Veja as opções para usar a nota do Enem como porta de entrada no ensino superior - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Educação24/01/2017 | 18h10Atualizada em 04/04/2017 | 21h50

Veja as opções para usar a nota do Enem como porta de entrada no ensino superior

Sisu está aberto até sexta-feira e oferece mais de 238 mil vagas em instituições de ensino superior de todo o Brasil. Governo federal oferece opções de bolsas e financiamento

Veja as opções para usar a nota do Enem como porta de entrada no ensino superior Carlos Macedo/Agencia RBS
Letícia busca uma vaga em Medicina Veterinária Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Desde ontem, a estudante Letícia Fernandes Cavalli, 24 anos, moradora da Capital, não larga o smartphone. Mas não é a espera de nenhuma mensagem ou telefonema que a inquieta. É que Letícia baixou o aplicativo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e agora a mania é ficar acompanhando a inscrição realizada nesta terça-feira e que pode garantir uma vaga em Medicina Veterinária.

Leia mais:
Feira do Material Escolar começa nesta quarta-feira, com descontos de até 30%
Taxas de operações bancárias seguem assustando: veja como evitar juro mais alto

– Fiz notas melhores neste último Enem do que em 2015. Me inscrevo no curso de Veterinária da Ufrgs e da Unipampa, campus de Uruguaiana. Mas tem chance de eu escolher uma instituição em Santa Catarina. Há possibilidades – diz ela, que escolheu o curso motivada pela paixão por Biologia e por gatos.

Prazo termina sexta

Até as 23h59min de sexta-feira, quando encerram as inscrições no Sisu (sisu.mec.gov.br), Letícia e qualquer candidato poderão trocar de opção. O Sisu é aberto a candidatos que não zeraram a redação do Enem. Mas o Enem pode abrir outras portas para a faculdade por meio do Financiamento Estudantil (Fies) e do Programa Universidade para Todos (ProUni).

Para o ProUni, que oferece bolsas de estudo parciais ou integrais em cursos de graduação, o processo estará aberto de 31 de janeiro a 3 de fevereiro. O Fies, que concede financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores particulares, terá inscrições de 7 a 10 de fevereiro. 

ONDE USAR A NOTA DO ENEM 2016

Sistema de Seleção Unificada (Sisu): sisu.mec.gov.br
O que é:
– É o sistema online que reúne as vagas de graduação em universidades federais e estaduais públicas de todo o país.No Rio Grande do Sul, há vagas em 57 municípios oferecidas pelas seguintes instituições: UFCSPA, Unipampa, IFRS, IFFarroupilha, IFSul, Uergs, UFPel, UFSM, Furg e Ufrgs.

Prazo de inscrição:
– Até as 23h59min desta sexta-feira (dia 27).

Para quem:
– Candidatos que fizeram o Enem 2016 com nota maior que zero na redação.
– O Sisu seleciona segundo a nota no exame, cabe a cada instituição definir o cálculo que utilizará para a seleção dos novos alunos. 

Número de vagas:
– Neste semestre de 2017, serão 238.397 vagas em 131 instituições.

A inscrição
Confirmando os dados:
1 – Tenha em mãos o número de inscrição e senha no Enem 2016.
2 – A primeira coisa a fazer no portal é confirmar os dados para o Sisu entrar em contato, preencha o que é pedido na tela.
3 – Na tela seguinte, se pode escolher até duas opções de curso. É nesta tela que se acompanhará a inscrição durante o processo.

Três passos para concluir:
1 – Pesquise as vagas pelo nome do município, nome da instituição ou nome do curso. No resultado da busca se conhece os detalhes dos cursos, quantidade de vagas e modalidades disponíveis (ampla concorrência e ações afirmativas).
2 – Leia as modalidades disponíveis, escolha uma das opções e clique em "Escolher esta modalidade" para continuar.
3 – Veja a documentação que será exigida pela instituição no momento da matrícula, caso seja selecionado, e clique em "Confirmar minha inscrição".

Inscrição concluída:
– Na tela Minha inscrição se pode conferir a inscrição. Você pode alterar as opções até sexta-feira.
– Apenas a última alteração será considerada.
– No site do Sisu é possível baixar aplicativo para smartphone e acompanhar a inscrição.
– O aplicativo do Sisu é apenas para consulta de informações.

Classificação parcial:
– As notas de corte dos cursos e a classificação parcial serão divulgadas até sexta-feira.
– O candidato deve acompanhar para avaliar suas chances.
– O resultado da chamada regular será divulgado no dia 30 de janeiro.
– O período de matrícula será de 3 a 7 de fevereiro.
– A convocação dos candidatos em lista de espera será a partir de 16 de fevereiro.

Programa Universidade para Todos (ProUni): prouniportal.mec.gov.br
O que é:
– Oferece bolsas de estudo parciais ou integrais em cursos de graduação em universidades particulares.

Prazo de inscrição: de 31 de janeiro a 3 de fevereiro

Para quem:
– Estudante sem diploma de curso superior que tenha feito o Enem 2016 e obtido o mínimo de 450 pontos na média das notas, sem nota 0 na redação.
– Para a bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.
– Precisa atender a pelo menos uma das condições:
1 – Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituição privada, na condição de bolsista integral.
2 – Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral.
3 – Ser pessoa com deficiência.
4 – Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrar o quadro de pessoal permanente da instituição.

Financiamento Estudantil (Fies): sisfiesportal.mec.gov.br
O que é:
– O Fies concede financiamento a estudantes matriculados em cursos superiores presenciais pagos e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Mec.
– Enquanto estiver cursando a graduação, o estudante paga a cada três meses até R$ 150 referentes aos juros do Fies.
– A página do Fies lista as instituições que aderiram ao programa tendo financiamento disponível.
– Após a conclusão do curso, o estudante tem 18 meses para começar a pagar o financiamento, mas deve continuar pagando o valor dos juros.
– O pagamento restante é parcelado em até três vezes o período de duração da graduação.

Prazo de inscrição: de 7 a 10 de fevereiro

Para quem:
– Estudantes que realizaram o Enem com média geral mínima de 450 pontos sem zerar a redação.
– É preciso renda familiar mensal bruta de até três salários mínimos por pessoa.

Número de vagas:
– Ainda não foi divulgado pelo Mec.
– O governo garante que o número de novos contratos em 2017 deverá ser pelo menos o mesmo que em 2016, quando 203,2 mil contratos foram firmados em 1.550 instituições particulares.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros