Moradores de Viamão e Alvorada relatam que água sai das torneiras com gosto e cheiro ruins - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Problema10/01/2020 | 21h13

Moradores de Viamão e Alvorada relatam que água sai das torneiras com gosto e cheiro ruins

Além disso, na quarta-feira passada, líquido chegou a ter tons de amarelo e marrom

Moradores de Viamão e Alvorada relatam que água sai das torneiras com gosto e cheiro ruins Arquivo pessoal / Divulgação/Divulgação
Daniela diz que cor da água voltou ao normal, mas odor e gosto seguem desagradáveis Foto: Arquivo pessoal / Divulgação / Divulgação

Nos últimos dias, moradores de Alvorada e de Viamão têm percebido que a água das residências abastecidas pela Corsan não está com o aspecto natural. Além dos tons marrons e amarelos, o líquido tem cheiro e gostos fortes. Na quarta-feira (8), especialmente, a água que saía das torneiras em alguns bairros apresentava alteração de coloração.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

A vendedora de Alvorada e moradora do bairro Bela Vista Daniela Ramos, 42 anos, chegou a postar um vídeo nas redes sociais em que mostra o filho enchendo um copo de água amarelada. Segundo ela, desde dezembro o abastecimento da casa, ora ou outra tem surgido assim.

– Desde o mês passado noto que está com mau cheiro e turva. Na quarta e quinta-feira (9), estava amarela. Hoje (sexta-feira, 10) voltou ao tom normal, mas o gosto é muito ruim. Meu marido chegou a ficar três horas na fila da bica que tem aqui perto de casa para pegar uma água melhor – conta.

Moradores de Alvorada relatam coloração amarela na água, além de cheiro e gosto ruins. Na foto, a água que estava chegando na casa da vendedora Daniela Ramos.
Cor do líquido na quarta-feiraFoto: Reprodução / Reprodução

Viamão

A doméstica Vera Regina Pinto, 56 anos, moradora da Rua Santana, no bairro São Lucas, em Viamão, deixou de consumir água da torneira em função do cheiro e do gosto. Na quarta-feira, conforme ela, a água também estava com a coloração amarronzada, mas na sexta já tinha melhorado.

– O cheiro de cloro é bem forte, chega a arder os olhos no banho. Essa água só uso para lavar a louça e tomar banho. Beber não dá – relata.

Leia também
Falta de água: caminhão-pipa atende moradores da Lomba do Pinheiro
Com água na torneira apenas durante a madrugada, moradores precisam adaptar rotina na Zona Leste 

Providências

A Corsan alega que substâncias presentes na água in natura podem formar incrustações em determinados pontos da rede. Quando falta água, “pode ocorrer desprendimento dessas incrustações com consequente aparecimento de água com aspecto escuro”, diz a nota. As providências adotadas pela Corsan consistem na abertura de terminais de rede de distribuição para descartar a água escura.

Além disso, em períodos de estiagem, é comum o aumento de florações de algas que causam odor e gosto que podem lembrar mofo, terra, grama, entre outros. "Sempre que esse fenômeno acontece, a Corsan ajusta o sistema de tratamento para minimizar a concentração das substâncias.  O paladar e o olfato humanos têm uma capacidade muito grande em detectar essas substâncias, mesmo em concentrações baixíssimas, da ordem de bilionésimos de grama por litro de água. Por essa razão, mesmo após o tratamento da água, é possível a percepção de odor e gosto pelos usuários. No entanto, a Corsan ressalta que essas substâncias reduzidas a baixas concentrações não são prejudiciais à saúde", diz a nota.

A empresa informa que os usuários devem entrar em contato com a companhia por meio do 0800.646.6444 sempre que verificadas alterações na qualidade da água, para que a equipe técnica possa tomar as providências necessárias.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros