Buraco transborda esgoto no bairro Sarandi, na Capital - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Seu Problema é Nosso14/11/2019 | 11h04Atualizada em 14/11/2019 | 11h20

Buraco transborda esgoto no bairro Sarandi, na Capital

O problema acontece na Rua Ari Barroso

Buraco transborda esgoto no bairro Sarandi, na Capital arquivo pessoal/arquivo pessoal
Moradora aguarda há 30 dias por solução Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal

Há 30 dias, os moradores da Rua Ari Barroso, no bairro Sarandi, em Porto Alegre, estão convivendo com um enorme buraco, de onde está vazando esgoto. Além disso, os resíduos também estão escorrendo em toda a via, ao longo de uma quadra. 

A empresária Regina Elita Larangeira Hagel, 50 anos, mora em frente ao local onde acontece o problema e explica que a cratera foi criada após uma manutenção do Departamento de Água e Esgoto (Dmae) nas galerias de água potável, obra que estaria acontecendo em todo o bairro. 

— Eles alegaram que os canos estavam quebrados e entupidos, mas não sabemos se realmente estavam, porque nunca tivemos problemas com isso — conta Regina. 

De acordo com a moradora, após quebrar o cano de esgoto durante as obras, a espera foi de um mês até uma equipe comparecer ao local e reavaliar o caso. Na tarde desta terça-feira, funcionários do órgão foram até o endereço para continuar o trabalho. Porém, segundo a empresária, a situação piorou: 

— Abriram mais ainda o buraco e sumiram. Vai chover e o esgoto pode transbordar, estou apavorada! 

LEIA MAIS  
Espera de seis meses por exame causa angústia em morador de Canoas
Obra parada há mais de dois anos causa transtornos a moradores do bairro Belém Novo, na Capital
Menina precisa fazer tratamento em São Paulo  

Cheiro 

Regina está chateada com os problemas que a situação tem causado. De acordo com ela, o portão social de sua casa não pode mais ser usado, pois o buraco aberto pela equipe toma conta de quase toda a calçada, impedindo completamente o acesso. A garagem ainda pode ser utilizada, mas a empresária diz que, ao passar com o carro para entrar, as rodas levam os resíduos para dentro do pátio: 

— Além de ser nojento, eu tenho medo de que o meu cachorro pise em cima e pegue alguma doença. Nós temos os sapatos para nos proteger, os animais só têm as patinhas. 

Outro motivo que faz a moradora pensar duas vezes antes de abrir a garagem para a entrada do carro é o medo de o portão cair, pois o trilho fica na beirada do buraco. A empresária também reclama do odor causado, principalmente em dias quentes: 

— É insuportável comer sentindo esse cheiro. Depois que o buraco aumentou, o cheiro ficou pior. A quantidade de moscas que apareceram também irrita muito. 

Rede pluvial precisa ser trocada, diz Dmae

Em nota, o Dmae informou que está substituindo redes antigas de água em parte do bairro Sarandi. O departamento informou também que a troca das canalizações visa melhorar a distribuição de água, a fim de reduzir os consertos de vazamentos. 

Sobre a situação que ocorre entre as ruas Ari Barroso e Lindolfo Henke, o órgão informou que identificou um problema na canalização pluvial. As equipes realizaram diversas limpezas e desobstruções, tanto na rua citada quanto nas próximas. Ao ser questionado sobre o prazo para solução do problema, o órgão declarou que será necessário substituir cerca de 100 metros da rede pluvial, entre as referidas ruas, e que somente depois de concluído será retomada a obra da rede de água. Além disso, pediu compreensão da população: “Investir em melhoria na infraestrutura pode causar alguns transtornos, mas são temporários diante dos benefícios futuros”. 

Produção: Thayná Souza 

Leia outras notícias da seção Seu Problema é Nosso   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros