Há sete anos, moradores cobram manutenção de rua em São Leopoldo - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso08/10/2021 | 09h00Atualizada em 08/10/2021 | 09h00

Há sete anos, moradores cobram manutenção de rua em São Leopoldo

Apesar dos inúmeros protocolos enviados à prefeitura da cidade, a comunidade segue sem respostas quanto às reclamações.

Há sete anos, moradores cobram manutenção de rua em São Leopoldo Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Para os vizinhos, a falta de pavimentação e de capina, os buracos, alagamentos e o esgoto se tornaram crônicos. Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

A narrativa dos moradores é a mesma há cerca de sete anos: a precariedade da Rua Carlos Frederico Kemmer, no Bairro Feitoria, em São Leopoldo. O problema já foi notícia no Diário Gaúcho em 2014 e 2017.  Apesar dos inúmeros protocolos enviados à prefeitura da cidade, a comunidade segue sem respostas quanto às reclamações.

Para os vizinhos, a falta de pavimentação e de capina, os buracos, alagamentos e o esgoto se tornaram crônicos. Segundo o cozinheiro marítimo William Weber de Weber, 34 anos, o último contato que fez com a ouvidoria do município para solicitar o patrolamento e corte de grama foi em agosto, gerando o protocolo 2021/7199. 

Leia Mais
Em Viamão, faltam abrigos nas paradas da zona rural
Utilizada no tratamento de diversas doenças, imunoglobulina humana segue escassa em hospitais
Após publicação no DG, cães desaparecidos são encontrados por suas famílias 

Conforme William, a rua necessita de reparos desde 2009, mas os problemas se intensificaram em meados de 2011. Isso porque a falta de manutenção no asfalto prejudicou, também, outros serviços:

– A coleta de lixo às vezes não acontece porque os buracos no asfalto já danificaram os caminhões de lixo. É a única rua do bairro praticamente sem pavimentação – diz.

“Abandono”

William explicou que a comunidade chama a via, informalmente, como “Rua do Abandono”, devido aos inúmeros problemas sem soluções. 

– Não temos a assistência mínima, e a manutenção na rua é ineficiente. A iluminação tem danos e há demora no conserto. Não há coleta de lixo, e o mato já tomou conta da rua e da parada de ônibus – lamenta. 

Em quatro ocasiões, o carro de William foi danificado. Reportagem de 2014 mostrou que o veículo teve o tanque furado devido aos buracos no asfalto. Agora, o radiador e a roda estão dando prejuízo:

– Ando devagar em zigue-zague nas valas. Tem que ter paciência, devagar mesmo, na primeira marcha.

Segundo ele, a prefeitura esteve no local no início deste ano para realizar o patrolamento da rua. No entanto, ele conta que os serviços não foram concluídos.

Na última reportagem, em 2017, a prefeitura prometeu realizar, entre agosto e setembro daquele ano, uma vistoria na via e avaliar a necessidade imediata de reparos em função da chuva. Moradores confirmam que representantes da prefeitura estiveram no local para a vistoria, porém, alegam que não passou disso.

Leia mais notícias na seção Seu Problema é Nosso

Prefeitura: patrolamento foi realizado

A prefeitura de São Leopoldo, por meio da subprefeitura da Zona Leste, destacou que a via em questão recebeu o serviço de patrolamento quatro vezes neste ano, no entanto, não foram citadas datas. Segundo a pasta, “foi enviada no dia 5 de outubro uma equipe para realizar o serviço de patrolamento e ensaibramento no local”. 

A Secretaria Municipal de Mobilidade e Serviços Urbanos salienta que “a atual gestão fez a pavimentação de mais de 200 vias na cidade em cerca de quatro anos e está buscando financiamento junto à Caixa Econômica Federal para pavimentação de mais vias do município”.

Sobre a coleta de lixo, a secretaria informou que ela “ocorre de acordo com o cronograma: nas terças, quintas e sábados, a partir das 15h. Caso haja alguma contrariedade é necessário contatar a prefeitura pela Ouvidoria Municipal pelo telefone 156 e relatar o que há de errado na coleta”. Questionada sobre o serviço de patrolamento em 2014 que não fora realizado, a secretaria informou que “não tem garantia de ter sido executado ou não, por se tratar de outra gestão e outras equipes de trabalho”.

Produção:  Vitória Fagundes


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros