, o diretor da Smdse traça planos. Porém, para 2021.

– Vamos contratualizar alguns serviços já nesta temporada. Mas ainda não temos como abrir antes de janeiro. O mês de dezembro é quando alguns servidores conseguem fazer seu recesso para que possam trabalhar durante o verão, por isso, a abertura ocorre depois. Entretanto, o objetivo é parceirizar o serviço para a temporada 2020/2021. Assim, poderíamos ampliar o atendimento – diz Rodrigo Kandrik.

Onde ficam as piscinas

As que abrirão no dia 4 de janeiro

- Cecores: Avenida Nilo Wulff, s/n°, bairro Restinga

- Cecoflor: Rua Irene Capponi Santiago, 290, bairro Cristo Redentor

- Cecopam: Rua Arroio Grande, 50, bairro Cavalhada

- Ceprima: Rua Camoati, 64, bairro Santa Maria Goretti

- Cevi: Rua Papa Pio XII, 129-335, Vila Ingá/Passo das Pedras

As que não vão abrir em 2020

- Cegeb: Rua Coronel Neves, 555, bairro Medianeira

- Cecove: Rua Paulo Gomes de Oliveira, 200, bairro Sarandi

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros