Três praças de Porto Alegre já foram revitalizadas após terceirização iniciada em setembro - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Espaço público11/12/2019 | 05h00Atualizada em 11/12/2019 | 05h00

Três praças de Porto Alegre já foram revitalizadas após terceirização iniciada em setembro

A contratualização do serviço de restauração dos parques e praças da Capital já contemplou 12 locais - três estão com obras concluídas -, que devem ser entregues até janeiro

Três praças de Porto Alegre já foram revitalizadas após terceirização iniciada em setembro Lauro Alves/Agencia RBS
Espaço no Morro da Cruz foi devolvido aos moradores Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Com a entrega da nova praça do Morro da Cruz, na Zona Leste, ontem, três áreas de Porto Alegre já contam com um visual renovado em seus parques e praças. Essa repaginada é parte dos resultados da terceirização do serviço de manutenção e restauração dos espaços públicos. 

Leia mais
Como vai funcionar o contrato de revitalização das praças e parques de Porto Alegre
Como estão oito dos principais terminais de ônibus de Porto Alegre
Após ter obras furtadas, geladeira com livros é reinaugurada em praça do bairro Petrópolis

A prefeitura iniciou a parceria em setembro, quando a empresa Ecsam, de Curitiba, no Paraná, foi anunciada como vencedora da licitação responsável por terceirizar o cuidado com as 667 praças públicas da Capital — 71 sob cuidados de adotantes, mesma situação de três dos nove parques.

No mesmo mês em que os trabalhos tiveram seu pontapé inicial, o Diário Gaúcho rodou pela cidade para conferir como estavam as reformas. A reportagem passou por três das praças contempladas pelo projeto — nas Vila São José e João Pessoa, na Zona Leste, e no bairro Sarandi, na Zona Norte. 

O ponto mais destacado pela prefeitura era o espaço de lazer dos moradores da Vila São José: a praça Morro da Cruz, entregue ontem. No local — que divide espaço com outras instituições importantes do bairro, como uma delegacia de polícia e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) —, já não existia mais uma praça. A quadra de esportes era deteriorada e pouco se via dos brinquedos da pracinha. 

E foi nesta área que uma das primeiras frentes de trabalho da Ecsam atuou. Agora, dois meses depois e com R$ 111 mil investidos, a comunidade da Zona Leste conta com um novo ponto de lazer, praticamente, reconstruído do zero.

Espaços

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.11.28 - Os dois primeiros meses do projeto de revitalização das praças de Porto Alegre. Na foto: Catiano Gambarra de Oliveira (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)Indexador: Andre Avila
Catiano aprovou a reformaFoto: André Ávila / Agencia RBS

Na nova quadra esportiva, uma demanda antiga foi atendida: a tela que cerca a quadra teve sua altura ampliada, impedindo aquele lance clássico das partidas de rua em que a bola cai no pátio de algum vizinho. A praça Morro da Cruz fica num terreno de dois níveis. A quadra está instalada na parte mais baixa, os brinquedos novos foram colocados no ponto mais alto. Um muro para contenção de chuva e terra que invadiam a quadra também foi construído. 

Para quem mora no bairro, a mudança foi "da água para o vinho". O construtor civil Catiano Gambarra de Oliveira, 37 anos, conhece o local há três décadas. Ele nunca havia visto um intervenção tão profunda no espaço, um dos únicos disponíveis aos moradores da região. Acompanhado da filha Andriele, seis anos, Catiano circulou pela praça para conferir de perto os detalhes da obra.

— Fizeram muitas mudanças, colocaram mais bancos também. A praça estava muito largada, agora, parece outro lugar — elogia o morador.

Campo de futebol virou atração  

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.11.28 - Os dois primeiros meses do projeto de revitalização das praças de Porto Alegre. Na foto: Marcelo de Freitas, na Praça Antônio Cândido de Menezes (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)Indexador: Andre Avila
Marcelo ficou feliz com a revitalização de um ponto importante do bairro SarandiFoto: André Ávila / Agencia RBS

Outro local onde os moradores voltaram a fazer uso do espaço público fica na Zona Norte, no bairro Sarandi. Na Praça Antônio Cândido de Menezes, a principal atração é o campo de futebol. Antes da reforma, o local estava com as telas de proteção arrebentadas e parte das casamatas sem cobertura. 

Além de reparar esses dois pontos, o processo de restauração da prefeitura ainda melhorou os vestiários do local e a área com brinquedos infantis, onde um novo balanço e um escorregador foram instalados. Os bancos foram restaurados e pintados e a pavimentação para caminhadas é nova. No total, conforme a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), o investimento na área foi de R$ 122 mil.

A remodelação da praça surpreendeu Marcelo de Freitas, 50 anos. Atualmente morando em Alvorada, ele cresceu no bairro Sarandi, frequentando a praça Cândido de Menezes. No dia em que a reportagem visitava o local, ele retornava ao bairro para visitar amigos e a família. Ao ver o espaço que não visitava havia cerca de dois anos, resolveu parar e explorar a área novamente.

— Está bem mais legal, os problemas do campo foram consertados. Espero que os moradores saibam aproveitar toda essa área e cuidem para que ela permaneça conservada assim — torce Marcelo.

Na Vila João Pessoa, entrega prevista para dia 16

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.11.28 - Os dois primeiros meses do projeto de revitalização das praças de Porto Alegre. Na foto: Praça da Amizade (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)Indexador: Andre Avila
Praça da Amizade ainda está com obras em andamentoFoto: André Ávila / Agencia RBS

Dos três locais visitados pelo Diário em setembro, apenas na Praça da Amizade, na Vila João Pessoa, os trabalhos ainda não foram concluídos. A previsão da SMSUrb é que isso ocorra no dia 16 de dezembro. O investimento total na Praça da Amizade será de R$ 50 mil.

Entre os serviços executados no espaço, a prefeitura destaca o novo revestimento da quadra esportiva, com recolocação de goleiras, cestos de basquete e instalação de postes para redes de vôlei. Os passeios dos locais também estão passando por manutenção. Durante a passagem do DG pelo local, as equipes se dividiam entre a reconstrução das calçadas e pintura dos postes de cercamento da quadra.

O vigilante Paulo Cesar Pereira, 42 anos, costuma usar a praça para correr. Morador do bairro desde que nasceu, ele conta que há muito tempo não via manutenção sendo feita no espaço.

— Está bem melhor para correr por aqui, com as calçadas novas. Acho que vai ficar ainda melhor quando estiver concluído — torce Paulo. 

Secretário avalia primeiros 60 dias 

Titular da pasta de Serviços Urbanos, o secretário Ramiro Rosário afirma que o Executivo está contente com os resultados do projeto de terceirização. Conforme Ramiro, apesar de o mês de outubro ter sido chuvoso e isso ter causado atraso nos cronogramas de obras, ainda será possível entregar mais oito praças e parques em 2019 _ além das duas já prontas citadas nesta reportagem, a terceira reforma concluída foi a da Praça da Alfândega.

Outros dois pontos citados pelo secretário que poderiam ter atrapalhado a condução dos trabalhos são o ineditismo do contrato e a necessidade de adaptação da prefeitura para fiscalizar os trabalhos. 

— A empresa também precisou se adaptar na cidade, trazer pessoal de Curitiba. Reformulamos nossa equipe de fiscalização de contrato, para que consigamos cobrar a qualidade do serviço tanto na parte burocrática, quanto nos canteiros de obras — explica Ramiro.

Atualmente, o principal foco das reformas é o Parque da Redenção e Parque Ramiro Souto — complexo esportivo da Redenção —, onde serão investidos cerca de R$ 500 mil. Esse montante é bem superior à média dedicada aos outros locais, por isso, a abertura de novas ordens de serviço foi congelada por alguns dias. 

Com os trabalhos na Redenção se encaminhando para o fim — a promessa é concluir a reforma antes do Natal — a SMSUrb deve liberar novas ordens de início de obra nos primeiros dias de dezembro. O secretário não adianta os locais que serão contemplados ainda. 

O contrato assinado em setembro vale por um ano e pode ser renovado. Nesse período, o valor total projetado pela prefeitura para ser investido na área é de R$ 24,8 milhões. Antes disso, o orçamento dedicado a todas as parques e praças da cidade era de cerca de R$ 500 mil anuais.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 2019.11.28 - Os dois primeiros meses do projeto de revitalização das praças de Porto Alegre. Na foto: Praça da Amizade (Foto: ANDRÉ ÁVILA/ Agência RBS)Indexador: Andre Avila
Praça da Amizade necessitou de reforma mais profundaFoto: André Ávila / Agencia RBS

A situação em cada praça

Prontas

/// Praça Antônio Cândido de Menezes — Sarandi

/// Praça da Alfândega — Centro Histórico

/// Praça Morro da Cruz — Vila São José

Em obras

/// Praça da Amizade — Vila João Pessoa — entrega prevista para 16/12

/// Praça Parque Ararigboia — Petrópolis — entrega prevista para 16/12

/// Praça Darcy Azambuja — Partenon — entrega prevista para 20/12

/// Praça Dr. Paulino de Vargas Vares — Ipanema — entrega prevista para 20/12

/// Praça Nações Unidas — Petrópolis — entrega prevista para 20/12

/// Praça Pedro João Faccio — Rubem Berta — entrega prevista para 20/12

/// Parque da Redenção e Complexo Ramiro Souto — Farroupilha — entrega prevista para 20/12

/// Praça dos Açorianos — Centro Histórico — entrega prevista para a primeira quinzena de janeiro

Leia outras matérias do Diário Gaúcho


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros