Nova praça de Cachoeirinha conecta população com Rio Gravataí - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Lazer15/12/2019 | 18h26Atualizada em 15/12/2019 | 18h36

Nova praça de Cachoeirinha conecta população com Rio Gravataí

Área pública que não tinha uso foi convertida em praça. Além de calçadão, banheiros e deques, o local possui rampa para descida de embarcações na água

Nova praça de Cachoeirinha conecta população com Rio Gravataí Fernando Gomes/Agencia RBS
Local tem vista para o Rio Gravataí Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Quem vive na Região Metropolitana, especialmente, em Cachoeirinha, ganhou mais um local para curtir os momentos de lazer. Desde o dia 7 de dezembro, quem circular pelas proximidades da Avenida Beira Rio, na Vila Carlos Antonio Wilkens, pode contemplar uma novo ponto de vista do Rio Gravataí. Isso é possível em função da abertura ao público da Praça do Ecoturismo Leonel de Moura Brizola. 

Leia mais
Três meses sem remédio para Parkinson, em Cachoeirinha
Em aniversário de cinco anos, menino ganha farda e visita de policiais militares
Obras são retomadas no CEU de Cachoeirinha

Para quem não conhece Cachoeirinha, o local fica junto à Casa de Cultura Demósthenes Gonzales e a ponte de entrada e saída da cidade.

Na tarde deste domingo (15), antes da chuva, o Diário Gaúcho foi conferir o movimento no local no primeiro final de semana após a inauguração. O calor de 34ºC parecia ter assustado os visitantes, pois o movimento era bem tranquilo. Ainda assim, algumas famílias estiveram no local. 

O acesso exige atenção dos motoristas, pois algumas ruas estavam fechadas com cones e fitas. Para quem chega pela Avenida General Flores da Cunha, é preciso entrar na Rua Domício Moraes e, depois, acessar a Rua João Rodrigues, onde é possível estacionar. No trecho da praça, o acesso pela Avenida Beira Rio estava fechado.

Estrutura

 Praça do Ecoturismo Leonel de Moura Brizola (Cachoeirinha).  Nova marina pública é aberta em Cachoeirinha (Praça do Ecoturismo).  O local que foi inaugurado e é um novo ponto de lazer da cidade. É uma áerea na beira do Rio dos Sinos.  Na foto casal André dos Santos, Sandra Fischer e o filho Gabriel.FOTO FERNANDO GOMES/ DIÁRIO GAÚCHO.
André (de óculos), veio com a esposa, Sandra, o filho, Gabriel, e a cachorrinha da família: AmoraFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

A nova praça conta com um pequeno calçadão que possui rampas acessíveis e piso tátil para deficientes visuais. Há uma estrutura de alvenaria com banheiros e um espaço para comércio. Nos pontos de lazer, existem recantos com quiosques, esplanada com vista para o Rio Gravataí, áreas de convivência sombreadas ou ensolaradas, bicicletário, iluminação, bancos de concreto e lixeiras de coleta seletiva. 

O diferencial da Praça do Ecoturismo fica por conta de uma rampa para descida de barcos e pequenas embarcações, além de um deck de madeira junto ao rio. Na semana retrasada, durante o dia da inauguração, a prefeitura de Cachoeirinha estima que 2 mil pessoas circularam pela área. Houve apresentações ao público, e brinquedos infláveis fizeram a diversão da gurizada. 

A nova área de lazer do município foi construída por um pedido da própria população. Em 2016, o projeto foi escolhido pela comunidade em consulta popular. O investimento foi de R$ 896 mil.

Moradores citam renovação para o bairro

 Praça do Ecoturismo Leonel de Moura Brizola (Cachoeirinha).  Nova marina pública é aberta em Cachoeirinha (Praça do Ecoturismo).  O local que foi inaugurado e é um novo ponto de lazer da cidade. É uma áerea na beira do Rio dos Sinos.  Na foto casal Eder Nogueira (marido), Jaqueline Ribeiro da Silva (esposa), Tatiana Ribeiro (sogra de blusa azul) Ryan, Caio e Maria Luiza (filhos). FOTO FERNANDO GOMES/ DIÁRIO GAÚCHO.
Eder (de vermelho) trouxe a famíliaFoto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Quem enfrentou o calor de domingo para caminhar pela Praça do Ecoturismo elogiou a entrega do espaço à comunidade. Na visão dos moradores ouvidos, a área cumpre um papel essencial para aquela região da cidade, que não possui outros grandes pontos de lazer. 

O motoboy Eder Nogueira Lima, 31 anos, levou a família toda para explorar o espaço. Para ele, a oportunidade de ter uma área de convivência a céu aberto renova os ares do bairro, ajudando quem vive em locais menores — como apartamentos.

— Se a gente fica sempre dentro de casa, é complicado. Agora, com essa praça, melhora para a nossa região, que não é tão próxima ao Parcão, nosso principal ponto de lazer.

Para o operador de máquinas Leonardo Estauber, 30 anos, e a esposa, a analista de cobranças Rose Muniz, 27 anos, a limpeza do local também é um ponto positivo. 

— Os banheiros estão bons, o espaço é amplo. Comparado ao que era antes, um monte de mato, melhorou muito — acredita Leonardo. 

O novo espaço na margem do rio atraiu moradores de outras cidades. O metalúrgico André dos Santos, 40 anos, veio com a esposa, a conferente Sandra Fischer, 40 anos, o filho Gabriel, 12 anos, e a cachorrinha da família: Amora. Moradores do bairro Santa Fé, em Gravataí, eles viram fotos da praça nas redes sociais. 

— Ficou lindo. Logo que as pessoas forem conhecendo mais, ficará cheio aos finais de semana — aposta André, que trabalha em Cachoeirinha.

Leia outras matérias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros