Piscina pública da Restinga é a terceira a iniciar atividades - Notícias

Versão mobile

 
 

Refresco no verão28/01/2022 | 05h00Atualizada em 28/01/2022 | 05h00

Piscina pública da Restinga é a terceira a iniciar atividades

Dois espaços permanecem fechados

Piscina pública da Restinga é a terceira a iniciar atividades Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Além do Cecores, estão abertas as piscinas do Cevi e do Cecopam Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS

Agora, Porto Alegre tem mais piscinas públicas abertas do que fechadas  — isso se consideradas apenas as cinco que têm aberto ao longo dos últimos anos. Isso porque a prefeitura iniciou ontem o atendimento no Centro de Comunidade da Vila Restinga (Cecores). Além do Cecores, estão abertas as piscinas do Centro de Comunidade Vila Ingá (Cevi) e do Centro da Comunidade Parque Madepinho (Cecopam), desde o dia 3 de janeiro. 

LEIA MAIS
Como foi o primeiro fim de semana de reabertura das piscinas públicas de Porto Alegre
Após quase dois anos, piscinas públicas de Porto Alegre serão reabertas no dia 4 de janeiro
Raio X de Belém Novo e Lami, as únicas praias balneáveis de Porto Alegre 

Na semana passada, o Diário Gaúcho mostrou três locais continuavam fechados. Isso, em razão problemas encontrados pela prefeitura depois de manter as piscinas públicas desativadas por dois anos — a última temporada de banho nos espaços havia sido no início de 2020. A titular da Secretaria Municipal de  Esportes, Lazer e Juventude (SMELJ), Débora Garcia, explicou que a piscina do Cecores era a mais próxima de abrir dentre as que seguiam fechadas. Os reparos necessários no local foram os de mais simples execução e já estavam praticamente finalizados desde a última semana. Os detalhes restantes foram concluídos nesta semana e o local pôde abrir as portas ontem.

Frio e chuva

Infelizmente, para quem queria se safar do calorão, não foram as águas do Cecores que ajudaram. Depois de um onda de calor que se estendeu pelas últimas duas semanas, a temperatura caiu consideravelmente na Capital entre quarta e quinta-feira. Na data da abertura da piscina pública na Restinga até choveu levemente na cidade durante o dia. Ainda assim, o plano seguiu conforme o que ocorre nas outras piscinas públicas. Pela manhã, o turno é reservado para atividades direcionadas com professores da SMELJ. Pela tarde o cronograma prevê banho livre. Em dias quentes, o banho livre costuma reunir desde os pequenos até os mais velhos. Ontem, a temperatura mais baixa e o clima ameno deixaram a piscina esvaziada de banhistas.

Ainda assim, a secretária Débora comemorou a abertura do terceiro espaço na Capital, visando as piscinas como ferramenta de fomento a natação.

 — Essa abertura traz um aumento no bem estar e na qualidade de vida dos moradores da Zona Sul. E além disso, proporciona um aprendizado por meio de um esporte como a natação para as crianças e adolescentes —  cita a titular da SMELJ.

Fechadas

Apesar de abertura de um terceiro espaço nesta quinta-feira, outras duas piscinas da cidade seguem sem funcionar. São os espaços do Centro Comunitário Primeiro de Maio (Ceprima) e do Centro de Comunidade da Vila Floresta (Cecoflor).  A secretária explicou os problemas de cada um dos espaços. 

No Ceprima, o percalço está em dois motores que auxiliam no funcionamento da piscina. Como ficaram desligados por muito tempo, os equipamentos estavam "travados", diz a secretária. Eles foram retirados e levados para conserto, o que deve ser concluído em até 10 dias. No Cecoflor, um cano de retorno da piscina precisa ser trocado, pois está quebrado. A previsão para o serviço é a mesma do Ceprima.

 —  Entretanto, ainda não sabemos quando será possível abrir os locais para o público —  diz Débora.

Além das cinco piscinas que abrem normalmente, a Capital tem outros dois centros de comunidade que também contam com o equipamento. Porém, já há alguns anos estes espaços deixaram de ser utilizados em razão de problemas estruturais de difícil solução. São as piscinas do Cegeb, no bairro Medianeira, e do Cecove, no bairro Sarandi.

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 27/01/2022Piscina do CECORES (Centro de Comunidade da Vila Restinga) é a terceira pública a abrir na cidade<!-- NICAID(15000755) -->
No dia da reabertura da piscina na Restinga choveu levemente na cidade durante o dia na CapitalFoto: Marco Favero / Agencia RBS

Como funcionam os espaços

O serviço é disponibilizado de forma gratuita para a comunidade porto-alegrense. Os locais oferecem serviços como hidroginástica, dança na água, natação e banho livre. Se alguma pessoa se destacar durante as aulas de natação, é feito o encaminhamento para o projeto Social Esporte Clube, que tem como objetivo direcionar os talentos para os clubes esportivos. 

Devido à pandemia, são adotadas medidas sanitárias, como uso obrigatório de máscara de proteção facial, espaçamento na fila e restrição do número de pessoas nos vestiários para evitar aglomerações. O horário de funcionamento é das 8h30min às 18h30min.

Onde ficam as piscinas
As que abrem anualmente
/// Cecores: Avenida Nilo Wulff, s/n°, bairro Restinga
/// Cecoflor: Rua Irene Capponi Santiago, 290, bairro Cristo Redentor
/// Cecopam: Rua Arroio Grande, 50, bairro Cavalhada
/// Ceprima: Rua Camoati, 64, bairro Santa Maria Goretti
/// Cevi: Rua Papa Pio XII, 129-335, Vila Ingá/Passo das Pedras

As que não abrem mais
/// Cegeb: Rua Coronel Neves, 555, bairro Medianeira
/// Cecove: Rua Paulo Gomes de Oliveira, 200, bairro Sarandi

Leia mais notícias do Diário Gaúcho

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros