Reajuste anual: medicamentos devem ficar mais caros a partir de sexta-feira - Notícias

Versão mobile

 
 

Previsão de 10% 29/03/2022 | 22h24Atualizada em 29/03/2022 | 22h24

Reajuste anual: medicamentos devem ficar mais caros a partir de sexta-feira

Aumento costuma entrar em vigor no dia 1º de abril

GZH
GZH

Hora de se preparar para o aumento anual dos medicamentos, que pode pesar bastante no orçamento familiar. A partir desta sexta-feira (1º), data em que costuma entrar em vigor o reajuste autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), é esperada uma alta de cerca de 10%, perto do que alcançou a inflação em 2021 (10,06%). O percentual a ser aplicado deve ser divulgado nos próximos dias. 

A CMED, ligada à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), é o órgão interministerial responsável pela regulação econômica do mercado de medicamentos no país. Cabe à Anvisa atuar como secretaria-executiva da câmara. A CMED estabelece limites para os preços, estimula a concorrência no setor, monitora a comercializa e aplica penalidades quando há descumprimento de regras.  

Em 2021, o aumento autorizado foi de até 10,08% — a inflação do ano anterior havia sido de 4,52%. Outros indicadores econômicos também são considerados para estabelecer o percentual de reajuste a ser liberado para o mercado. 

Leia mais
Governadores congelam ICMS sobre combustíveis por mais 90 dias e autorizam tarifa única para o diesel
Motoristas profissionais dizem que combustível consome 50% dos ganhos após aumento de gasolina e diesel  
Gás de cozinha chega a quase R$ 135 em Porto Alegre depois de reajuste pela Petrobras

Para quem depende de remédios de uso contínuo, pode ser vantajoso fazer uma compra maior, para alguns meses, se a renda permitir. É fundamental observar, no momento da compra, a data de validade impressa nas embalagens.  

Outro cuidado importante é em relação ao armazenamento desses produtos. Deve-se mantê-los protegidos do calor, da umidade e da luz — o que descarta, em tese, um ambiente comumente utilizado para esse fim, o banheiro. Procure guardar esses itens nas respectivas caixas, junto da bula, e retirá-los da cartela de alumínio somente da hora da ingestão. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros