Escolas de samba promovem lives para informar e manter a proximidade com o público - Notícias

Versão mobile

 
 

Eu Sou do Samba18/06/2020 | 05h00Atualizada em 18/06/2020 | 05h00

Escolas de samba promovem lives para informar e manter a proximidade com o público

Nesta quinta e sexta, duas agremiações da Capital farão transmissões ao vivo

Com a impossibilidade de realizar eventos, muitas pessoas do nicho cultural estão usando as lives na internet para entreter o público. E as escolas de samba não poderiam ficar fora dessa.

Nesta quinta-feira  (18), às 20h30min, a Império da Zona Norte vai usar a página oficial da escola no Facebook para fazer o lançamento do tema-enredo, apresentar os destaques que farão parte do grupo de trabalho esse ano e anunciar como será feito o festival de samba-enredo. A escolha do samba será pela internet.

 EM ALTA!!Império da Zona Norte desfila no Porto Seco, em Porto Alegre.Fotos: Isadora NeumannIndexador: ISADORA NEUMANN
Novidades sobre os desfiles da Império da Zona Norte serão anunciadas na liveFoto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Algumas novidades que já estão oficializadas pelo recém-aclamado presidente, Antônio Ademir de Moraes, o Urso, são o casal de mestre-sala e porta-bandeira, que mantém a prata da casa Ana Marilda Bellos e traz, do Rio de Janeiro, Raphael Rodrigues. Ele já foi mestre-sala de escolas cariocas como Unidos de Vila Isabel, Unidos do Viradouro, Mocidade Independente de Padre Miguel, Estação Primeira de Mangueira e União da Ilha do Governador. Em Cruz Alta, no Rio Grande do Sul, desfila há três anos na Unidos do Beco, atual campeã. Também participou do Carnaval de Uruguaiana, desfilando pelo Império Serrano.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Outra novidade é o retorno do Mestre Karlinhos à frente da bateria, dessa vez, assumindo o comando da Pulsação do Leão, e a contratação de David Gbanna, carnavalesco carioca. Gbanna já atuou nas escolas Imperatriz Leopoldinense, Viradouro, União da Ilha e Vla Isabel, Mocidade Independente de Icaraí, Folia do Viradouro e Alegria da Zona Norte, no Rio de janeiro.

Negritude em debate

E na sexta-feira (19) a Imperadores do Samba passa a transmitir pela internet uma série de bate-papos denominada Lives da Negritude, um projeto da equipe de comunicação e marketing da escola, com apoio da madrinha de bateria Raquel Nunes e da diretoria executiva, que pretende trazer às redes sociais da escola discussões sobre a negritude e os fatos ocorridos nas últimas semanas, principalmente sobre o levante negro que vem ressurgindo na sociedade.

 EM ALTA!!Imperadores do Samba desfila no Porto Seco, em Porto Alegre.Fotos: Isadora NeumannIndexador: ISADORA NEUMANN
Imperadores quer levar, além de Carnaval, informações pelas redes sociaisFoto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Segundo a agremiação, uma escola de samba de raiz e essência negra não pode deixar de lado as questões sociais que se tornam tão latentes nos dias de hoje. Por isso, a vermelho e branco quer dar ao público a opção de um canal para falar sobre cultura, consciência e reflexões sobre o racismo na sociedade e as questões inerentes a isso.

As lives acontecerão sempre às sextas-feiras, a partir das 20h30min, na página do Facebook da Imperadores do Samba. E para a estreia de amanhã, a pauta será o racismo no sistema de Justiça e o recorte racial no ensino brasileiro.

 Leia também
Carnaval inspira mãe e filha a criarem grife na Capital
Gritamos faz muito tempo. Vocês é que não nos escutavam

Para isso, os convidados serão César de Oliveira Gomes, mestrando em Direito Público pela Unisinos e defensor público federal. Ele vai falar sobre racismo institucional, tema que está pesquisando em sua dissertação. E Fábio Castilhos, doutor em Língua Portuguesa, pesquisador e temista da escola, vai falar sobre como têm sido as manifestações antirracistas e quais as repercussões que essa postura tem frente ao cenário sóciopolítico atual. A conversa será mediada por Édy Dutra, temista da agremiação.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros