Gás de cozinha chega a quase R$ 135 em Porto Alegre depois de reajuste pela Petrobras - Notícias

Versão mobile

 
 

Botijão de 13 quilos 14/03/2022 | 22h17Atualizada em 14/03/2022 | 22h17

Gás de cozinha chega a quase R$ 135 em Porto Alegre depois de reajuste pela Petrobras

Menor valor é de R$ 109 para o botijão de 13 quilos, para buscar em depósito

Gás de cozinha chega a quase R$ 135 em Porto Alegre depois de reajuste pela Petrobras Félix Zucco / Agencia RBS/Agencia RBS
Todos os locais afirmaram já ter reajustado o preço do produto nas novas encomendas Foto: Félix Zucco / Agencia RBS / Agencia RBS

Cozinhar está ainda mais caro para os gaúchos: o botijão de gás já teve seu valor reajustado nas revendas de Porto Alegre após o mais recente reajuste, em vigor desde a última sexta-feira (11). O repasse da Petrobras para as refinarias foi de 16,06% no Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) - popularmente chamado gás de cozinha. Telefonar e pedir um botijão em casa pode fazer o insumo custar quase R$ 135. 

LEIA MAIS
Após aumento, preço do litro da gasolina pode ter diferença de até R$ 0,90 em Porto Alegre
Diesel mais caro: qual o impacto do reajuste feito pela Petrobras para produtos do dia a dia
Como funciona o bônus por redução de consumo na conta de luz 

Na manhã desta segunda-feira (14), a reportagem realizou levantamento em dez depósitos, em distintas regiões da Capital. Todos os locais afirmaram já ter sofrido aumento nas novas encomendas. O comparativo leva em conta valores com telentrega ou retirados no portão da empresa. O P13 – de 13 quilos – é o mais popular em casas ou condomínios que não tenham tubulação central para cada apartamento. Já o cilindro P45, que suporta 45 quilos, é utilizado em locais com maior demanda do insumo. 

O maior preço está em uma revenda do bairro Ipanema, na Zona Sul. O botijão P13 custa R$ 134,90, entregue a domicílio, pago com cartão de crédito ou débito. Caso o cliente tenha o valor em espécie, ou opte por transferir via Pix, o preço cai para R$ 130.

Felipe Griebeler, proprietário da Companhia do Gás, teve movimento muito grande na busca do preço antigo, mas logo que chegou a nova entrega, o valor foi reajustado. 

— Eu não tenho o que fazer. Logo que foi anunciado o aumento, a gente fez o pedido e a nota (fiscal) já veio com valor atualizado — afirma Griebeler. 

O empresário relembra que, antes do final de semana – quando novo lote, mais caro, foi entregue em seu depósito - muitos clientes correram para garantir estoque com o preço antigo, levando mais de uma unidade. Caso retire no depósito, o desconto é de R$ 15 por botijão. 

— Tem gente que chega a levar três, dá um bom desconto — complementa Griebeler.

Um alerta importante: o transporte de gás pode ser feito somente através de caminhão, caminhonetes, carros com reboque aberto ou motocicletas com reboque aberto ou suporte conhecido como side-car. Caso utilize um automóvel de passeio ou um reboque comum, o condutor infringe normas da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) quanto pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e é exposto a sanções passíveis de multa. 

Menor valor no Partenon 

No bairro Bom Jesus, na Zona Leste, foi visto o valor mais baixo do botijão de 13 quilos: R$ 109, sem entrega. Com telentrega, o valor mais baixo encontrado foi de R$ 115, no Partenon. 

A média do levantamento ficou em R$ 126, considerando a opção com telentrega. 

Aplicativos para smartphone oferecem cupons para alguns clientes. Sem o código, os valores variavam de R$ 115 a R$ 148, cálculo para entrega na região central da Capital. 

Cilindro maior vai a R$ 510 

Os cilindros de 45 quilos têm seus valores variando de R$ 415, no bairro Espírito Santo, a R$ 510, no Camaquã. Os preços consideram entrega em casa pelo veículo da revenda. 

Dependendo da revenda, pode haver diferença no valor dos botijões P45. Restaurantes ou edifícios com compra frequente ganham descontos. 

Os locais consultados também informaram que o preço pode variar dependendo da região entregue, levando em conta a distância percorrida desde a origem até o imóvel de destino. Nem todos os bairros são atendidos pelas companhias. 

Confira o preço por revendedora 

Posto Menino Deus - Bairro Menino Deus - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 115  
/// P13 com entrega: R$ 127
/// P45 com entrega: R$ 465 

Alós Gás - Partenon – Copagaz
/// P13 sem entrega: R$ 110  
/// P13 com entrega: R$ 115
/// P45 com entrega: R$ 450 

Companhia do Gás - Ipanema - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 120
/// P13 com entrega: R$ 134,90 no cartão / R$ 130 no Pix ou em dinheiro  
/// P45 com entrega: R$ 459 

Posto de Gás Franck - Rubem Berta - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 113
/// P13 com entrega: R$ 122,90
/// P45 com entrega: R$ 459 

Gás Vila Nova - Vila Nova – Supergasbras
/// P13 sem entrega: R$ 119,90  
/// P13 com entrega: R$ 129,90
/// P45 com entrega: R$ 449,90 

Master Gás - Bom Jesus - Supergasbras
/// P13 sem entrega: R$ 109
/// P13 com entrega: R$ 118
/// P45 com entrega: R$ 442 

Berlim Comercial de Gás - Navegantes - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 115
/// P13 com entrega: R$ 132,90  
/// P45 com entrega: R$ 459,90 

Posto de Gás Restinga - Restinga - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 119,90
/// P13 com entrega: R$ 129,90
/// P45 com entrega: R$ 469 

Gás cidade - Camaquã - Liquigás
/// P13 sem entrega: R$ 117,50  
/// P13 com entrega: R$ 130,80
/// P45 com entrega: R$ 510 

Gás Santa Rita - Espirito Santo – Ultragaz
/// P13 sem entrega: R$ 116 no cartão de crédito ou débito / R$ 113 no Pix ou em dinheiro
/// P13 com entrega: R$ 125
/// P45 com entrega: R$ 415

Leia mais notícias do Diário Gaúcho 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros