Empreendedora de Viamão realiza o sonho de abrir o próprio negócio durante a pandemia - Notícias

Versão mobile

 
 

Brique do DG02/07/2021 | 09h58Atualizada em 02/07/2021 | 09h58

Empreendedora de Viamão realiza o sonho de abrir o próprio negócio durante a pandemia

Após quatro anos trabalhando em um salão de beleza da cidade, Aline percebeu que era o momento de dar um novo passo em sua carreira

Empreendedora de Viamão realiza o sonho de abrir o próprio negócio durante a pandemia Mateus Bruxel / Agencia RBS/Agencia RBS
Aline decidiu mudar de profissão e hoje tem seu próprio negócio Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS / Agencia RBS

Toda mulher com cabelo crespo ou cacheado provavelmente já enfrentou dificuldades na hora de encontrar um profissional de confiança que fosse especialista no seu tipo de cabelo. Com Aline Benevides, 36 anos, moradora de Viamão, não foi diferente. Em 2017, ela resolver enfrentar a transição capilar, processo de eliminação de toda a química que existe no cabelo após anos de alisamentos, relaxamentos, progressivas e afins. No entanto, logo no início do processo surgiu a dúvida: quem iria cuidar do seu cabelo a partir daquele momento?

Foi quando a profissional de Educação Física de formação decidiu que ela mesma desempenharia esse papel: 

– Além da transição capilar, resolvi enfrentar a transição de carreira também. Fiz o curso de cabelereiro no Senac e, a partir dali, não parei de me especializar. Participei de formações, inclusive em São Paulo, para me tornar especialista no cuidado de fios crespos e cacheados naturais. 

LEIA MAIS:
Empreendedora dribla a crise vendendo pães e bolos na janela do seu apartamento
Projeto do governo estadual vai dar suporte para mulheres empreendedoras
Venda de bolos aumentou após divulgação no "Brique do DG"

Organização

Após quatro anos trabalhando em um salão de beleza da cidade, Aline percebeu que era o momento de dar um novo passo em sua carreira. Por conta da pandemia, a cabelereira resolveu complementar a renda com a venda de produtos para cabelos cacheados. E não parou por aí. Logo em seguida, Aline começou a se organizar para ter seu próprio negócio. No dia 21 de abril deste ano, o espaço Aline Benevides Cachos, na Avenida Salgado Filho, 8.569, bairro Querência Parada 54, abriu as portas pela primeira vez. De acordo com a profissional, com o apoio do esposo, ela organizou tudo em aproximadamente dois meses: 

– Confesso que, no início, foi bem difícil me organizar, principalmente a parte financeira. Mas, como eu passei muito tempo me especializando na área, foi questão de foco. Comecei a controlar o dinheiro, organizar as finanças e isso possibilitou que eu realizasse esse sonho. 


VIAMAO, RS, BRASIL, 22-06-2021: A cabelereira Aline Benevides, especialista em cabelos cacheados naturais, no salao de beleza dela em Viamao. Empreendedora, ela se profissionalizou e abriu o proprio negocio durante a pandemia. (Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS)Indexador: Mateus Bruxel<!-- NICAID(14815219) -->
Empreendedora aposta em atendimento diferenciado em seu salão de belezaFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Busca por diferenciais

Com o propósito de empoderar e contribuir no fortalecimento da autoestima de outras mulheres, Aline explica que o diferencial do seu salão de beleza é oferecer um serviço completo. Ela conta que sua contribuição não acaba quando a cliente vai embora: 

– Eu tenho contato constante com as minhas clientes. Não se limita apenas ao momento em que elas vêm até o salão. Dias depois elas me mandam mensagens pedindo dicas sobre a finalização ou comemorando uma hidratação que deu certo. É um processo de construção conjunta. 

Além disso, para diferenciar o seu negócio, Aline aposta em um espaço pensado totalmente para mulheres que amam e valorizam seus cabelos naturais. Por isso, o salão não trabalha com qualquer forma de alisamento. Outra aposta da empreendedora é a diversificação de serviços com o trabalho de outros profissionais do setor de beleza, como manicures e massagistas, no mesmo espaço. 

Futuro

Agora que o sonho de montar seu próprio negócio já é uma realidade, Aline trabalha para captar novas clientes e fidelizar as que já tem. Para isso, aposta na comunicação – principalmente através das redes sociais. 

– Hoje eu sou muito feliz em dizer que tenho clientes de várias partes do Estado. Atendo mulheres de Viamão, Porto Alegre, Sapucaia e até de Rio Grande. Sei que as redes sociais têm um papel fundamental para que mais pessoas conheçam o meu trabalho – afirma a empreendedora. 

VIAMAO, RS, BRASIL, 22-06-2021: A cabelereira Aline Benevides, especialista em cabelos cacheados naturais, no salao de beleza dela em Viamao durante atendimento a cliente Vanda Hoeveler. Empreendedora, ela se profissionalizou e abriu o proprio negocio durante a pandemia. (Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS)Indexador: Mateus Bruxel<!-- NICAID(14815223) -->
Atualmente, Aline trabalha para captar novas clientesFoto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Também tenho este sonho. Por onde começo?

Busque capacitação

Um dos primeiros passos para se dar bem em um negócio próprio é ter um bom conhecimento sobre o assunto ao qual você pretende se dedicar. Assim, tal qual fez Aline, você deve investir na sua capacitação: fazer cursos, oficinas e aproveitar conteúdos disponibilizados por especialistas. Uma boa dica é acessar o portal Perto de Vc (clique aqui), oferecido pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac, com mais de 800 serviços totalmente online e gratuitos. São 754 conteúdos e 59 cursos nas mais variadas áreas. 

Entre as opções, estão capacitações em comércio, comunicação, design, educação, gestão, informática, marketing, meio ambiente e segurança no trabalho. Além disso, há videoaulas com educadores físicos, testes de conhecimento nos campos de idiomas e mercado de trabalho, podcasts com economistas e profissionais do setor e dicas diversas sobre carreira, saúde, emprego e idiomas. 

LEIA MAIS
Na produção de doces, tia dos docinhos enfrentou a crise e mudou a forma de vender seus quitutes

Para empreender 

A coordenadora de atendimento da Região Metropolitana do Sebrae-RS, Alessandra Faria, diz que o planejamento é o principal aliado para tirar uma ideia do papel.

– Apesar da empolgação em começar um negócio, a pessoa não deve agir por impulso. Ela tem que procurar entrar no mercado da forma mais estruturada possível, sabendo quais serão seus canais de atendimento, a estrutura necessária, como está a situação financeira e em quanto tempo esse negócio começará a dar retorno – destaca. 

Outra questão que deve ser observada é entender se a vontade de empreender vem de uma oportunidade ou de uma necessidade. Essa identificação possibilitará que o empreendedor estude o público-alvo e também a concorrência. Para finalizar, Alessandra destaca que a pandemia não impossibilitou que novos empreendedores abrissem seus negócios:

– Não podemos negar que o momento tem sido delicado e cheio de desafios. Mas também tem sido de oportunidade para diversos setores. O mundo está se tornando quase totalmente digital, e os empreendedores e empresários precisam acompanhar essas mudanças.

Comece aqui

Se você não sabe por onde começar, o Sebrae auxilia no desenvolvimento das micro e pequenas empresas, com atendimento tanto às pessoas que pretendem abrir seu primeiro negócio quanto àquelas que já têm experiência e buscam melhorias para sua gestão. 

Através das formações online, é possível participar de cursos que vão desde a identificação do perfil como empresário, passam por planejamento e gestão e vão até ideias de negócio para investir. Esses cursos estão nas plataformas Sebrae-RS (clique aqui) e Sebrae Nacional (clique aqui).  No atendimento presencial, especialistas oferecem orientações gratuitas. Encontre o Sebrae mais próximo de você em Sebrae ao Seu lado (clique aqui).

Produção: Kênia Fialho

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros