Cachorro precisa de ajuda para voltar a andar - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso04/09/2017 | 10h20Atualizada em 04/09/2017 | 12h51

Cachorro precisa de ajuda para voltar a andar

Com hérnia de disco, o cachorro está sem o movimento das patas traseiras e passa a maior parte do tempo deitado

Cachorro precisa de ajuda para voltar a andar Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Há cerca de dez anos, num domingo chuvoso, a hoje atendente de telemarketing desempregada Ana Cristina Silvestre Penna, 29 anos, encontrou um cão filhote chorando na rua, no bairro Restinga, em Porto Alegre, onde mora. Não resistiu e levou o vira- latas para casa, batizando-o de Tobi. 

Leia mais
Rua na Restinga volta a ter luz depois de um ano no escuro
Bueiro entupido em São Leopoldo ganha bolo de aniversário
Criança espera há dois anos por cirurgia, em Alvorada

Agora, como naquele dia, o bichinho passa por dificuldades. E, de novo, Ana está buscando formas para ajudá-lo a superar os problemas. 

Segundo ela, desde junho, Tobi sofre com dores e dificuldade para caminhar. Hoje, o cachorro está sem o movimento das patas traseiras e passa a maior parte do tempo deitado. 

Consultas 

Em junho, Ana conseguiu uma consulta para Tobi por meio da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda), que pediu um raio-x para entender o que acontecia com o cão. 

Como a secretaria não oferece esse tipo de exame, a família procurou uma clínica particular. A consulta de retorno foi no início de agosto. Tobi está com hérnia de disco e bico de papagaio. Ele precisa de uma cirurgia ou de um tratamento para voltar a andar. 

Leia outras reportagens da seção Seu Problema é Nosso

A Seda informou à família que não oferece nenhuma das opções. Como medida paliativa, foi receitado o medicamento Carproflan 100mg, um anti-inflamatório.

Alto custo 

Em conversa com um veterinário, a família de Ana ouviu que a cirurgia de Tobi custa entre R$ 3 mil e R$ 5 mil — e a família não tem como arcar com esse custo. O desejo de Ana é conseguir custear um tratamento para o cão, já que só a cirurgia não garante que ele voltará a andar, conforme explicou o veterinário.

— Buscamos um auxílio ou uma indicação de alguém que conheça um local que pode ajudar o Tobi — explica. 

É Ana quem faz os curativos nas patas traseiras do cachorro — já que ele as arrasta enquanto tenta andar e acaba se machucando — e dá o remédio. A tentativa é de amenizar o sofrimento do cão. 

Quer ajudar?

— Você pode ajudar o Tobi com bandagens, remédios ou doações de tratamento e cirurgia, entrando em contato com a Ana pelos telefones (51) 3250-5747 e (51) 98409-1275. 

Billy fez tratamento 

A situação de Tobi é parecida com a de Billy, cãozinho cuja história foi publicada no Diário Gaúcho em 29 de janeiro do ano passado. Também com hérnia de disco, ele não conseguia mais caminhar, e seu dono, o motorista Adão Teixeira, de Porto Alegre, não tinha condições de pagar pela cirurgia do bichinho. 

À época, a veterinária Beatriz Kosachenco explicou que, dependendo do estágio do problema, os animais podem perder também a sensibilidade à dor profunda — o que dificultaria reverter o quadro clínico, mesmo com cirurgia. 

Billy, porém, recebeu doações de leitores e passou por tratamento. Em abril daquele ano, já voltava a andar. 

*Produção: Alberi Neto

Leia outras reportagens da seção Seu Problema é Nosso


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros