Passageiros reclamam de longas filas e poucos horários de ônibus entre a Capital e a Região Metropolitana  - Notícias

Vers?o mobile

 
 

TRANSPORTE COLETIVO07/01/2020 | 22h14

Passageiros reclamam de longas filas e poucos horários de ônibus entre a Capital e a Região Metropolitana 

Empresa Transcal, que atua em Porto Alegre, Canoas, Cachoeirinha, Alvorada e Gravataí, afirma que já ajustou a tabela de verão. Na primeira semana do ano, rotas foram reduzidas

Passageiros reclamam de longas filas e poucos horários de ônibus entre a Capital e a Região Metropolitana  Marco Favero/Agencia RBS
Longas filas e grande movimento no Terminal Praça Rui Barbosa, centro de Porto Alegre Foto: Marco Favero / Agencia RBS

A estação mais quente do ano costuma afetar os serviços públicos – que, muitas vezes, diminuem de ritmo. Um dos setores que sente estes efeitos é o transporte público. Com a chegada do verão, os ônibus costumam operar com horários reduzidos. A justificativa é o número menor de usuários circulando nos coletivos, principalmente, em razão do período de férias escolares. 

A Transcal, empresa que faz transporte metropolitano de passageiros em cidades como Porto Alegre, Canoas, Cachoeirinha, Alvorada e Gravataí, lançou sua tabela de verão no dia 26 de dezembro, em seu site. Passado o fervor de Natal e Ano-Novo, quem retornou à cidade na semana passada e precisou usar linhas da companhia, sentiu as mudanças na prática. A principal reclamação dos usuários foi relacionada à unificação de linhas e redução de horários. 

Leia mais
Em dia de calorão, DG confere ar-condicionado de ônibus na Capital
Projeto em Porto Alegre, ônibus sem cobrador é realidade na Região Metropolitana
Após 35 anos, tarifa operária é extinta em Alvorada

Na segunda-feira (6), a reportagem do Diário Gaúcho circulou pelo Terminal Praça Rui Barbosa, no Centro Histórico. O local fica na área inferior do Centro Popular de Compras (Centro POP). Nas plataformas de onde partiam ônibus que conectam a Capital a Cachoeirinha e Gravataí, longas filas de espera se formavam. Na primeira segunda-feira do ano, a sensação dos usuários foi de que houve uma leve melhora no serviço – comparando com a semana anterior, dos feriados de Natal e Ano-Novo.

O sentimento foi compartilhado pela contadora Simone Rocha, 41 anos. Moradora de Gravataí, ele utiliza a linha que leva ao bairro Passo do Hilário. Na segunda-feira, Simone surpreendeu-se com o tamanho da fila de espera pelo coletivo. Ela aguardava para retornar ao lar por volta das 18h30min.

– Pelo que vi na tabela, os horários que eu utilizo não mudaram. Creio que é porque são em momentos de pico. Mas ouvi relatos de pessoas que foram afetadas com as alterações. Hoje (segunda-feira, 6), estou voltando ao trabalho, notei que tinha mais gente esperando pelo ônibus, tanto para vir quanto para voltar, agora – relata Simone.

Já para o pintor Geraldo Fruch, 54 anos, a insatisfação com o serviço é maior. Também morador do Passo do Hilário, ele viu no interior dos ônibus avisos sobre as tabelas de verão. Conforme o passageiro, a situação foi complicada na primeira semana do ano:

– Havia muito menos ônibus rodando, esperei bem mais na parada. E não senti muita diferença nessa semana, também.

Moradores do bairro Fátima, em Cachoeirinha, o analista de sistema Jonathan Martins, 27 anos, e a auxiliar financeira Richele Oliveira, 25 anos, trabalham na Capital. Usuários frequentes da Transcal, eles acreditam que a situação do transporte “apenas acentuou-se no verão”. 

– Para mim, é ruim o ano todo. Sempre parece que tem poucos horários. Senti pouca diferença entre o normal e o verão, mas isso não quer dizer que está bom – pontua Richele.

– Também senti pouca diferença nessa troca de tabelas – completa Jonathan, marido de Richele.

 PORTO ALEGRE, RS, BRASIL - 06/01/2020Transcal, empresa que faz linhas entre a Capital e Gravataí, criou uma tabela de verão. Porém, os horários não são suficientes para atender a demanda e se formam grandes filas
Usuários relatam longa espera na primeira semana do anoFoto: Marco Favero / Agencia RBS

Redução de 6% nos horários

Responsável pela operação das linhas abordadas na reportagem, a Transcal disse que iniciou a operação de verão somente nesta segunda-feira (6) – apesar de ter informado em seu site que a tabela valia desde o dia 26 de dezembro. Na primeira semana do ano, conforme a empresa, “foi adotada uma tabela diferenciada devido à baixa demanda de passageiros”. Ou seja, com ainda menos veículos circulando. Por isso, os usuários sentiram mais a falta de horários de viagem na semana passada. 

Por fim, a Transcal explica que a tabela de verão “resulta em uma redução de 6% no número de viagens disponibilizadas diariamente pela empresa”.

Como consultar

- A pesquisa sobre os horários pode ser feita no site da Transcal.

- Por e-mail, a requisição de horários pode ser feita pelo contato atendimento@transcal.com.br.

-E ainda é possível requisitar os horários pelo WhatsApp (51) 99326-1712.



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros