Buraqueira em avenida do bairro Bom Jesus incomoda moradores em Porto Alegre - Notícias

Versão mobile

 

Seu problema é nosso16/01/2018 | 09h25Atualizada em 16/01/2018 | 09h25

Buraqueira em avenida do bairro Bom Jesus incomoda moradores em Porto Alegre

No final de novembro, moradores realizaram um protesto, que bloqueou a Avenida Ipiranga, pedindo melhorias na infraestrutura da Avenida Joaquim Pôrto Villanova

Buraqueira em avenida do bairro Bom Jesus incomoda moradores em Porto Alegre Arquivo Pessoal / Leitor/DG/Leitor/DG
Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG / Leitor/DG

Motoristas e pedestres que andam pela Avenida Joaquim Pôrto Villanova, no bairro Bom Jesus, em Porto Alegre, afirmam que a via está quase intransitável. No final de novembro, moradores realizaram um protesto, que bloqueou a Avenida Ipiranga, pedindo melhorias na infraestrutura. 

Leia mais
Internado desde 2016, jovem de Alvorada sonha com respirador que pode levá-lo de volta para casa
Corrente de solidariedade após reportagem do DG ajuda leitora a conseguir transporte para fisioterapia
Prefeitura de Alvorada não cumpre promessa de patrolar via e caminhão cai em buraco no local

No dia seguinte, a prefeitura realizou uma força-tarefa para consertar os problemas. De acordo com usuários do aplicativo Pelas Ruas, os reparos não duraram muito tempo. 

— Vieram consertar, colocaram areia. Mas, em poucos dias, já estava ruim de novo. Agora, os buracos e os vazamentos estão piores do que antes — afirma a usuária do app Stéphanie Ferreira. 

Sem acessibilidade 

De acordo com Stéphanie, os caminhões que passam pela via atolam nos buracos. Além disso, os problemas prejudicam a acessibilidade: 

— Esses dias, um cadeirante não conseguia atravessar a rua — relata. 

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Smsurb) informou que vem realizando manutenções e intervenções nas redes cloacais e pluviais, além da limpeza, remoção e coleta de lixo, na Avenida Joaquim Pôrto Villanova e nas vias próximas. 

Foto: Arquivo Pessoal / Leitor/DG

Descarte irregular de resíduos 

A Smsurb informou que o descarte irregular de lixo na região prejudica a manutenção da avenida. 

A respeito das rotinas de limpeza na via, a pasta esclareceu que as equipes da Seção Leste do Departamento Municipal de Limpeza Urbana ( DMLU) atuam diariamente no local. 

O descarte irregular de resíduos gera um foco de lixo crônico, limpo de segunda-feira a sábado. Há remoção, em média, de 1,5 tonelada de materiais por dia. Para sensibilizar a população do entorno quanto à disposição adequada dos resíduos, foi lançada no bairro a ação Foco no Foco, em 15 de dezembro. A iniciativa busca reduzir em 40% os problemas identificados na região. 

O trabalho é desenvolvido por meio da instalação de hortas comunitárias e divulgação das opções disponibilizadas pelo departamento para o descarte de materiais volumosos, dentre outras atividades. 

Além dos serviços oferecidos pelo DMLU, a Smsurb informa que precisa do auxílio da população para manter o espaço limpo. Informações ou denúncias que ajudem na identificação dos infratores podem ser encaminhadas pelo telefone 156. 

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros