Chance para matar a saudade do rodeio - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Piquetchê11/05/2020 | 17h29Atualizada em 11/05/2020 | 17h29

Chance para matar a saudade do rodeio

Concurso virtual Vaca Parada, promovido pelo MTG, estimulou gauchinhos a cultivarem a tradição em casa, junto com seus pais.

Nesta quinta-feira, às 13h, na página do Facebook do Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), a dupla vencedora concurso virtual Vaca Parada, batizado de Laços de Família, promovido pela entidade. O evento segue o modelo da Chula Web, realizado recentemente pela entidade, e que reuniu mais de 100 competidores. 

vaca parada, mtg.
Atividade que incentiva as novas geraçõesFoto: Divulgação / MTG

Segundo o vice-presidente campeiro do MTG, Adriano Pacheco, as seis duplas finalistas, foram selecionadas entre 42 participantes, que enviaram vídeos para o MTG e que tiveram maior número de curtidas, comentários ou compartilhamentos na página do Facebook.

Leia mais
Tchê Garotos reúne formação original em live
Solidariedade gaudéria em meio à pandemia
Em épocas difíceis, criatividade é a chave para CTGs

Estímulo

O concurso tem como público-alvo, conforme Adriano, crianças com até 

10 anos e algum familiar (pai, mãe, avós, irmão ou irmã). Entre os participantes, os pequenos gaúchos tinham que mandar vídeos que mostrassem eles laçando de uma vaquinha de madeira – tudo em casa e na maior segurança, claro. A vaca parada é voltada justamente para as crianças que estão começando suas trajetórias nas modalidades de laço.

Enquanto isso, nos vídeos enviados, o adulto declamava um verso, uma mensagem gaudéria ou uma mensagem de prevenção ao coronavírus.

- Nesse momento de pandemia de coronavírus, o objetivo desta iniciativa do MTG é estimular a interação das crianças com os pais e, ainda, fazer uma espécie de fusão da parte cultural com a parte campeira. E também ajuda a matar um pouco a saudade dos rodeios - explica Adriano, que completa:

- Estamos preparando os futuros laçadores para a retomada dos rodeios, quando a pandemia passar.

Na grande final, os competidores finalistas contarão com um narrador, que também será o "padrinho" e que vai narrar, virtualmente, a apresentação. As duplas finalistas receberão medalhas e a dupla vencedora, um potro e troféu.

Os finalistas são: Augusto Sallet Schröpfer e Fernando Moscon Schröpfer, do CTG Porteira das Missões, de Cerro Largo, Ricardo Lopes e Otávio Lopes, do CTG Os Serranos, de Rolante, Raniel, Raquelli e Adão Sidnei da Silva, do CTG Tauras de 35, de Jóia, Rudimar da Motta e Raul Beckel da Motta, do CTG Sinuelo das Coxilhas, de Espumoso, Claudiano Rodrigues e Claudiane Rodrigues, do CTG Tropeiro das Missões, de Palmeira das Missões e Marilene e Mariana Martins da Silva, do Piquete Três Palmeiras, de Palmeira das Missões.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros