Bebê perdeu a mãe no parto e precisa de doações de leite em Porto Alegre - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso23/10/2017 | 09h23

Bebê perdeu a mãe no parto e precisa de doações de leite em Porto Alegre

Logo depois de amamentar o bebê pela primeira vez, Cristiane da Silva Palhano, 21 anos, passou por graves complicações de saúde

Bebê perdeu a mãe no parto e precisa de doações de leite em Porto Alegre Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
O bebê precisa de seis latas de leite NAN por mês, e cada uma custa cerca de R$ 35 Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Nicolly da Silva Machado perdeu a mãe muito cedo, com apenas dois dias de vida, e hoje precisa de ajuda para ser alimentada.  

Leia mais
Buracos na calçada são fechados após quatro meses de espera em Porto Alegre
Falta de ônibus com elevador funcionando prejudica alunos de Apae em Porto Alegre
Paciente com diabetes não consegue receber fitas para medição de glicose

Logo depois de amamentar o bebê pela primeira vez, a auxiliar de serviços gerais desempregada Cristiane da Silva Palhano, 21 anos, moradora da Vila São Pedro, em Porto Alegre, passou por graves complicações de saúde. 

Gravidez saudável 

Nicolly nasceu às 3h7min do dia 11 de outubro, de parto normal e após uma gravidez saudável. Foi então que Cristiane teve uma grave hemorragia no útero e três paradas cardíacas, sem uma causa definida. 

Os problemas foram controlados pelos médicos do Hospital Fêmina, e ela foi transferida para a Centro de Tratamento e Terapia Intensiva (CTI). Depois dessa crise, no mesmo dia, Cristiane passou por outras paradas cardíacas, entre as 5h e as 8h, e seus rins pararam de funcionar. 

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!  

Ela estava casada havia sete anos com o auxiliar de serviços gerais Samuel Machado Vila Novas, 26 anos — que ficou em choque com a situação da mulher, naquele momento: 

— Quando eu pude vê- la, ela não era mais a mesma pessoa. 

Menos de dois dias depois, às 2h15min do dia 13, Cristiane morreu. Deixou a mãe, Irene da Silva dos Santos, 63 anos, o marido, Samuel, o filho mais velho, Lucas Rafael da Silva Machado, quatro anos, e a pequena Nicolly, que hoje completa 12 dias de vida. Com a perda da mãe, os pequenos, agora, dependem do pai e da avó, que se revezam nos cuidados das crianças. 

Necessidade 

Sem a mãe para amamentá-la, Nicolly precisa utilizar leite especial, industrializado, para seguir se alimentando. Em um mês, conforme o pai, o bebê precisa de seis latas de leite NAN, e cada uma custa cerca de R$ 35. Ao todo, são pouco mais de R$ 200 por mês. 

O pai vive com um salário mínimo (R$ 937) e já entrou com um pedido de fornecimento do leite na Farmácia de Medicamentos do Estado. Lá, foi avisado que terá de aguardar de 30 a 60 dias para receber o leite. Enquanto isso, a família depende de doações e do auxílio da comunidade em que vivem para alimentar a bebê. 

Para auxiliar

— Quem quiser ajudar Nicolly e sua família pode entrar em contato com Samuel pelo telefone (51) 98169- 9917. 

*Produção: Eduarda Endler

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!  


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros