Presente de aniversário: família de Alvorada faz campanha para comprar prótese de Daniel - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso16/12/2020 | 13h14Atualizada em 16/12/2020 | 13h20

Presente de aniversário: família de Alvorada faz campanha para comprar prótese de Daniel

O menino de 10 anos se recupera de um tumor que afetou a perna esquerda. Agora, a família arrecada o valor de uma perna mecânica que custa R$ 40 mil

Presente de aniversário: família de Alvorada faz campanha para comprar prótese de Daniel Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Pequeno guerreiro sonha com uma perna mecânica Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Hoje, 16 de dezembro, Daniel Fortes, de Alvorada, não comemora apenas o aniversário de 10 anos, mas celebra a vida depois de um ano de muitos desafios. Neste momento, o menino, ao lado da mãe, Daniele Rodrigues Fortes Pinto, 36 anos, está no hospital, enfrentando mais uma sessão de quimioterapia.

LEIA MAIS
Iniciativas sociais pedem ajuda para fazer o Natal mais feliz
Vítima de atropelamento, moradora de Viamão espera por continuação de tratamento
Familiares criam vaquinha para comprar casa nova para menino com paralisia cerebral

Em novembro do ano passado, enquanto Daniel brincava com um amigo, teve a perna esquerda, na altura do fêmur, fraturada numa pancada. De imediato, ele foi levado ao Hospital Cristo Redentor, onde fez o tratamento e também recebeu o diagnóstico de cisto ósseo aneurismático – uma lesão benigna rara que fica dentro do osso. Passados mais de seis meses, os especialistas notaram uma diferença na tomografia de Daniel e o encaminharam para tratamento oncológico. 

– Os médicos falaram que Daniel precisava de um transplante ósseo. No dia 11 de agosto, ele foi transplantado e, na cirurgia, foram colocados um fixador externo e seis pinos na perna – conta a mãe do menino.

No entanto, segundo Daniele, a perna do filho ainda inchava muito depois do transplante, e ela voltou a procurar os médicos. Em um novo exame, Daniel recebeu o diagnóstico de osteossarcoma nível três – um tumor que começa nas células dos ossos na fase mais agressiva. Com a lesão e o transplante, a mãe conta que as células benignas se tornaram malignas e já estavam na corrente sanguínea. 

Desta forma, conforme as recomendações médicas, Daniel, no dia 11 de novembro, foi submetido à desarticulação total do membro, ou seja, amputação da perna na altura do quadril. 

Prótese

Agora, o menino precisa de um auxílio para conseguir voltar a caminhar. Diferentemente de outras próteses de membros, o equipamento para Daniel será apoiado na cintura. Segundo Daniele, ele sonha com uma perna mecânica, que possibilitará uma melhor qualidade de vida. Por isso, a família organizou uma campanha para ajudar Daniel a voltar a ter uma vida mais parecida com a que ele tinha antes do diagnóstico. Para a compra da perna mecânica, eles precisam arrecadar cerca de R$ 40 mil. 

– Ele já pesquisa a prótese e ela é bem bonita – diz a mãe. 

Com vaquinha online, rifas e doações espontâneas, a família deseja alcançar em breve o valor total para a compra da prótese. A vaquinha já conta 35% do objetivo arrecadado. 

– Onde há vida, há esperança. E, por isso, estamos correndo atrás e sempre apoiando ele – afirma Daniele. 

Mudança de vida e crise financeira

seu problema é nosso, doação, daniel fortes, daniele, prótese, perna mecãnica, spn de ajuda<!-- NICAID(14668827) -->
No hospital, ao lado da mãeFoto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

 Além de Daniel e sua irmã gêmea, Daniele e o esposo, Maximiliano Pires, 38 anos, têm mais dois filhos. A família mora no bairro Salomé, em Alvorada. Sem trabalhar, a mãe, que é corretora de imóveis autônoma, tem contado com a renda do marido, que também está desempregado e, hoje, trabalha como motorista de aplicativo, além do benefício do Auxílio Emergencial – que está na última parcela. 

– As nossas vidas mudaram neste ano. Nossa situação nunca foi das melhores, mas agora está muito complicada – explica Daniele. 

Devido ao cenário financeiro, ela também tem recebido outras doações, como alimentos e, em especial, leite, para conseguir suprir as necessidades do lar. 

Ao ser questionado sobre o que Daniel gostaria de ganhar no Natal desde ano, ele rapidamente lembrou dos seus heróis.

– Um boneco do Capitão América e um do Homem de Ferro – é o desejo do menino de 10 anos, que também terá um membro com superpoderes. 

COMO AJUDAR

/// É possível doar por meio da vaquinha on-line.
/// Informações bancárias e rifas estão disponíveis no Instagram @ajudadaniel.
/// Para obter mais informações, entre em contato pelo telefone (51) 99440-9393, com Max (pai).

Produção: Caroline Tidra

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso  


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros