Facção apontada como responsável por 70% do tráfico de drogas em Viamão é alvo de operação policial - Polícia

Versão mobile

 
 

Crime organizado10/06/2021 | 09h59Atualizada em 10/06/2021 | 10h04

Facção apontada como responsável por 70% do tráfico de drogas em Viamão é alvo de operação policial

Mais de 130 agentes cumpriram 25 mandados de prisão contra o grupo, investigado também por execuções, torturas e por expulsar moradores de suas casas

Facção apontada como responsável por 70% do tráfico de drogas em Viamão é alvo de operação policial Ronaldo Bernardi / Agencia RBS/Agencia RBS
Policiais civis cumpriram 52 ordens judiciais de prisão e apreensão em Viamão e em presídios Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS / Agencia RBS

Mais de 130 policiais civis, com apoio de helicóptero, realizam uma operação, na manhã desta quinta-feira (10), para prender integrantes da facção criminosa mais atuante no tráfico de drogas em Viamão. Segundo a investigação, o grupo é responsável por 70% da venda de entorpecentes no município — além de realizar execuções, torturas e expulsar moradores de suas residências.

São 52 ordens judiciais sendo cumpridas, e praticamente metade é de prisão. Até as 6h45min, quatro pessoas foram presas, além do cumprimento de mandados em presídios, onde estão os líderes dos traficantes investigados.

A investigação de cinco meses é do titular da Delegacia de Repressão de Ações Criminosas Organizadas (Draco), delegado Eduardo Amaral. Ele relata que a apuração teve início após um crime ocorrido em janeiro deste ano, quando um dos traficantes perdeu certa quantidade de drogas, sendo depois espancado, torturado e baleado pelos comparsas. Apesar disso, o homem sobreviveu.

Durante este período, houve 42 prisões em flagrante de suspeitos de integrar a organização criminosa. A polícia apreendeu ainda armas, drogas e comprovou — por meio de anotações, monitoramento e mensagens de celulares apreendidos — que o grupo é responsável pela venda de 70% do total de drogas que circula em Viamão.

— Eles têm 16 grandes pontos de drogas na cidade e, em cada um, movimentam por dia entre R$ 3 mil e R$ 5 mil. Ou seja, a facção movimenta diariamente em toda a cidade entre R$ 50 mil e R$ 80 mil, o que representa 70% do tráfico em Viamão — explica Amaral.

Traficantes de Viamão mostram armas <!-- NICAID(14805394) -->
Traficantes mostravam armas antes de confrontosFoto: Polícia Civil / Divulgação

Além da violência nas ações criminosas, a facção também é responsável pela ameaça, agressão e expulsão de moradores de suas casas. Um dos casos ocorreu com uma mulher que foi retirada à força de uma residência no bairro Jardim Krahe para que o local fosse um ponto de venda de entorpecentes. Antes disso, ela sofreu represálias e foi agredida. Segundo a polícia, uma medida adotada também para amedrontar demais moradores.

Ao todo, são 25 mandados de prisão, sendo 14 deles cumpridos dentro do Presídio Central, em Porto Alegre, e da Penitenciária Modulada de Charqueadas, de onde partiriam as ordens para os demais traficantes. 

Buscas

Também há 21 mandados de busca e apreensão. O objetivo é juntar mais provas contra os criminosos, principalmente anotações de fornecedores e sobre contabilidade. Mesmo com a realização da operação, a investigação e o monitoramento destes traficantes irão continuar. 

PORTO ALEGRE, RS, BRASIL,  10/06/2021- Operação policial em Viamão para prender traficantes que controlam 70 por cento do tráfico em Viamao. Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS<!-- NICAID(14805399) -->
Policiais estiveram em várias residências em Viamão, locais onde traficantes se escondiam Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros