Manoel Soares: "A vida está voltando a entrar em uma fase delicada" - Notícias

Versão mobile

 
 

PAPO RETO04/09/2021 | 05h00Atualizada em 04/09/2021 | 05h00

Manoel Soares: "A vida está voltando a entrar em uma fase delicada"

Colunista escreve no Diário Gaúcho aos sábados

Manoel Soares: "A vida está voltando a entrar em uma fase delicada" Manoel Soares / Arquivo Pessoal/Arquivo Pessoal
Manoel Soares: "Temos que lutar para não ceder às tentações" Foto: Manoel Soares / Arquivo Pessoal / Arquivo Pessoal

Gente, a vida está voltando a entrar em uma fase delicada. A fome está voltando, o preço da gasolina, da energia elétrica e dos alimentos está sem controle. Muitas famílias estão tendo que viver com menos de R$ 500 por mês, e quando a panela fica vazia as pessoas se sentem no direito de fazer o tiver que fazer para levar comida para casa. Nesta hora, encontram argumentos falsamente nobres para o crime e para a violência. 

Antes de tudo, temos que lutar para não ceder a essas tentações. Quem é pai e mãe precisa cada vez mais saber onde anda e o que faz seu filho e sua filha. Quem tem hoje um pouco mais de tranquilidade financeira precisa colocar a solidariedade na lista de compras do mês. Muitas vezes, ao ajudar uma pessoa que precisa, estamos evitando que muitas outras sofram. 

Leia mais colunas de Manoel Soares
Homenagem a um professor que marcou minha vida
"Situação que não desejo nem ao meu pior inimigo"
"Eu peguei covid"

Outra dica importante é ter planejamento financeiro. Às vezes, as pessoas acham que para se planejar financeiramente têm que ganhar muito, mas é exatamente o contrário: quem ganha pouco não pode sair gastando à moda louca, porque senão necessidades fundamentais ficam para trás. Saber a diferença entre o que é urgente e o que é importante é o primeiro passo. Depois, temos que saber a diferença entre vontade e necessidade. Fazer dessas palavras sinônimos pode tornar a crise que está chegando um período com muito mais dificuldade. 

Temos que ficar atentos nesse momento, pois vamos entrar em um ciclo de vulnerabilidades, mas unidos vamos sair dessa bem. Passe essa coluna para quem você acha que está na pegada do oba-oba.


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros