Idoso de Arroio dos Ratos aguarda por leito em UTI há uma semana, em São Jerônimo - Notícias

Versão mobile

 

Seu Problema é Nosso19/09/2018 | 17h54Atualizada em 19/09/2018 | 17h54

Idoso de Arroio dos Ratos aguarda por leito em UTI há uma semana, em São Jerônimo

 Pedro dos Anjos e Silva, 82 anos, está internado no Hospital de Caridade São Jerônimo desde o dia 13 deste mês, esperando por transferência para um hospital que tenha leito em UTI

 

Foto: Arquivo Pessoal / Leitor DG

Em São Jerônimo, município a 70 quilômetros de Porto Alegre, a cena se repete: o aposentado Pedro dos Anjos e Silva, 82 anos, está internado no Hospital de Caridade São Jerônimo desde o dia 13 deste mês, esperando por transferência para um hospital que tenha leito em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

 Leia mais
Em Taquara, deslizamento de terra interrompe acesso à Estrada do Feixe, no interior da cidade
Idoso aguarda por leito em UTI durante uma semana, em Gravataí
Em Alvorada, esgoto vaza há quatro anos

Depois de ler a matéria do Diário Gaúcho sobre Vanderlei Gonçalves Marques, que aguardava leito de UTI em Gravataí, publicado na última terça-feira (18), a bancária aposentada Evanda Ferreira e Silva, 57 anos, percebeu que seu pai se encontrava na mesma situação e entrou em contato com o jornal. A filha salienta que a família, moradora de Arroio dos Ratos — município a 15 km do hospital —, procurou a Justiça, que deferiu uma liminar. Entretanto, o prazo determinado, de 24 horas, passou e não houve mudança na situação de Pedro.

Foto: Arquivo Pessoal / Leitor DG

— Desde que aconteceu, eu não saio daqui. Estou dormindo sentada em cadeira desde o acontecido, com a mesma roupa e banho. Não arredo o pé daqui na esperança de conseguir transferência — desabafa Evanda.

Internação

Ela conta que o pai foi ao Hospital de Caridade para realizar uma cirurgia de pedra na vesícula. Durante o procedimento, houve uma complicação, o que fez com que Pedro perdesse uma grande quantidade de sangue, segundo a filha. A partir disso, alterou a interpretação da situação de saúde de Pedro e os médicos passaram a considerar como grave.

— Agora, encontra-se no momento entubado, sedado e com medicamentos para manter a pressão arterial — conta a Evanda, em desespero.

"Não há vagas", diz secretário de Saúde

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul afirmou que Pedro foi cadastrado, no dia 13 deste mês, na Central de Leitos do Estado. O pedido também foi compartilhado com a Central de Porto Alegre. O órgão salientou que está buscando leitos que atendam às necessidades do paciente em todo o RS, mas não informou uma data de transferência.

O secretário de Saúde de Arroio dos Ratos, Ricardo Pires, informou que estão pedindo orçamento para hospitais que podem receber Pedro. Segundo ele, há uma dificuldade em conseguir o valor daqueles locais que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS)  — o custo é dividido entre município e Estado. Em relação aos hospitais particulares, um de Porto Alegre, ficou de enviar o orçamento, entretanto, não garantiu a vaga em leito de UTI. Segundo o secretário, "há uma dificuldade em regular o pedido, pois as portas estão sempre fechadas".

Produção: Eduarda Endler

 Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros