Quais são e quanto custam os acessórios e fantasias que fazem sucesso entre os foliões no centro da Capital - Notícias

Versão mobile

 
 

Carnaval14/02/2020 | 05h00Atualizada em 14/02/2020 | 09h52

Quais são e quanto custam os acessórios e fantasias que fazem sucesso entre os foliões no centro da Capital

Reportagem circulou por lojas populares da região e mostra inspirações

Quais são e quanto custam os acessórios e fantasias que fazem sucesso entre os foliões no centro da Capital Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Itens simples e baratos, como as máscaras, podem servir de base para a fantasia Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Das poucas certezas do brasileiro, uma delas é que em fevereiro tem Carnaval. E, para ir à festa, é preciso estar a caráter. Todo ano, as fantasias e adereços do momento para arrasar desde o bloco de rua até a festa da família se reinventam. Por isso, o Diário Gaúcho foi conferir o que vai ser tendência neste ano e quanto os foliões devem desembolsar, em média, para montar o visual mais próximo da moda carnavalesca do momento.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Uma das regiões da Capital mais procuradas na hora de montar a fantasia é o Centro Histórico. Na região, a Rua Senhor dos Passos é o ponto perfeito para quem está buscando adereços. O local não é uma pista de samba, mas há um desfile de fantasias, máscaras e pedrarias que podem ser adquiridas sem gastar muito. Quem circular por lá vai encontrar lojas movimentadas desde já. 

Lojistas e consumidores apontam três tendências para os festejos deste ano. O primeiro e mais ressaltado é a influência das cores néon, que devem ser o destaque nas fantasias e até em pinturas corporais. Depois, aparecem os chamados conjuntos hot pant – a combinação de um short curto e com corte mais cavado com um top no estilo “tomara que caia”. Os hot pants em cores néon, então, são o ápice entre os mais procurados. Depois, a terceira tendências são as saias de tule ou paetê, dois tecidos muito procurados nesta época do ano.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL, 11/02/2020- Como se fantasiar para o Carnaval sem gastar muito. (FOTOGRAFO: RONALDO BERNARDI / AGENCIA RBS)
Tule em cores néon são os queridinhos para produzir saiasFoto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

No Centro, é possível encontrar os conjuntos por cerca de R$ 50. As cores variam, mas os tons em néon, claro, são destaques. Já os tecidos de paetê e tule variam. O metro do paetê fica em torno dos R$ 10, enquanto o tule pode ser encontrado por menos de R$ 5 cada metro. 

– Vendemos muito, pois se tornou um costume as meninas produzirem as próprias fantasias. Então, compram os tecidos e fazem em casa, com amigas ou até para vender – explica Amanda Gutierres, encarregada de vendas de uma loja de fantasias, tecidos e aviamentos do Centro Histórico. 

Família

A tendência do néon vai brilhar na casa da decoradora Paloma Mantelli, 25 anos. Anualmente, a moradora do bairro Formoza, em Alvorada, organiza uma festa de Carnaval da sua família, para cerca de 70 pessoas. Neste ano, as tintas néon serão usadas para colorir os rostos de quem for festejar. Com a utilização de luz negra durante o evento, as cores ficarão ainda mais reluzentes.

– O néon está muito forte neste ano. E a pintura corporal nesses tons fica muito legal com o efeito da luz negra – conta Paloma, que fez as compras acompanhada da amiga Luci Brum, 46 anos.

– Estamos pesquisando bastante para achar os melhores preços e bons produtos – explica Luci.

Leia também
Entenda a polêmica envolvendo o resultado do Festival de Sambas-enredo de Porto Alegre
Após três anos sem verbas públicas, escolas de samba receberão repasses da prefeitura
Saiba como será a participação do Grupo Bronze no desfile oficial do Porto Seco

Super-heróis ainda em destaque

Na loja de Deise dos Santos, na Rua Senhor dos Passos, depois dos conjuntos hot pants, o que mais vende ainda são as fantasias de super-heróis, principalmente, trajes alusivos à personagem Mulher-Maravilha.

Fantasia da Mulher-Maravilha segue em altaFoto: Ronaldo Bernardi / Agência RBS

– Era um item que estava saindo muito no ano passado e, nesse ano, continua muito procurado pelas meninas. São duas partes, o body e a saia de tule, cada uma custa cerca de R$ 40 – diz Deise.

Além das meninas, os trajes masculinos de super-heróis bombam entre a criançada. O casal Eduardo Closs, 44 anos, e Carina Wolff, 39, por exemplo, escolheu uma fantasia do Capitão América para o filho João, três anos. Segundo os pais, o garoto comemorou aniversário com decoração do Homem-Aranha. E a ideia era seguir na temática dos heróis para o Carnaval.

– Achamos uma que vai ficar linda nele – comemora Eduardo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros