Para celebrar seus 15 anos, adolescente leva bolo e salgados para profissionais de saúde de área covid - Notícias

Versão mobile

 
 

Bela iniciativa  24/03/2021 | 18h18Atualizada em 24/03/2021 | 19h56

Para celebrar seus 15 anos, adolescente leva bolo e salgados para profissionais de saúde de área covid

Na impossibilidade de ter festa, Maria Eduarda Dorneles idealizou a homenagem, que ocorreu no pronto-atendimento de Eldorado do Sul.

Para celebrar seus 15 anos, adolescente leva bolo e salgados para profissionais de saúde de área covid Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Maria Eduarda com os kits festa, em frente ao posto Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Vestido de gala, decoração, valsa e muita alegria. O cenário é comum de uma festa de 15 anos para as meninas. Mas, em tempos de pandemia, este se tornou um sonho distante. Ainda assim, tem quem ache outros jeitos de comemorar a chegada da data simbólica. Em Eldorado do Sul, a estudante do 1º ano do Ensino Médio Maria Eduarda Dorneles colocou em prática um plano incomum para celebrar seus 15 anos. 

– Queria muito fazer minha festa, mas com essa pandemia ficou impossível. Por isso, decidi fazer algo diferente – revela a jovem.

A ideia foi apresentada aos pais, a cozinheira Arlete da Silva Dorneles, 41 anos, e o agricultor Adelar Cibulski, 51 anos. Mas, enfim, qual era o plano? Maria Eduarda queria montar lembranças de aniversário, com doces e salgados, e entregá-las aos profissionais de saúde da cidade. Especialmente, aqueles que estão atuando na linha de frente ao combate do coronavírus na cidade da Região Metropolitana.

Leia mais
Últimos três meses concentram 45% das mortes por covid na Região Metropolitana
Globo volta a suspender a gravação de novelas devido à pandemia
Para não pegar ou transmitir o vírus, Anjo da Esquina Democrática está sem trabalhar

– Chegamos a iniciar a organização da festa, mas já no começo da pandemia falamos que, se a situação da doença não amenizasse, não teria como fazer. Em janeiro, então, ela teve essa ideia, ficamos surpresos. Passou a última semana toda organizando tudo, sozinha. Eu comprei um bolo e o pai dela ajudou a fazer os salgados – conta Arlete, emocionada com a atitude da filha.

Atenta ao que acontece não só no país, mas também em Eldorado do Sul, Maria Eduarda conta de onde surgiu a intenção de prestigiar os profissionais da área de saúde, figuras essenciais na luta que a humanidade trava atualmente contra o coronavírus. 

– Eu acompanho todas as matérias da cidade e vi que a situação nos postos de saúde estava bem difícil, principalmente para os médicos, enfermeiros e outros funcionários. Então, decidi que minha festa seria diferente do que eu planejava e que ia me deixar muito mais feliz. Resolvi que meus convidados seriam os profissionais de saúde – recorda ela. 

ELDORADO DO SUL, RS, BRASIL - 24/03/2021Maria Eduarda fez 15 anos e não pode ter sua festa, então, com o auxílio dos pais, montou kits de bolo e salgadinhos para entregar aos profissionais de saúde em Eldorado do Sul.<!-- NICAID(14742306) -->
Pais ajudaram a jovem na organização da festa Foto: Marco Favero / Agencia RBS

Com a ideia na cabeça, ela partiu para a organização. Montou as embalagens e produziu as guloseimas. A entrega aos trabalhadores foi nesta segunda-feira (22). Maria Eduarda conseguiu autorização para ir até o pronto-atendimento de Eldorado do Sul, que foi transformado numa espécie de hospital de campanha neste período mais agudo da pandemia. Lá, foram entregues 40 fatias de de bolo e 40 bandejinhas de salgados para todos que atuam no local. As embalagens vinham com os dizeres: "Lembrança, 15 anos, Maria Eduarda".

– Tivemos todo cuidado sanitário para produzir os salgados e montar os kits, assim como na hora de entregá-los. E, hoje estou me sentindo mais feliz do que antes. Sei que se precisarmos de ajuda, estes profissionais vão estar lá por nós – deseja a aniversariante.

Maria foi até o local, mas a entrega foi feita por meio da secretária municipal da Saúde, Juliana Carvalho.  Juliana foi procurada pela família de Maria Eduarda para fazer o intermédio na ação, entregando as lembranças com segurança aos profissionais.

"Sentimento é de gratidão"

A assistente social de saúde Maria Aparecida Ledesma, 48 anos, atua diariamente na estrutura de campanha da cidade. Cabe a ela a parte do auxílio aos pacientes e seus familiares, como a organização das visitas virtuais, já que não é possível as famílias irem presencialmente ao local. Segundo ela, o cenário tem sido de dias difíceis com a nova onda de contaminação e óbitos por coronavírus. Por isso, ações como a de Maria Eduarda são um alento em uma rotina tão pesada que estes profissionais vêm enfrentando. 

– Os jovens ainda são um público que acabou não se conscientizando tanto. Vemos muito em festas, sem máscara, que acabam se expondo e mesmo assintomáticos, podem contaminar outras pessoas. Então, ver uma jovem como a Maria Eduarda, consciente do problema e agradecida pelos nossos esforços diários na linha de frente dá esperança. O sentimento é de gratidão pelo que ela fez, escolhendo abrir mão do aniversário para nos presentear – agradece Maria. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros