Governo do Estado recebe pedido de 37 municípios para reconsideração de indicadores de bandeiras - Notícias

Versão mobile

 
 

Coronavírus05/07/2020 | 21h26Atualizada em 05/07/2020 | 21h27

Governo do Estado recebe pedido de 37 municípios para reconsideração de indicadores de bandeiras

Divulgação da classificação do distanciamento controlado definitiva ocorrerá na tarde desta segunda-feira (6)

Governo do Estado recebe pedido de 37 municípios para reconsideração de indicadores de bandeiras Comitê de dados (SES)/SEPLAG
Mapa preliminar, com regiões na bandeira vermelha, foi divulgado na sexta-feira (3) Foto: Comitê de dados (SES) / SEPLAG
GaúchaZH
GaúchaZH

Depois de o governador Eduardo Leite divulgar, no final da tarde de sexta-feira (3), um mapa preliminar com os novos indicadores de monitoramento da evolução da pandemia de coronavírus, o governo do Estado recebeu 37 pedidos de reconsideração dos dados. Municípios e associações regionais tinham até as 6h deste domingo (5) para recorrer ao resultado do mapa, que apresenta 10 regiões com bandeira vermelha.

Segundo o Governo, nesta nona rodada, municípios ou associações regionais de todas as regiões em bandeira vermelha entraram com recurso. Ainda não foram divulgadas as cidades.

Leia outras notícias do Diário Gaúcho

Dos 307 municípios com risco alto para a doença, 117 podem adotar protocolos previstos na bandeira laranja por meio de regulamento próprio. Isso porque se adequam à chamada "Regra 0-0" e não tiveram registro de hospitalização e óbito por covid-19 nos 14 dias anteriores ao levantamento.

Os recursos foram apresentados por meio de formulário online disponibilizado pelo Estado no site do Distanciamento Controlado. Agora, o Gabinete de Crise analisará os dados enviados e revisará o mapa. A divulgação das bandeiras definitivas ocorrerá na tarde desta segunda-feira (6), e as novas cores passarão a valer a partir de terça (7).

Piora nas regiões

Na classificação preliminar, seis regiões tiveram piora. Taquara passou direto da bandeira amarela para a vermelha. Caxias do Sul, Erechim, Palmeira das Missões e Pelotas, que estavam com bandeira laranja, migraram para a vermelha. Já Bagé mudou da amarela para a laranja.

Leia também
Porto-alegrenses respeitam bloqueio e orla do Guaíba fica vazia
Internações por coronavírus em UTIs crescem nove vezes mais rápido do que abertura de leitos no RS
Com avanço do coronavírus e sistema de saúde "entrando no limite", Canoas suspende cirurgias eletivas

As regiões de Porto Alegre, Capão da Canoa, Novo Hamburgo e Canoas seguem na bandeira vermelha por terem sido classificadas em vermelho pelo menos duas vezes no período de 21 dias, mesmo que apresentassem melhora nos dados. Passo Fundo também permanece com a vermelha.

A única região que apresentou redução de risco foi Santo Ângelo, passando da vermelha para a laranja. 

Confira o cronograma da nona rodada

  • Quinta-feira (2): coleta de dados dos 11 indicadores
  • Sexta-feira (3): divulgação das bandeiras preliminares
  • Domingo (5): prazo até as 6h para apresentação de recursos pelos municípios
  • Segunda-feira (6): análise de recursos e divulgação, à tarde, das bandeiras definitivas
  • De terça-feira (7) a segunda-feira (13): vigência das novas bandeiras
 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros