Ponte no bairro Lomba do Pinheiro, na Capital, segue sem conserto - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso13/07/2020 | 11h18Atualizada em 13/07/2020 | 11h18

Ponte no bairro Lomba do Pinheiro, na Capital, segue sem conserto

A maior preocupação dos moradores que fazem uso da passagem é o buraco próximo da rampa de acesso

Ponte no bairro Lomba do Pinheiro, na Capital, segue sem conserto Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Situação na travessia segue perigosa Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Moradores do bairro Lomba do Pinheiro, na Capital, ainda esperam a manutenção da ponte de concreto que liga as ruas Campinas do Sul e Arvoredo. Na edição de 5 de março, o Diário Gaúcho mostrou a situação da ponte, que apresentava desgaste na estrutura, corrimãos soltos e rachaduras. 

LEIA MAIS  
Família de Viamão espera por instalação de água há mais de um mês
Professora que pediu cestas básicas como presente de aniversário entrega primeiras doações
Iniciativa proporciona alimentos e esperança a famílias carentes, em Butiá  

– Está pior e bem mais perigoso. As rachaduras aumentaram, mas o problema mesmo é o buraco na rampa de acesso à ponte. A equipe da prefeitura até deu uma olhada aqui. Fiquei sabendo que iriam reformar, mas não voltaram mais – conta a dona de casa Ives Nunes Brum, 38 anos, que mora na Arvoredo. 

Há quatro meses, ouvida pela reportagem, a prefeitura alegou que para encaminhar uma solução para os problemas da ponte, uma vistoria completa seria realizada. No entanto, não deu previsão de quando iria no local. 

No início do ano, a ponte foi interditada pela prefeitura. Mas, como a travessia é frequentemente usada como atalho pelos pedestres, as faixas e tapumes que impediam a passagem foram retiradas poucos dias depois. Para o motoboy Ivan Roberto Dias, 45 anos, morador da região, a qualquer momento um acidente pode acontecer: 

– São crianças, idosos, muitos trabalhadores que usam a ponte. Agora, sem parte dos corrimãos, com um buraco na rampa, se torna muito perigoso. A prefeitura não voltou nem para interditar novamente. Entendo a questão do coronavírus, que atrapalhou. Mas pedimos há bastante tempo pelo conserto e nada. 

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2020.03.04 - A travessia é uma ligação em duas ruas do bairro Lomba do Pinheiro. É atalho para trabalhadores que querem acessar a parada do ônibus. (ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)Indexador: Andre Avila
DG visitou o local em março deste anoFoto: André Ávila / Agencia RBS

Chuvas

Segundo o motoboy Felipe Garcia Praia, 35 anos, morador da Arvoredo, a rampa de acesso está sendo sustentada por uma parede do bueiro onde desemboca esgoto pluvial:

– A situação está cada vez pior e com as chuvas dá para ver o desgaste. Já não tem mais estrutura para segurar a rampinha. Fica um buraco à vista. 

Para quem evita a passagem, o trajeto por ruas alternativas aumenta em até 30 minutos de caminhada. 

Previsão de conserto na caixa pluvial

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (Smim), uma nova vistoria foi realizada na ponte entre as ruas Campinas do Sul e Arvoredo. Segundo a pasta, foi “constatado um problema na rede de drenagem, que causou a erosão do talude da ponte”, o que desestabilizou a estrutura.

Conforme a Smim, a reconstrução da caixa pluvial está prevista para ocorrer nesta semana, serviço que será a cargo de uma equipe do Departamento Municipal de Água e Esgotos (Dmae). Após o conserto, será possível realizar os reparos na ponte – serviço de responsabilidade da Smim.

Produção: Caroline Tidra

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso    



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros