Dia dos namorados: corrida atrás do presente ideal para agradar o seu amor - Notícias

Versão mobile

 
 

Consumo06/06/2016 | 10h01Atualizada em 06/06/2016 | 10h01

Dia dos namorados: corrida atrás do presente ideal para agradar o seu amor

Comércio está preparado para uma semana de muito movimento para atender aos consumidores na terceira data comercial mais forte do ano. Não faltam opções para os apaixonados

Dia dos namorados: corrida atrás do presente ideal para agradar o seu amor Fernando Gomes/Agencia RBS
Comércio está preparado para muito movimento nesta semana Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Esta semana será decisiva para os apaixonados. O próximo domingo será Dia dos Namorados, e a missão de garantir um presente que alcance o coração da pessoa amada — ou que seja entendido como materialização do sentimento — nem sempre é fácil. Ainda mais em tempos de crise. Mas a expectativa da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindilojas Porto Alegre é boa: a data deve movimentar R$ 70 milhões no comércio da Capital.

Leia mais
Guri de Uruguaiana fala sobre o Dia dos Namorados
Vídeo: por que a lingerie tem o poder de deixar o sexo muito mais quente


— O Dia dos Namorados está se consolidando a terceira data mais importante (atrás do Natal e Dia das Mães) _ explica o presidente da CDL Poa, Alcides Debus.

Numa circulada pelo Centro da Capital, gôndolas e vitrines estão cheias de opções de presentes. Na loja onde Adriana Gomes é subgerente, no Centro, um coração de chocolate custa a partir de R$ 13,90. As cestas de guloseimas saem a partir de R$ 39,99, almofadas com declaração de amor por R$ 29,90 e uma infinidade de bichos de pelúcia, a partir de R$ 41. Na percepção dela, o movimento de namorados é maior do que filhos em busca de lembranças no Dia das Mães.

— Tem opções para todos os bolsos, para ninguém deixar de dar presente _ anuncia Adriana.

Preferência

De acordo com a pesquisa encomendada pela CDL Poa e Sindilojas Porto Alegre, roupas aparecem no topo da lista de preferências dos namorados, seguidas por artigos de perfumaria ou maquiagem, acessórios, calçados e eletrodomésticos e eletrônicos. No comércio, é possível encontrar blusão feminino por R$ 49, bota feminina por R$ 99, sapato masculino por R$ 79,90, moletom masculino por R$ 99.

Matheus e Caroline querem surpreender um ao outro Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Efeito surpresa

Abraçados na Rua da Praia, o casal Caroline Farias, 22 anos, e Matheus Guntzel, 27 anos, concordou que é preciso existir uma data para celebrar o amor. Juntos há três anos, eles fazem suspense sobre as escolhas que vão fazer para presentear um ao outro.

— Sempre foi uma surpresa — explica a manicure, que às vezes recorre ao cheque presente porque a tarefa de agradar o promotor de vendas não é fácil.

Matheus diz que, conforme a data se aproxima, a amada começa a dar indiretas sobre o que gostaria de ganhar.

— Ela está se comportando, então vai ganhar um presente — diverte-se Matheus.

Luiz e Júlia vão curtir a data na praia Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Primeiro dia 12 de junho

Já o programador Luiz Felipe Faccioli, 29 anos, e a psicóloga Júlia Chiaradia, 28 anos, vão comemorar o primeiro Dia dos Namorados. A intenção é passar a data na praia.

Embora não tenham em mente um presente específico, adiantam que o romantismo faz bem:

— É uma das datas do ano em que mais se demonstra carinho, envolve romantismo. Uma surpresa cai bem — diz Luiz Felipe.

O próximo sábado, conforme Alcides Debus, deve ser de bastante movimento nas lojas de rua e shoppings.

— A gente torce também para que o frio continue.

João Carlos está animado com a data Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Elas gostam é de rosas

Lúcia Pesca, colunista do Diário Gaúcho, sugere que o casal fique atento aos comentários um do outro a fim de buscar dicas de presente que vão agradar em cheio a alma gêmea. Outra dica, aí para o público masculino: não deixar de investir no romantismo:

— Não precisa gastar muito dinheiro, comprar rosas importadas, mas as mulheres amam ganhar flores — destaca.

Florista na Otávio Rocha, no Centro, há mais de duas décadas, João Carlos Ramos dos Santos, 59 anos, está animado com a proximidade da data máxima dos apaixonados. Para o evento, encomendou 2,5 mil rosas vermelhas. A expectativa é que o próximo sábado, véspera do Dia dos Namorados, seja um dia de muito trabalho.

Na pesquisa realizada pela CDL e Sindilojas, as flores aparecem como complemento ao presente para 14% dos entrevistados, seguidas de chocolate (5,2%) e jantar (6,3%).

Intenções dos apaixonados


Roupas (31%)
Artigos de perfumaria ou maquiagem (16%)
Acessórios (13%)
Calçados (9%)
Eletrodomésticos e eletrônicos (7%)
O valor médio gasto no presente ficará em torno de R$ 180.
73% dos entrevistados pretendem pesquisar preços em lojas físicas.
52% deverão comprar em lojas de rua e 40% em shoppings.
52% deixarão para adquirir o regalo nos últimos sete dias que antecedem a data.
67% planeja pagar à vista em dinheiro, 22,5% vão pagar no cartão de crédito parcelado, 4,9% vão pagar à vista em cartão de débito e 3,5% no cartão de crédito em parcela única.
O levantamento foi realizado pela Zooma Consumer Experience, entre os dias 18 e 29 de abril.





 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros