Três aparelhos de ar-condicionado são furtados de unidade de saúde em Cachoeirinha - Polícia

Versão mobile

 
 

Região Metropolitana24/06/2022 | 07h00Atualizada em 24/06/2022 | 07h00

Três aparelhos de ar-condicionado são furtados de unidade de saúde em Cachoeirinha

Segundo administração, nos últimos três anos foram registrados ao menos cinco casos de furtos ou arrombamentos no local

Três aparelhos de ar-condicionado foram roubados da unidade de saúde José Ary da Silveira, no bairro Vila Fátima, em Cachoeirinha, na Região Metropolitana. O fato ocorreu na madrugada da última terça-feira (22). Os responsáveis ainda não foram localizados.

Segundo o coordenador do posto Leandro Sérgio Silveira, foram retirados os compressores dos equipamentos, localizados nas salas do médico e de triagem. Desde então, os ambientes estão desaquecidos em meio ao início do inverno, o que prejudica os próprios pacientes.

— A gente cuida de idosos e crianças que, durante a triagem, precisam tirar suas roupas e acabam passando frio. Muitas delas já se encontram doentes e sensíveis à temperatura. Estamos fazendo o possível e o impossível para atender as pessoas — afirma Silveira.

Leia mais
Confronto com a BM termina com dois homens mortos e um ferido em Cachoeirinha
Após nova decisão da Justiça, filha e neto de idoso desaparecido em Cachoeirinha voltam para a prisão
Polícia investiga denúncias para identificar os pais de bebê encontrado dentro de saco de lixo em Gravataí

Ainda conforme o coordenador, o furto ocorreu na parte externa do posto. Ao que tudo indica, os criminosos invadiram o local através de um terreno abandonado, nos fundos da unidade, onde funcionava um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) desativado, também pertencente a prefeitura. A principal hipótese, é que a grade de tela que cerca a unidade foi cortada, permitindo a entrada dos suspeitos. A área não possui câmeras de segurança.

— Nós temos duas câmeras de segurança na parte interna e uma na porta de entrada, mas ali no pátio não há nada para que possamos identificar os responsáveis — explica Leandro.

A Polícia Civil deve investigar o caso, que não é inédito no local. Nos últimos três anos, foram registrados ao menos cinco casos de furto ou arrombamento do posto de saúde. Em abril de 2021 os alvos também foram aparelhos de ar-condicionado. Porém na ocasião, foi possível flagrar o crime pelas câmeras e os dois foram detidos pela Guarda Municipal.

Com as frequentes invasões, a administração do posto solicitou à prefeitura de Cachoeirinha que busque medidas imediatas para reforçar a segurança do local. Por meio da assessoria de imprensa, o município afirmou que a unidade de Saúde vai receber mais duas câmeras de videomonitoramento, que serão instaladas na parte externa. Foi assegurado, ainda, que a Guarda Municipal irá se reunir com a Brigada Militar para debater ações ostensivas no bairro.

A Secretaria Municipal de Saúde deve iniciar nos próximos dias um processo licitatório para a aquisição de novos equipamentos para substituir os que foram furtados.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros