Charque caseiro da Carla: confira o passo a passo - Notícias

Versão mobile

 
 

Receita do Leitor23/09/2020 | 18h20Atualizada em 23/09/2020 | 18h20

Charque caseiro da Carla: confira o passo a passo

Ainda no clima do Mês Farroupilha, a leitora ensina como fazer a carne de charque em casa, ideal para o tradicional carreteiro

Charque caseiro da Carla: confira o passo a passo Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Leitora conta ainda como prepara o carreteiro Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Ligada às tradições gaúchas, a moradora do bairro Jardim Itu, em Porto Alegre, Carla Patrícia Lima da Silva, 49 anos, se vestiu a caráter para mostrar o preparo da carne de charque. Em um espaço temático, montado para o Mês Farroupilha, a pedagoga apresentou o charque em um carreteiro tradicional.

LEIA MAIS  
Ambrosia de panela de pressão da Fernanda
Tainha com molho de pimentões: confira o passo a passo da receita
Bolinho de aipim da Laurita: aprenda a fazer um salgado versátil 

– Minha relação com o charque começou no meu casamento. Foi em 2013, no CTG Gildo de Freitas. Meu esposo e eu queríamos fazer algo simples, então, servimos carreteiros de charque, de carne e de linguiça para os convidados – relembra. 

O preparo caseiro aconteceu somente após a mudança de endereço do casal. No novo imóvel, Carla pode separar um espaço na cozinha para armazenar os recipientes com a carne:

– Nós gostamos de fazer coisas em casa, da forma mais natural, e foi assim com o charque. Além disso, é mais barato fazer do que comprar pronto – afirma Carla. 

Segundo ela, o preparo – em cortes de lagarto, também conhecido como tatu –  pode levar de um até três meses, dependendo da preferência de quem faz:

– Nós gostamos da carne mais sequinha, por isso, a usamos em três meses. Mas ela pode ser consumida antes disso e dura até um ano para o consumo. 

O resultado é um sucesso:

– As pessoas adoram. Costumamos presentear nossos amigos com o charque!

MEU SEGREDINHO
/// – Quando faço o carreteiro, não coloco molho de tomate. No lugar, adiciono a cenoura, que deixa o arroz bem douradinho. Também uso a batata para deixá-lo suculento e cremoso.

 PORTO ALEGRE,RS,BRASIL.2020,09,18.A leitora Carla Patricia Lima da Silva,ensina como preparar o charque caseiro. (RONALDO BERNARDI/AGENCIA RBS).<!-- NICAID(14595631) -->
Carreteiro cremosoFoto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

INGREDIENTES DO CHARQUE
✔ 1kg de carne no corte lagarto, cortado em postas
✔ Sal grosso comum (sem tempero)

INGREDIENTES DO CARRETEIRO
✔ 500g charque
✔ 1 e 1/2 xícara de arroz
✔ 1 batata grande
✔ 2 cenouras
✔ 1 cebola grande
✔ 1 tomate grande

MODO DE PREPARO

/// Charque: cubra o fundo de um pote de plástico raso com sal grosso. Após, coloque a carne cortada em postas de 3cm (aproximadamente) distribuídas no pote, deixando um espaço entre elas.  

/// Cubra com sal grosso em abundância. Após, repita a camada de carne e sal.

/// Feche o pote e deixe descansar por 24 horas. Escorra o líquido que se formou no fundo e repita esse processo até que não saia mais líquido. Deixe fechado e observe: se houver mais líquido, escorra. Não deve ter cheiro ruim, apenas o cheiro do sal. 

/// A carne pode ser usada a partir de dois a três meses. Deve ser mantida em local seco, arejado e em temperatura ambiente. A carne fica seca e com sal. Pode ser conservada picada ou em postas.

/// Há duas formas de dessalgar: deixar de molho de um dia para o outro, trocando a água várias vezes ao dia, ou cortar a carne em cubinhos e ferver três vezes, trocando a água durante o processo.

/// Carreteiro: corte os ingredientes listados e não utilize outros temperos. Refogue a carne com os legumes e, após, adicione o arroz e água.  

CONFIRAS AS IMAGENS DO PASSO A PASSO

RENDIMENTO: 1kg resulta em cerca de 800g após desidratar
TEMPO DE PREPARO: 2 a 3 meses

PARTICIPE, NOS ENVIE SUA RECEITA!
/// Quem pode participar? Todos os leitores que tiverem uma receita deliciosa para compartilhar com o DG.             
/// O que é preciso enviar? Mande sua receita, descrita com quantidade e tipos de ingredientes e modo de preparo, além do seu nome completo, endereço e telefone, para que possamos ligar de volta para você.             
/// Para onde e como eu envio? Você pode usar três canais de atendimento para enviar sua receita. São eles: o WhatsApp do DG, pelo telefone (51) 99759-5693, o e-mail atendimento@diariogaucho.com.br e o nosso endereço (para envio de carta): Avenida Erico Veríssimo, 400, bairro Azenha, Porto Alegre/RS. O CEP é 90160-180. 

Produção: Caroline Tidra

Confira outras receitas da seção Receita do Leitor


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros