Buracos tomam avenida principal em Quintão - Notícias

Versão mobile

 
 

Seu Problema é Nosso13/09/2021 | 09h31Atualizada em 13/09/2021 | 09h31

Buracos tomam avenida principal em Quintão

Situação  é mostrada no Diário Gaúcho desde 2013

Buracos tomam avenida principal em Quintão Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Moradores relatam falta de ações da prefeitura Foto: Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Moradora antiga de Quintão, distrito do município de Palmares do Sul, no Litoral Norte, a professora aposentada Susete Xavier, 62 anos, conta mais de uma década convivendo com buracos pelas ruas. Ela e outros moradores reclamam da falta de ações efetivas da prefeitura para resolver o problema, que é agravado em dias de chuva forte.  

O Diário Gaúcho tem acompanhado a situação das ruas da cidade ao longo dos anos. Em 2013, por exemplo, uma matéria apontava os problemas das vias, como é o caso da Avenida Esparta. Naquele ano, a reportagem observou que o asfalto da principal avenida da região estava tomado por buracos. Passados oito anos, nada parece ter se modificado.  

Susete comenta que, com a chuva do início da semana passada, o local ficou alagado, dificultando a passagem de carros e pedestres. Ela questiona as ações que a prefeitura costuma tomar em relação ao problema, que não são eficazes a longo prazo. 

LEIA MAIS:
Após chuva forte, comunidade do Cantagalo, em Viamão, pede melhorias
Alvorada e os buracos do bairro Jardim Algarve
Há dois anos sem telhas, escola da Capital precisa cancelar aulas em dias de chuva

– Da entrada de Quintão até chegar na minha casa é a coisa mais triste do mundo. É uma buraqueira e, agora, água. Aquela água fica ali, empossada, e aí eles (prefeitura) vêm e botam umas pedrinhas, uma areia. A chuva vem de novo e vai tudo embora – desabafa. 

Outro ponto que Susete levanta é a falta de acessibilidade gerada pela situação. Segundo ela, na região há moradores com filhos com deficiências. 

“Descaso”

A dona de casa Vaneska Janaina Gouvea Leite, 46 anos, é outra moradora que questiona a postura da prefeitura em relação aos cuidados com o espaço. Ela conta que, há 20 anos, tem sua casa na Rua Padre Reus, que antes servia como um local apenas para veraneio. Mas, no ano passado, durante a pandemia, ela decidiu mudar-se em definitivo para o distrito. Com o convívio diário no local, foi percebendo suas necessidades. 

Vaneska explica que o problema se estende para vias transversais à Avenida Esparta, que também estão com diversos buracos e danos no asfalto. 

– A rua em que moro é uma calamidade. É um descaso – acrescenta. 

Já foram muitas as reclamações registradas na prefeitura, comenta Vaneska. Em uma dessas solicitações, no final do ano passado, ela fala que o marido ameaçou buscar a Justiça devido à situação crítica da rua onde moram, que “estava sem condições de circular carros. Se passasse por lá atolava”. Como solução, a rua passou por um patrolamento, o que não foi suficiente para resolver os problemas que, segundo a dona de casa, já se tornaram cíclicos.

LEIA MAIS:
Há quatro meses, aposentada aguarda por cirurgia no quadril
Há três meses, pacientes aguardam o repasse da imunoglobulina humana
Postos de saúde de Porto Alegre estão há dois meses sem estoques de fraldas geriátricas

  Prefeito de Palmares pediu empréstimo

Em nota, o prefeito de Palmares do Sul, Maurício Muniz, declara que tem dado atenção à Avenida Esparta, destacando que, nos últimos oito meses, foi realizado um estudo na via para avaliar a situação. Segundo ele, devido ao estado de deterioração, foi necessário buscar “recurso proveniente de empréstimo bancário para atender os trechos mais precários”. O processo, em negociação com a Caixa, está sendo finalizado. 

“As demais ruas estão recebendo manutenção conforme a demanda. No entanto, são 101 ruas transversais no distrito, de saibro e pedra irregular, e devido à grande quantidade de ruas, a manutenção é realizada conforme a possibilidade”, completa. 

Produção: Émerson Santos

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros