Rua sem asfalto gera incômodos a moradores de Viamão - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso01/02/2021 | 17h00Atualizada em 01/02/2021 | 17h00

Rua sem asfalto gera incômodos a moradores de Viamão

Há dois anos, moradores pedem o patrolamento da Rua Guarapari

Rua sem asfalto gera incômodos a moradores de Viamão Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Rua Guarapari tem superfície irregular Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Falta de mobilidade e dificuldades de acesso à rua são alguns dos problemas que os moradores do bairro Índio Jari, em Viamão, têm enfrentado com a falta de pavimentação na via em que moram. 

Leia mais
Moradora de Canoas espera agendamento de cirurgia há mais de dois anos
Família de nadadora paralímpica faz vaquinha para compra de prótese nova
Laço solidário busca reformar creche na Zona Norte da Capital

Há dois anos, a comunidade pede às autoridades o patrolamento da Rua Guarapari. Os impasses são motivos de reclamações de moradores e motoristas que passam pela via todos os dias. 

– Tentamos falar com o município e nada. Essa rua está sem asfalto há anos – afirma a diarista Clarice de Oliveira, 52 anos. 

Segundo ela, moradora do bairro há mais 19 anos, a situação piora em dias de chuva, já que diversos buracos aparecem no trecho. 

De acordo com a aposentada Cláudia Machado, 52 anos, moradora há 15 anos, o problema não é recente: a prefeitura esteve no local em 2007 para analisar a situação da rua. Porém, o caso não teve andamento. 

– Na época, fizeram uma vistoria na rua, tiraram fotos, mas não tivemos retorno da situação. Todos os anos, fazemos dezenas de protocolos para o tal pedido. Não temos o mínimo que é passarem a patrola aqui – declara. 

Obstáculos 

Sem uma manutenção mais frequente da via, as dificuldades de acesso aparecem. Clarice explica:

– A via está intransitável para a passagem de carros e pessoas e, em dias de chuva, a situação piora. Os motoristas de aplicativos, ao olharem o endereço de destino ou de origem, já cancelam as corridas, por conta do difícil acesso. 

Além da falta de pavimentação, a rua, conforme as moradoras, tem problemas de conservação das caixas de esgoto. 

Em dezembro de 2020, a diarista Clarice abriu um protocolo na prefeitura de Viamão, pedindo pelo asfalto e buscando respostas de quando o problema seria solucionado. Entretanto, sem o retorno do órgão responsável, a moradora segue em busca de respostas quanto, pelo menos, ao patrolamento da rua. 

– Entrei em contato com a prefeitura antes da virada do ano e também durante este mês (janeiro), mas agora já estamos quase em fevereiro e a prefeitura ainda não resolveu o problema da rua. O único retorno é de que eles virão, mas estamos esperando e eles não vêm – pondera. 

Prefeitura: perspectiva de soluções 

A Secretaria de Obras de Viamão explica que a Rua Guarapari está no cronograma de vias que receberão reparos da prefeitura nos próximos dias. Entretanto, destaca que não há uma previsão concreta de data para as obras da rua. Em relação à demora nas respostas, alega que “a atual gestão tomou posse no dia 1 º de janeiro e, assim, não sabe informar o motivo da ausência de respostas ao contribuinte”. 

Segundo a assessoria de comunicação da pasta, “no local, vão ocorrer ações de patrolamento e ensaibramento nos pontos onde há necessidade”. Quanto ao problema de esgoto, a secretaria informou que “um caminhão de hidrojato será utilizado para o desentupimento e sucção da rede entupida”. Por fim, entre os moradores, existia uma informação, não confirmada, de que a rua constaria como asfaltada no sistema, mas a prefeitura descartou a situação, explicando que “não consta em nenhum sistema, dessa rua, o asfaltamento da via”. 

Produção: Vitória Fagundes


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros